Início » Mobile » Celular dobrável Samsung Galaxy Fold passa por homologação da Anatel

Celular dobrável Samsung Galaxy Fold passa por homologação da Anatel

Samsung Galaxy Fold pode ser concorrente ao Huawei Mate X, smartphone dobrável que deve chegar ao Brasil ainda este ano

Por
08/04/2019 às 17h22

O Samsung Galaxy Fold tem uma chance real de ser lançado oficialmente no Brasil: o celular dobrável foi encontrado no sistema de homologação da Anatel. Ele seria um concorrente para o Huawei Mate X, que pode chegar ao país ainda este ano. Claro, eles não devem sair barato: ambos estão chegando à Europa pelo equivalente a R$ 10 mil, e custariam ainda mais por aqui.

Cesar Cardoso, do Pinguins Móveis, descobriu que o sistema de homologação da Anatel menciona o modelo SM-F900F, que corresponde ao Samsung Galaxy Fold. Ele ainda não foi aprovado para comercialização no Brasil, por isso os documentos da agência ainda não foram publicados.

De acordo com o SamMobile, existem pelo menos três versões regionais do Galaxy Fold: SM-F900U para os EUA, SM-F900F para a Europa, e SM-F900N para a Ásia. Receberemos a mesma versão voltada para os europeus, provavelmente com suporte às redes 4G usadas no Brasil.

O XDA Developers confirmou que a versão do Galaxy Fold sendo homologada no Brasil não terá processador Exynos: o firmware do SM-F900F menciona apenas o codinome interno do Snapdragon 855 (SM8150). Pode ser uma boa notícia, pois ele é mais rápido que o Exynos 9820 em benchmarks.

Galaxy Fold tem 12 GB de RAM e seis câmeras

O Galaxy Fold não economiza em outras especificações. Ele tem 12 GB de RAM e 512 GB de armazenamento UFS 3.0 mais rápido que em outros celulares. São seis câmeras no total: três na traseira, duas internas, e uma frontal.

Sua tela Infinity Flex de 7,3 polegadas se dobra ao meio para alterar o formato de tablet para smartphone. Enquanto isso, a tela externa possui 4,6 polegadas. Ele tem 6,9 mm de espessura quando aberto, e 17 mm (!) quando dobrado.

O Galaxy Fold roda uma versão adaptada do Android 9 Pie que consegue esticar automaticamente alguns apps, como WhatsApp, Microsoft Office e YouTube. É possível manter até três aplicativos abertos na tela flexível ao mesmo tempo.

O celular dobrável da Samsung custará £1.800 no Reino Unido e €2.000 em outros 15 países da Europa, incluindo Alemanha, França e Espanha. Vale lembrar que a homologação pela Anatel não é garantia de lançamento no Brasil (o Samsung Nexus S e o Huawei Nexus 6P servem de exemplo); mas se rolar, qual será o preço do Galaxy Fold no Brasil?