Início » Celular » Samsung confirma que linha Galaxy A vai substituir Galaxy J

Samsung confirma que linha Galaxy A vai substituir Galaxy J

Os smartphones intermediários que apareciam na linha Galaxy J agora farão parte da série Galaxy A

Por
28 semanas atrás

É oficial: a Samsung está mesmo reorganizando as suas linhas de smartphones. Nesse processo, os aparelhos Galaxy J deixarão de ser identificados com essa denominação e passarão a fazer parte da linha Galaxy A. A confirmação foi dada em um vídeo publicado pela filial da Samsung na Malásia.

Samsung Galaxy J8

Samsung Galaxy J8

Funcionava assim até recentemente: a linha Galaxy J era direcionada a aparelhos básicos e intermediários, a série Galaxy A representava modelos intermediários mais avançados e, por fim, a família Galaxy S englobava (e ainda engloba) as opções sofisticadas da Samsung, como o Galaxy S10 e suas variações.

Há também a linha Galaxy Note, com padrão de sofisticação similar ao da família Galaxy S, mas com o complemento da S Pen, além de outras linhas básicas, como Galaxy On e Galaxy C, dependendo do mercado.

Não está claro o que levou a Samsung a aposentar a série Galaxy J, mas essa mudança estava prevista desde o ano passado. É possível que a companhia esteja reorganizando essas linhas simplesmente para tornar as suas opções intermediárias mais competitivas frente ao forte avanço de marcas chinesas no segmento — na Ásia, companhias como Huawei e Xiaomi ganham cada vez mais espaço.

De um ponto de vista estratégico, a mudança faz sentido: a linha Galaxy A já inclui recursos como múltiplas câmeras na traseira (como no Galaxy A7 e o Galaxy A9), carregamento rápido e acabamento premium, apenas para citar algumas características atuais. Por conta disso, essa é uma série que carrega uma imagem muito melhor que a da Galaxy J.

Mas, com a mudança, a série Galaxy A abre espaço para especificações mais simples. Vários modelos 2019 já foram anunciados — ou serão anunciados em breve —, entre eles, Galaxy A10A20A30A40A50A60 e A70. O critério de classificação aqui é o lógico: quanto maior o número no nome, mais avançada é a ficha técnica do modelo.

Samsung Galaxy A7 2018

Samsung Galaxy A7

Note que essa é uma classificação nova, que não dá sequência aos nomes que a Samsung vinha adotando até 2018. É importante ter ciência disso para evitar confusão. O Galaxy A10, por exemplo, é um modelo bastante inferior aos já mencionados Galaxy A7 e Galaxy A9, apesar de o nome sugerir o contrário.

Outro exemplo: o nome Galaxy A30 pode até soar pomposo, mas o modelo possui configuração mais ou menos parecida com a de um Galaxy J8.

A Samsung poderia ter parado por aí, mas existe outra série intermediária no meio dessa história: a Galaxy M, que já conta com os smartphones Galaxy M10, M20 e M30. Em princípio, essa é uma linha mais simples, mas o Galaxy M30 traz recursos (como câmera tripla) que o fariam ser classificado facilmente como uma das opções avançadas da família Galaxy A.

É a Samsung sendo Samsung.

Com informações: XDA Developers.