Início » Negócios » Vendas globais de DVD e Blu-ray caem pela metade em cinco anos

Vendas globais de DVD e Blu-ray caem pela metade em cinco anos

DVD e Blu-ray vêm sendo deixados de lado: vendas globais despencaram de US$ 25,2 bilhões em 2014 para US$ 13,1 bi em 2018

Felipe Ventura Por

As bilheterias dos cinemas vêm aumentando seu faturamento ao redor do mundo, e a indústria do entretenimento doméstico segue crescendo graças ao streaming de séries e filmes. Enquanto isso, o DVD e o Blu-ray vêm sendo lentamente deixados de lado: suas vendas globais despencaram de US$ 25,2 bilhões em 2014 para apenas US$ 13,1 bilhões em 2018.

Foto por Diego Correa/Flickr

Essa queda de 48% no faturamento em cinco anos "reflete a mudança para opções digitais", diz um relatório da MPAA (Motion Picture Association of America). A venda de entretenimento em mídia física sofreu queda tanto dentro quanto fora dos EUA.

Enquanto isso, os gastos com entretenimento digital — incluindo aluguel, compra e streaming — dispararam 170% no mesmo período, atingindo US$ 42,6 bilhões mundialmente em 2018. Inclusive, as assinaturas de streaming de vídeo ultrapassaram a TV a cabo pela primeira vez.

Como nota o Ars Technica, o mercado de mídia física não deve se recuperar com o lançamento do Blu-ray 8K ou outros formatos focados em qualidade de imagem e som. Nos EUA, a venda de discos Blu-ray 4K corresponde a apenas 5,3% do total, contra 57,9% do DVD — é isso mesmo o que você leu.

A Samsung foi a primeira a anunciar um player de Blu-ray UltraHD com resolução 4K. Este ano, ela deixou de produzir players de Blu-ray nos EUA; a fabricação também foi encerrada no Brasil. De acordo com a Forbes, a coreana estava cogitando lançar um modelo intermediário no mercado americano, mas o plano foi cancelado.

Eu tive um pouco de dificuldade em me lembrar a última vez que comprei um DVD. Isso faz alguns anos, quando eu estava procurando um filme que assisti na Netflix: queria tê-lo comigo mesmo se ele saísse do catálogo, e queria assistir aos extras — algo que os serviços de streaming não incluem.

Antes disso, fiz algo semelhante: comprei o box de DVD de uma série difícil de encontrar. Ela nunca foi lançada em Blu-ray, mas tanto faz, porque eu nunca tive um player compatível.

