Início » Negócios » Facebook mantém exclusividade de alguns jogos da Libertadores após pressão

Facebook mantém exclusividade de alguns jogos da Libertadores após pressão

A Conmebol teria decidido manter os jogos com o Facebook e frustrado os planos de Globo e Fox Sports

Victor Hugo Silva Por

A discussão a respeito do fim da exclusividade do Facebook na transmissão de alguns jogos da Libertadores parece ter chegado ao fim. De acordo com o UOL, a rede social continuará como a única detentora dos direitos dos jogos de quinta-feira da competição.

O Facebook teria exigido o cumprimento dos termos do contrato e lembrado que pagou um valor alto justamente para ter exclusividade de algumas partidas. A empresa teria prometido, ainda, acionar a Justiça caso a mudança na distribuição fosse concretizada.

Facebook

Agora, o Facebook seguirá como único lugar para os torcedores acompanharem os jogos de seus times, caso eles aconteçam na quinta. É o caso de Grêmio, Flamengo, Palmeiras e Athletico Paranaense, que ainda têm um jogo da primeira fase neste dia da semana.

Ao mesmo tempo em que decidiu cumprir as exigências do contrato, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) teria pedido para o Facebook melhorar suas transmissões. Nos primeiros jogos do torneio, torcedores criticaram a qualidade da imagem e as interrupções frequentes.

Na semana passada, a confederação teria informado Globo, proprietária do SporTV, e Fox Sports sobre a possibilidade de liberar os jogos de quinta-feira para outras empresas. As emissoras teriam se animado com a proposta, mas deverão continuar com o pacote que adquiriram antes do início da Libertadores.

Ainda de acordo com o UOL, a decisão de manter a exclusividade dos jogos que ocorrem na quinta não foi bem recebida pelas duas emissoras. Executivos de Globo e Fox Sports teriam classificado a administração da Conmebol como “uma zona”.

Ao Tecnoblog, o Facebook afirmou que a informação de que a rede social perdeu a exclusividade das partidas de quinta-feira é falsa. “A Conmebol nunca retirou os direitos do Facebook, que permanece seu detentor oficial até 2022”, afirma a companhia.

A Conmebol não enviou seu posicionamento até a publicação deste post.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

renan Brait

A twitch da um banho no facebook tbm!

Matheus Souza

Facebook tem que comprar a Pied Piper

Guaip

Libertadores na quinta-feira: isso a Globo não mostra!

Guaip

Exatamente. Youtube e Netflix tem servidores nacionais e até instalam umas "cache machines" nos provedores para que os videos sejam acessados já nos primeiros pulos do roteamento.

arlindo ferreira

A globo querendo dar o golpe.

Franco Luiz

DA sim o watchespn o foxsports play rodam numa boa , o DAZN no youtube tbm roda numa boa

LuisPauloLohmann

A NBA já mostou que dá.

Anderson Antonio Santos Costa

Nem assisto a Champions League pelo Facebook, por causa do enorme delay e pelo fato do player ser bem ruim. Infelizmente, live streaming de esportes, mesmo por meios legais, ainda não dá.

Anderson Antonio Santos Costa

Péssima notícia. A transmissão do Facebook trava demais em uma internet com 60 Mbps de download. Daria para ver em uma resolução HD, mas nem mesmo reduzindo para 340p a transmissão ficaria aceitavel numa TV. Fora isso, a Commembol sabe que com o Facebook seria difícil de brigar com ele, por causa de seu $$$ ser maior que a Globo e o FOX Sports.

johndoe1981

Tentei assistir a um jogo da Liga dos Campeões no Facebook e não consegui, travava toda hora. Quem dera que fosse o Youtube ou o Twitch transmitindo a partida, hehe.

John Smith

"a administração da Conmebol como “uma zona” Conte uma novidade.

Contrato é contrato. Se tá vigente tem que ser respeitado, por mais que seja um porre essas transmissões no FB.

Eduardo Braga

Precisa ter conta pra assistir, ou só pegar o link e tá tudo certo?

Trovalds

Vai mexer com o Facebook, vai... quero ver se as emissoras vão estar dispostas a pagar a indenização por quebra de contrato unilateral fora o enorme litígio judicial.

Quanto a qualidade da transmissão, (EM TEORIA) eles só precisam diminuir o bitrate da transmissão até se acertarem com um algoritmo de compressão melhor.

paulo yan

Coitado de quem vai ter que assistir jogos por essa merda até 2022.

André

Não é questão de player, é questão de infra de stream. Coisa que poucos "players" do mercado dominam com eficiência (YT/Hangouts, Skype etc).

Exibir mais comentários