Início » Web » Pesquisa do Datafolha mostra Facebook em tendência de queda no Brasil

Pesquisa do Datafolha mostra Facebook em tendência de queda no Brasil

Facebook é usado por 56% dos entrevistados pelo Datafolha; WhatsApp lidera com 69%

Por
10/04/2019 às 13h20

Não chega a ser uma crise, mas pode soar como um sinal de alerta para o Facebook: uma pesquisa realizada pelo Datafolha revela uma tendência de queda no número de usuários da rede social no Brasil. Em contrapartida, o WhatsApp continua soberano.

O Datafolha ouviu, no início de abril, 2.038 pessoas em 130 municípios. 56% dos entrevistados disseram manter conta no Facebook. Em novembro de 2017, essa proporção era de 61%. De lá para cá, houve queda de cinco pontos percentuais, portanto.

Mesmo assim, o Facebook continua sendo a rede social mais popular no Brasil. Na segunda posição está o Instagram: 35% disseram acessar o serviço. O Twitter aparece na sequência, mas com uma participação bem menor: 14%. De acordo com o Datafolha, a plataforma chegou a registrar 18%, mas caiu para 14% entre 2017 e 2018 e, desde então, segue nessa faixa.

Facebook

Em situação bastante confortável — embora não seja uma rede social — está o WhatsApp. O serviço de mensagens está nos celulares de 69% dos brasileiros com mais de 16 anos e não há perspectiva de queda na base de usuários.

Esses não são números consolidados, até porque há uma margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Além disso, se levarmos em conta os últimos números divulgados pelo Facebook para o Brasil, a rede social registrou 127 milhões de usuários ativos mensais no primeiro trimestre de 2018 contra 120 milhões do WhatsApp no mesmo período.

O que a pesquisa indica é que a base de usuários do Facebook não deve crescer mais no Brasil, pelo contrário: nota-se uma tendência de encolhimento que, para Alessandro Janoni, diretor de pesquisas do Datafolha, pode ter relação com os escândalos sobre privacidade envolvendo a rede social.

Com informações: Folha de S.Paulo.

Mais sobre: ,