A mídia física certamente tem suas vantagens: sua série ou filme estará sempre disponível, sem depender de acordos de licenciamento como na Netflix e semelhantes; você terá acesso a conteúdo extra; e será possível desfrutar de uma qualidade maior de imagem (no caso do Blu-ray). No entanto, isso não é o bastante para convencer muitas pessoas a gastarem R$ 20 em um DVD ou R$ 40 em um Blu-ray.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Fabio Santos
Estou a duas semanas a trabalho nos EUA não vejo pessoas comprando mídia física kkk e eu venho muito pra cá.Meus primos mesmo nem lembram a última vez que compraram um dvd ou que seja.
Celio Azevedo
No primeiro mundo, as pessoas ainda compram.
Celio Azevedo
Tristeza o Brasil ser um país de terceiro mundo e nunca ter tido uma indústria fonográfica decente como na Europa e nos EUA.
Epic Mac Fadden - ODZ -
Se você definir a resolução do PC pra 2K, tá certo. O que não suportaria seria uma resolução maior - imagem deformada, fora de quadro ou não-funcional.Realmente no final do ano dá pra "ter sorte" quanto a preços.
Epic Mac Fadden - ODZ -
Já vi disso também, mas no BluRay só consegui em exFAT. Na TV da minha sogra (Samsung) que tem um ano funciona um HD em NTFS também.
Leonardo
Eu tenho uma TV Samsung de 2013, nem smart é, porém lê flash drives formatados em NTFS numa boa.
Eliezer
Blu-Ray é tão atoa quanto o 3D.....
Flavio Toledo
Esqueci desse detalhe propios fabricantes lançando produtos como soundbar sem suporte midia fisica impulsiona mais ainda essa situaçao.
Flavio Toledo
Tem muitos anos nao gasto dinheiro com dvds desde passei usar HD externo e a ultima midia fisica comprei foi pokemon soul silver ha quase 2 anos. Imagino enquanto nao dar prejuizo filmes de midia fisica ira sobreviver unica coisa nao entra na minha quem compra filmes DVD qualidade tao ruim para padroes atual.
johndoe1981
Osso é a qualidade do vídeo em streaming, com bitrate baixíssimo. Você pega um filme em "4K" do Netflix e a qualidade é pior que o mesmo em 1080p de Blu-ray. Streaming não consegue superar nem mesmo DVD.
Cristina Nascimento
Mas se o filme for 4k e eu puxa a imagem do pc com hdmi pra tv, a tv vai exibir mesmo ela sendo 2k? Estou entre Samsung e LG pra comprar. Tou ansiosa, mas seria mais lucro esperar a black friday, né?
Epic Mac Fadden - ODZ -
Existe uma solução mais fácil: um belo cabo HDMI de um computador pra TV. O cabo ao menos teria de ser o HDMI 2.1.Aí pra escolher a TV também é meio chato (pois sou muito). A qualidade do painel, HDR, SE o aparelho suportar HDR, ângulo de visão. Mas continuo com a premissa de usar um computador para tal fim.
Cristina Nascimento
Pois é, keria comprar uma tv 4k pois a qualidade é superior, a minha é 2k. Um filme em 4k tá nas casas dos 20gb, 2k tá em 9gb, e bluray tá em uns 40gb, imagina só a qualidade, fora os extras q vem no filme. Eu tenho o Nero, mas não sei como organizar os arquivos e quais pastas criar no disco.
Epic Mac Fadden - ODZ -
Uso pra backup, gravo como arquivos.Autorar um BluRay é um pouco mais complicado, demanda um software de autoração (como o DVD Architect ou o Encore) porém outros programas devam fazer algo similar, como o Power2Go (é o que uso pra fazer backups), que tem um sistema de verificação de disco após a gravação muito bom.Mas se for pra assistir numa TV, prefira HDs externos (formatados em exFAT) e arquivos em MP4 h.264 (codec). Alguns aparelhos lêem o formato Matroska (MKV) nativamente, mas aí o arquivo tem de ser menor do que 4.3GB (tamanho máximo pra formatação exFAT).Se for gravar pra assistir, em arquivos já basta, pois o BluRay player lê arquivos também.
Cristina Nascimento
HD externo é a melhor solução.
Cristina Nascimento
Mais fácil comprar um hd externo pra isso, não? É o q faço, embora eu tb tenha assinatura do OneDrive 1tb.
Cristina Nascimento
Cara, eu sei gravar filmes em dvd mas não em BD, já procurei tuto e não axei, vc poderia me ensinar?
Leumas Ninguém
Blu-ray só os jogos mesmoSe bem que atualmente meu PS4 tem mais jogos em mídia digital que física
Fabio Santos
