No final da semana passada o Google começou a liberar a versão beta do Chrome 74. Além de correções de bugs e melhorias na segurança da navegação, o browser do gigante das buscas traz um modo escuro nativo no Windows e a possibilidade de diminuir as animações até mesmo dentro de sites.

O modo escuro será ativado respeitando as decisões tomadas nas configurações do sistema, seja no macOS ou no Windows. Atualmente é possível colocar o Chrome em modo mais escuro no Windows, mas algumas partes ainda ficam claras (como o menu de três pontos, que fica no canto superior direito) e a mudança exige que um tema escuro seja escolhido dentro do navegador. No macOS o modo escuro já está presente na versão mais recente para o público.

Na versão 74 o Chrome utilizará o esquema de cores mais escuras na barra principal (chamada de Omnibox), na barra de favoritos, página que abre quando uma nova aba é aberta e a maioria dos menus de ajustes internos do programa.

Outra mudança é que o browser seguirá as configurações de usuários que escolhem menos animações em todo o sistema operacional – seja ele o iOS, Android, Windows ou Mac. Com isso, as páginas deixam de mostrar movimento, o que inclui um bloqueio para vídeos que são reproduzidos automaticamente e animações que são puramente estéticas para o endereço da web.

Com informações: 9to5Google.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Celso

Quanto ao visual do browser, até o tema "Just Black" da própria Google faz melhor como tema de cor escura, já que também cobre a barra de títulos (mas só no Windows 10).

Vitor Hugo

Pra mim, ainda não liberou a versão 74 do google chrome hoje. 🤔

Breno Ribeiro

Tem uma exensão muito boa, o Dark Reader, uso aqui no Chrome 73, Linux Mint 19.1.

João

Aqui ainda tem vários problemas, como por exemplo não pausar vídeos em novas abas como o chrome e engasgo em rolagem em PC potente (que não rola no edge e nem em navegadores chromium).

johndoe1981

"Modo escuro no Chrome" virou o novo "cerco ao bitcoin" do Tecnoblog rsrs. Não que eu esteja reclamando, estou apenas fazendo uma observação.

johndoe1981

Menos no desktop...

johndoe1981

Até a Google parar de enrolar e implementar esse recurso na versão estável do Chrome, o Dark Reader vai permanecer instalado.

Leonardo Feelckins

te venero pela humildade

Eduardo Braga

Aqui ele tem usado bastante a memória. E ele também gasta a bateria do notebook bem mais rápido que o Edge.

Jairo ☠️

Linux é vida.

Sinho Gamer

Firefox ainda anda bugado em alguns sites, por isso não uso mais ele

S Y N T H W A V E + L O V E R

Dark Reader faz melhor.

JK

Firefox é vida, se reergueu das cinzas com o Quantum, pena que o monopólio da Google está inalcançável agora.

Al

Segue o jogo com o Firefox aqui (já com tema escuro ativado).

Alisson

No Linux podemos usar o modo dark usando a flag --force-dark-mode (Na versão 73 do Chrome ainda fica meio bugado no Linux, mas na versão 74 funciona perfeitamente).

Exibir mais comentários