Início » Gadgets » Samsung lança fones de ouvido wireless da AKG no Brasil

Samsung lança fones de ouvido wireless da AKG no Brasil

AKG N700NC é um headphone com cancelamento ativo de ruído por R$ 1.699

Paulo Higa Por

Além de lançar os novos Galaxy A, a Samsung aproveitou esta quarta-feira (10) para trazer quatro fones de ouvido com a marca da AKG ao mercado brasileiro. Todos são wireless, com preços partindo dos R$ 499 para o básico Y100 e chegando a R$ 1.699 para o N700NC, um circumaural com cancelamento ativo de ruído.

AKG N700NC

AKG Y100 e N200: os intrauriculares wireless

O AKG Y100 lembra os fones de ouvido da AKG que a Samsung envia junto com seus celulares mais caros, só que em uma versão sem fio. Ou melhor: existe um único fio ligando os dois lados, que também abriga os controles de reprodução e uma bateria de 120 mAh com autonomia prometida de 8 horas. Quinze minutos no carregador são suficientes para mais uma hora de bateria, segundo a empresa.

AKG Y100

AKG Y100

Acima dele, o AKG N200 também é um modelo sem-fio-mas-com-fio que se destaca por ser extremamente leve: são apenas 15 gramas. Por R$ 599, ele possui bateria de 8 horas, botão físico para controlar músicas ou chamar um assistente pessoal, e ímãs em cada lado que juntam os dois fones de ouvido.

AKG N200

AKG N200

AKG Y500 e N700: headphones com mais bateria e mais funções

Para quem prefere headphones, o AKG Y500 é a opção menos cara da lista. Ele tem formato on-ear (ou seja, com conchas que repousam sobre as orelhas) e alguns recursos bacanas: a música pausa automaticamente se você remover o fone de ouvido da cabeça; é possível conectar dois dispositivos simultaneamente; e a tecnologia Ambient Aware deixa passar parte do som ambiente, se você quiser prestar atenção ao seu redor.

O Y500 custa R$ 699 e tem uma bateria que promete durar impressionantes 33 horas. De acordo com a Samsung, uma recarga de 5 minutos é suficiente para dar mais uma hora de autonomia ao headphone.

AKG Y500

AKG Y500

Por fim, o AKG N700NC é o modelo mais sofisticado que a Samsung trouxe ao mercado brasileiro. Com preço sugerido de R$ 1.699, ele deve competir com o Sony WH-1000XM3, o Beats Studio3 Wireless e o Bose QuietComfort 35 II na busca para conquistar os viajantes de plantão, já que tem cancelamento ativo de ruído.

Embora pareça um trambolhão à primeira vista, o N700NC não é mais pesado que os rivais (tem 261 gramas) e pode ser dobrado para ser transportado na mochila. Claro, estamos falando de um modelo over-ear (que envolve as orelhas) com bateria suficiente para um trajeto mais longo: ele aguenta 23 horas no modo sem fio, ou 36 horas com um fio conectado, ambos com o ANC ligado.

AKG N700NC

AKG N700NC

Além dos fones de ouvido da AKG, a Samsung continua vendendo seus próprios acessórios: os Galaxy Buds já estão disponíveis no varejo por R$ 999, com carregamento sem fio, 6 horas de bateria e design totalmente wireless.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Natthan Fruche Terzi

kkkkkkk pensei em comprar o S10 só por isso acredita, comprar e vender o Galaxy buds

Keaton

Dependendo, compensa. Algumas pessoas tem timpano zoado e não podem ouvir com o fone MUITO alto. Eu aqui, por exemplo.

Rafael Moreira

Nunca testei. Mais posso falar do HD 4.40 BT que tenho. Não tem o cancelamento de ruido, de resto é a mesma. Quando aumento o volume já corta bastante o som do ambiente externo, no máximo então não escuto nada. Acho que não vale apena pagar um adicional a mais por conta do cancelamento de ruido, pelo menos nesse modelo da Sennheiser.

Mickão

Eu acho que realmente você não soube interpretar meu comentário, pois em nenhum momento fui hater (não falei mal do AKG), fanboy (não fiquei lambendo saco da Meizu) ou quis lacrar (só comentei sobre uma alternativa mais barata). E outra: você não sabe se eu já testei o AKG ou não, portanto quem me parece querer estar aparecendo aqui é você.

Abraço.

Keaton

O fone chinês funciona? Sim. Nenhuma pergunta extra.

Keaton

O quanto de ruido ele reduz?

Keaton

$499 por um fone como o AKG Y100? HAHAHAHAHAHAHAHA

A Samsung tá uns 11 dias atrasada...

Alessandro

Bem, tecnicamente a akg estava mais perto da Suíça que a Meizu, mas agora ela é da Samsung

Thalles Ferreira

Então, meu último fone antes do atual (um JBL 450BT que hoje custa 250) foi um SOL Republic, "brinde" do primeiro Moto G aqui no Brasil mas que nos EUA custava mais de 100 dólares.

Achava excelente e não sou audiófilo a ponto de precisar de mais que a qualidade dele. Tanto que nem sou tão fã do som do JBL, mas é ainda mais leve e bem resistente, pelo menos nesse ano de uso não descascou/rasgou nada, a bateria ainda dura razoavelmente bem ao longo da semana... enfim, já comprei um Bluedio que tem ótimo som e bateria mas é pesadão, então tenho que conciliar bastante coisa pro meu gosto... e pro meu bolso rs

Rafael Moreira

Eu parei de comprar fone de entrada, toda vez que comprava fone barato queimava um canal, ou a almofada rasgava. Paguei 800 reais em um headphone Sennheiser e nunca mais tive problemas. Sem contar a qualidade de construção.

Rafael Moreira

O Sennheiser HD 4.50 BT tem cancelamento de ruido, e custa menos que esses modelos de headphone citado na matéria. Beats Studio 3 é só marketing.

Wees

Tenho um EP51 também, a bateria ta um lixo no máximo 1h de musica e simplesmente se rasgou todo, dois anos de uso... ps sozinho. https://uploads.disquscdn.c...

Marcos Vinícius

Como se os fones da AKG fossem feitos na Suíça né? HAHA

Vegeta humilde

Eu acho que é só o complexo de importador que tem a necessidade de falar q tudo deles é melhor e mais barato

Vegeta humilde

Até aparecerem tbm meus pontos já expiraram XD

Exibir mais comentários