Eu nem me lembro bem a última vez que usei mídia física, eu por falta de uso vendi todos meus cds de rock e heavy metal na galeria do rock, porém como frequento a região nas folgas vejo muito usado a venda, e casando a reportagem se entende que ainda tem muito giro mesmo.Hoje eu sou adapto a Spotify, Netflix e quando não acho parto pra torrent como Bj Share.
LekyChan
para quer comprar um bluray de 1k dollars se um xbox one s de 250 já reproduz bluray 4k, além de ter apps e rodar jogos?
LekyChan
eu ainda prefiro comprar fisico, pago 40~60 reais num bluray em media aqui em guarulhos, acho muito melhor que pagar 35 na versão digital
Fabio Santos
Eu nunca imaginei que as vendas estavam na casa dos bilhões, parece que ninguém mais tem aparelhos de mídia física.Se bem que já citei quando estava no grupo que perto da minha sogra tem uma locadora que tem grande fluxo de locação ainda.
P. Herrera
Eu entendi o que vc quis dizer, e sim, de fato: Em áudio é bem difícil pra a maioria perceber a diferença(streaming/MP3 320 Kbps vs FLAC). Nem todo mundo tem ''ouvido'', e como vc citou, há outras questões como ter hardware adequado e tal. Agora te garanto, em vídeo não é placebo. Se vc tiver um bom setup, basta apenas um pouco mais de atenção e pode comparar um msm filme no Bluray e no streaming(o tamanho da tela ajuda). É visível!Portanto, voltando à uma parte do comentário inicial: Pra grande maioria, o streaming é mais que suficiente. Não vão notar a diferença entre um vídeo em 1080p com bitrate 6000 Kbps(média do streaming no geral, excluindo o YouTube) e o msm vídeo com bitrate de 20000 Kbps(média do Bluray).PS: Streaming de áudio para músicas. Em streaming de áudio pra filme é injusta a comparação. Num setup adequado, a maioria percebe, já que o áudio num filme é algo mais complexo. Um filme ou série no PrimeVideo(é o melhor nesse aspecto entre todos) tem qualidade máxima de DD+ 640 Kbps(a Netflix usa DD+ 384 Kbps), o msm filme no Bluray vem em DTS-HD(~8000 Kbps), Dolby Atmos ou DTS X.
Pizdáh
Também não quero que a mídia física morra. Sempre compro blu-rays e DVDs quando estão na promoção, no lançamento (quando o preço é alto) muito difícil. Concordo em gênero, número e grau com o colega Herrera, quem quer qualidade e tem equipamento para isso, nada é melhor do que a mídia física, ou um NAS com as ISOs para tocar via player.
Arnold
Na questão de áudio, as vezes ( leia, as vezes, depende muito de um equipamento superior e olhe lá ) pode ser um tremendo efeito placebo, as vezes você tem mais trabalho e paga mais caro por um áudio de mais qualidade e tem tanta vontade de achar que você está ouvindo com mais qualidade que ocorre o efeito placebo, um canal do youtube em que o cara manja muito de fones de ouvidos fez um teste, é claro que como disse depende muito do equipamento, mas já adianto nesse teste que tinha muita gente sofrendo para achar musicas com mais qualidade mas que na hora de ouvir não soube distinguir a diferença da mesma musica em alta qualidade flac e mp3 que supostamente seria inferior por ter uma compactação e tal mesmo usando fones de ouvidos caros, não to querendo falar que é seu caso, longe disso, mas apenas uma dica mais cética sobre o assunto, vlwhttps://www.youtube.com/wat...
Rick Silròd
Concordo! Com relação à streaming de música, já tive o dessabor de alguns álbuns que eu gosto saírem do catálogo nestas plataformas. A partir daí, tenho feito esforços para conseguir tudo em mídia física, quer seja CD, LP e até K7. Mas, acredito que num futuro o streaming ainda vai decepcionar muita gente como já me decepcionou. Quanto ao entretenimento em vídeo, está aí a Netflix que não me deixa mentir, entram tantos títulos quantos saem todas as semana. Daí me pergunto: Qual é a vantagem do streaming mesmo...?
Juninho
Também existe a questão de ter sites especializados em disponibilizar os filmes, desenhos, etc em alta qualidade para download, junto a velocidade da internet alcança hoje em dia podendo guarda o arquivo em nuvem ou em HDs externos
Uriel Dos Santos Souza
Na minha terra chamam isso de frescura! kkkkMas é como dizem, se você tem cacife para pagar a qualidade, que tenha serviços para você!
Gustavo Hofer
a questão das vendas de filmes em dvd e bluray não tem relação apenas com a diversidade de opções de streaming mais também ao fato de vários fabricantes terem parado a produção dos aparelhos de blu ray e dvd como a samsung fez. hoje ou vc compra um blu ray 4k que custa $1.000 e $1.500 ou compra um na faixa de $ 600 a $700 e corre o risco de não ter peça para conserto
