Início » Negócios » Apple Card é um cartão de crédito com visual minimalista e cashback

Apple Card é um cartão de crédito com visual minimalista e cashback

Cartão de crédito da Apple traz ainda integração total com o iPhone e não cobra anuidade

Por
30 semanas atrás

Oferecer o Apple Pay já não é suficiente. Nesta segunda-feira (25), Tim Cook e sua turma anunciaram um cartão de crédito convenientemente chamado de Apple Card. A novidade promete benefícios muito atraentes. O cartão não tem cobrança de anuidade e oferece um interessante programa de cashback, por exemplo.

Apple Card

O cartão é incorporado ao Apple Wallet do iPhone e, obviamente, funciona de modo integrado ao Apple Pay. Apesar disso, a Apple não abriu mão de uma versão física: o cartão “de verdade” é feito de titânio, tem visual minimalista e nome do usuário escrito a laser.

Informações como sequência numérica e CVV (código de segurança) não estarão visíveis no cartão físico, mas estarão armazenadas no chip deste, bem como poderão ser consultadas no Apple Wallet.

A solicitação do Apple Card poderá ser feita a partir do iPhone. Em questão de minutos, o cartão digital já estará criado, garante a Apple. O suporte ao usuário será prestado 24 horas por dia via Messages.

Apple Card no iPhone

Ainda de acordo com a Apple, o cartão de crédito foi criado para que os clientes possam “levar uma vida financeira mais saudável que começa com um melhor entendimento de seus gastos”. O Apple Wallet vai exibir detalhes de cada transação, como endereços de lojas e datas de compras, usando aprendizagem de máquina e serviços como Apple Maps para classificar corretamente as informações.

Cada compra será organizada automaticamente em categorias como alimentos e bebidas, compras, entretenimento, entre outras. Os usuários do Apple Card contarão ainda com relatórios semanais e mensais para acompanhar os seus gastos.

Mais interessantes, porém, são os benefícios financeiros, começando pelo programa de cashback Daily Cash. O usuário receberá de volta 2% de cada transação com o Apple Card realizada a partir do Apple Pay. Para compras em serviços da Apple (como a App Store), o cashback é de 3%. Em transações feitas com o cartão físico, o retorno é de 1%. Os valores são creditados diariamente.

Além disso, não há cobrança de anuidade, de taxas para transações internacionais ou de estouro de limite. Caso o usuário perceba que não poderá pagar uma fatura na íntegra, poderá parcelar o pagamento com juros baixos. Não haverá cobrança de multa em caso de atraso.

Apple Card no Wallet

O Apple Card vem com bandeira Mastercard, tem aceitação global e é gerenciado pelo Goldman Sachs. O grupo financeiro, assim como a própria Apple, afirma que não usará os dados dos clientes para fins de publicidade. As transações serão validadas via Face ID ou Touch ID, com a análise sendo feita no aparelho do usuário. A Apple diz que não saberá o que o usuário comprou.

A novidade vai ser lançada nos Estados Unidos nas próximas semanas. Por ora, não há informação de disponibilidade em outros países.