Início » Celular » O Symbian está morrendo

O Symbian está morrendo

Avatar Por

Não é uma morte anunciada. Tampouco acontecerá tão cedo, graças à imensa quantidade de aparelhos em circulação. E que continuam sendo lançados, caso do N8, que roda uma versão atualizada do sistema, mas parece não ter gerado o buzz esperado.

Porém, é fato: o Symbian está com os dias contados.

Desenvolvedores

Para que um sistema operacional evolua e prospere, é necessário que seja constantemente atualizado e aprimorado. Como estamos da era dos aplicativos, é fundamental uma comunidade de desenvolvedores ativa e estimulada a fazer o sistema crescer e se popularizar. As lojas de aplicativos tornaram-se padrão em todas as plataformas. Vocês já notaram que, os aplicativos móveis estão tomando o lugar de muitas tarefas que fazíamos em navegadores? Atividades bancárias, buscas, pesquisas, redes sociais...

E é exatamente aí que o Symbian está agonizando. Embora haja um esforço da Nokia em cima do conglomerado Ovi, com loja, música e mapas, os desenvolvedores não parecem estar com o mesmo pique. Ao comparar números, fica ainda mais evidente que os sistemas mais recentes - Android e iOS - em muito já superaram o veterano Symbian em número de softwares.

Claro que os desenvolvedores querem trabalhar nas plataformas que trazem mais retorno. O curioso é que, em número de aparelhos ativos, o Symbian ainda é campeão, embora esteja discretamente recuando. Por que os desenvolvedores preferem poupar seus esforços, mesmo tendo ainda um grande número de usuários?

Novas necessidades do usuário móvel

Nos últimos meses, venho usando uma bela dupla no meu dia-a-dia de profissional móvel: o Nokia E75 e o iPhone 3G. Enquanto o iPhone toma conta das tarefas online, como ler email, navegação e comunicação, o E75 fica para criação e composição. Com o teclado Bluetooth, o QuickOffice e o WordPress, não preciso andar por aí com note/netbook a tiracolo.

O problema é que o meu bem-sucedido casamento com o Symbian está passando por uma crise. Com o passar do tempo, minha maneira de trabalhar foi mudando bastante. Aqueles tempos em que eu sincronizava dispositivo móvel com o computador, ou ficava sincronizando arquivos e documentos em um ou outro, deram lugar ao armazenamento online, ao sincronismo com a nuvem.

Os sistemas móveis mais recentes já nasceram nessa nova era. Windows Mobile está sendo recriado do zero para Windows Phone 7. E o Symbian? Da maneira como está hoje, nota-se que parou no tempo, ficou datado.

Hoje, minha vida de profissional móvel gira em torno de serviços como Dropbox, iDisk e Evernote.

O caso do Dropbox e do Evernote é o mais evidente de quanto o Symbian ficou pra trás. Conversei com desenvolvedores de ambas as soluções, que não têm intenção de levar seus aplicativos para essa plataforma. O Dropbox móvel nasceu primeiro no iPhone, depois foi para Android e agora vai para o Blackberry. E o Evernote? Escandalosamente, tem versões para todas as plataformas, exceto o Symbian. Tem um beta rolando por aí, mas já deixaram claro que é só para N97.

Fiquei num beco sem saída. Foi-se o tempo em que se escolhia um aparelho pelas funções. Hoje, a escolha é pelos aplicativos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Matheus Ribeiro
Essas brigas de SO não é novidade... lembram do Windows x Linux..que um iria acabar com o outro? Bom, windows e linux estão ai... com seus respectivos e fiéis usuários! A muito tempo vem falando da morte do Symbian, e ele está ai até hoje.. e se ele se tornou Open source, é melhor pra ele pois a tecnologia renovada requer acesso livre a ela! Enquanto o iOS está com mercado de apenas aparelhos touch, vai ficar sem mim e muitos outros fans do QWERTY!!! Ter que digitar no FRIO com luvas?? Nem funciona o touch, pois tem que tirar e sentir frio na mão!
Adriano
Nokia faça como a Motorola, vire-se e corra para os braços do Android. inovação não é mais com vc, depois do N97 muitos ainda vão te odiar(eu).
Neves/RJ
Bia, eu acho que temos que ver primeiro o que buscamos do celular. Tenho um e71 que tem o quick office e tenho um teclado em separado. Consigo dele ver videos (ligados ao meu DVD player via USB), utilizar a internet , ler alguns textos e até mesmo editar textos e planilhas. Claro que nem sempre uso o seu teclado, e sim o teclado bluetooth. Mas não sinto falta de muita coisa. A camera pode ser melhor (a do e72 já é). Enfim, este negocio de ter 1 milhao de programas, é preciso que se veja quantos são uteis e mais ainda, são uteis a voce. As vezes basta uns 10 que a coisa fica boa.
Emanuel Campos
Já não vimos esse filme com o PalmOS? Infelizmente bons sistemas também morrem, e olha que o Symbian já era infitamente melhor que o PalmOS...
mitcha
eu fico zoando quem tem nokia nao eh a toa... symbian ja morreu, falta enterrar
Renato
Li que o N8 terá symbian^3 e que programar para esse novo sistema será tão simples quanto programar para web. Bia, algo a comentar? Seria algo como programar para iPhone mas com suporte a flash, já que ambos suportam HTML5. Isso não é um caminho para uma nova subida no mercado?
Fabiano
Tão maduro que já dá sinais da idade...
Fabiano
Dificilmente: a própria Nokia o tornou Open Source - ou seja, o deixou ao leo, para sobreviver por si, sem apoio oficial! Será que a comunidade dá conta, sozinha?
@dudo
Eu já enxergo de uma forma meio diferente. Não digo que vá (ou não) morrer, realmente isso não é uma coisa que me preocupa. E olha que eu tenho um longo histórico de Symbian. Mas o fato das lojas de aplicativos é que me incomodam. Software pra computador não compramos em apenas um lugar, eu vejo com maus olhos essa história de lojas, e as controladoras das lojas agirem como soberanos permitindo ou negando a presença deles. A loja, pra mim, deveria servir como catálogo de software, apenas isso. Inclusive isso é o que eu acho que vai matar o iPhone. Aplicativos pífeos na grande maioria que são ofuscantes dos aplicativos interessantes. E pra quem acha que eu estou completamente equivocado lembrem-se, esse tipo de comércio matou os VG-2600 (popular Atari)
@miltontoshiba
Imaginava que seria cliente eterno do symbian, quando comecei a usar o N95 8gb. Achava a tela de 2.8" o máximo, 128RAM e a excelente câmera, até ganhar um 3GS. Hoje só uso a noite, quando ponho o iPhone para carregar.
andrehungaro
Ótimo texo,eu concordo com a morte do symbian, principalmente pela quantiddade de aplicativos existentes na ovi loja, que é uma piada.
Anderock
Bia, Sou seu fã, mas suas colocações são relacionadas ao seu uso, dizer que um sistema maduro e estavél como o Symbian esta morrendo ficou muito forçado.
João Pedro C. Motta
Fala do meu vista em Sr.. e esta usando um..
@marlomoc
Excelente texto Bia! Já tô pensando em trocar meu n82.
@eltonfabricio
É por essas e outras que estou trocando o Symbian pelo Android, pois mesmo que o Android não tenha o mesmo número de aplicativos que o iOS acredito ser o mais promissor de todos, principalmente a longo prazo. Sendo assim, adeus E71 e seja bem vindo Nexus One. =)
Exibir mais comentários