Zé Colmedia
Os piratas ajudando para que o dvd não morra. Quem diria.
Tori
Japoneses ainda colecionam bluray, isso ajuda na venda de animes.
Drax
Só compro jogos para xbox, que nem sei se entra nessa conta aí
Matheus Alexandre
Mas nesse caso é culpa de quem não armazenou as mídias corretamente.Tenho algumas aqui com decada funfa de boa.
Matheus Alexandre
Mídia física é muito seguro para backup, aposto que se colocar tuas antigas mídias em atividade estarão funcionando. Já ouvi relatos de mídias com 15 anos funcionando perfeitamente.Agora realmente não compensa montar um pc com um leitor hoje em dia. Sai muito melhor pegar aqueles leitor portátil que funcionam na USB.
Guilherme Andrade
Eu costumava fazer backups de meus dados em DVD também, gastava dias e dias nisso sempre que ia formatar o computador. Hoje essas mídias estão em uma pasta guardada na gaveta que nem posso ler mais pois decidi montar um computador sem leitor de DVD/BluRay.
Felipe Ventura
Jogos não entram nessas estatísticas, apenas séries, filmes e correlatos.
DeadPull
A mídia física certamente tem suas vantagens: sua série ou filme estará sempre disponível, sem depender de acordos de licenciamento como na Netflix e semelhantes;Até o dia que você vai tirá-la da embalagem depois de muito tempo parada e os discos estão tudo mofados, com a camada gravada soltando tudo :-|
Vinicius Vasques
O que não fica claro é se games estão no balaio (afinal videogame também é entretenimento doméstico). Pois sinceramente acho que o que segura esta indústria são as mídias físicas para videogame e PC.
Matheus Alexandre
No meu caso usava/uso mídia em DVD mesmo, pois não era grandes quantidades de arquivos que armazenava e também ficaria muito perigoso guardar muita informação em uma única mídia e correr o risco dela vir a dar pau.Nesses anos fazendo backup em DVD até agora não tive nenhum problema com perda de arquivos. É uma pena que estão entrando em desuso, mas enquanto tiver equipamento continuarei usando pela segurança que passa.
Epic Mac Fadden - ODZ -
Gravo BluRay há anos pra isso.
RPB Público
Meu último Blu-ray comprado foi o do primeiro Vingadores, em 2012. 3D. Só 6 anos depois, essas duas tecnologias já começam a desaparecer.
Jean Ricardo
Pode balançar mas a midia fisica nunca vai morrer, quem ja assistiu um BD não volta mais ao DVD.
Caleb Enyawbruce
DVD não consigo mais. Nas TVs de hoje a imagem fica muito ruim. Faz MUITOS anos que não vejo nada nessa mídia. Já o Blu-Ray sempre achei muito caro pra um filme e por isso se comprei 4 na vida foi muito.
P. Herrera
Eu não quero que a mídia física morra, que vire nicho, mas morrer não.Não quero só ter a opção de assistir as coisas compactadas(áudio e vídeo). Ok, o streaming é suficiente para o público geral, mas se vc como eu, gosta de QUALIDADE antes de tudo, vai entender. A praticidade do streaming ganha pra qualquer mídia, mas é só nisso msm. No resto, a mídia física é superior. E ainda tem a questão do licenciamento: Uma vez comprado um filme q vc gosta, ele é seu pra sempre. Já no streaming pode sumir hje ou amanhã.Em termos de compactação: A Netflix faz um ótimo trabalho, mas claro, ainda é compactado ao extremo. V- BOM(1080p), BOM(4K) / A- BOMO YouTube certamente é o pior nesse quesito, obviamente, é compreensível, dado que a plataforma recebe TBs de conteúdo diariamente. V- MÉDIO / A- MÉDIOO Prime tbm é ok e tem a melhor qualidade de áudio até o momento. V- OK / A- ÓTIMOCrunchyroll tbm(só animes msm). V- OK / A- MÉDIOgloboplay. V- MÉDIO / A- MÉDIOQueria poder testar o Hulu.Tudo isso só é perceptível pra quem se importa com qualidade.
S Y N T H W A V E + L O V E R
Impressionante ainda é vender 13 bilhões ano passado.Pra mim não faz falta. Já são 10 anos que não compro nada.
Matheus Alexandre
Continuo usando mídia física para fazer backup de arquivos. É uma pena ver cada vez mais entrando em desuso.
wuhkuh
Eu também tento comprar os DVD's de filmes e séries que gosto muito, e estou com planos de comprar um Blu-ray antes que parem de vender, já que pelo menos um upscalling a gente consegue