Início » Aplicativos e Software » Sony lança aplicativo de táxi para concorrer com Uber no Japão

Sony lança aplicativo de táxi para concorrer com Uber no Japão

S.Ride funciona apenas em Tóquio e tem frota inicial de 10 mil carros; Japão proíbe viagens compartilhadas por app

Por
13 semanas atrás

Em parceria com cinco companhias de táxi, a Sony lançou nesta terça-feira (16) o S.Ride em Tóquio, para competir com a Uber e a JapanTaxi, sendo essa segunda a mais forte no Japão. O serviço aceita pagamentos via dinheiro, cartão de crédito e QR Code. Aplicativos de compartilhamento de viagem são proibidos no país, daí a necessidade de fazer parceria com táxis.

s ride é lançado pela sony para concorrer com uber

O S.Ride — dito “simple, smart and speedy” (simples, inteligente e rápido) — opera com inteligência artificial para prever os locais com mais demanda de táxis ao longo do dia, de acordo com a empresa. A frota inicial é de 10 mil carros, que atenderão apenas em Tóquio, por enquanto. A JapanTaxi tem cerca de 60 mil táxis, mas que funcionam em todo o país, não só em Tóquio.

Além da Sony, o S.Ride pertence a um aglomerado de mais seis empresas chamado Minna no Taxi (Táxi Para Todos) Corporation, formado também pela Daiwa e a Kokusai, duas das maiores operadoras de táxi em Tóquio. Um porta-voz da empresa disse ao CNET que a Sony não tem intenções de expandir o serviço para fora do país.

Japão proíbe serviços de compartilhamento de viagens

Vale lembrar que o Japão proíbe serviços de compartilhamento de viagens como conhecemos. A Uber, por exemplo, teve que formar parcerias com empresas de táxi para operar no país. A grande potência nesse tipo de atividade é JapanTaxi: ela recebeu um investimento de cerca de US$ 20 milhões para crescer no país, vindo da empresa de telecomunicações NTT Docomo.

Outra empresa de telecomunicações japonesa, a Softbank Group, também anunciou um acordo com a chinesa Didi Chuxing (dona da 99) para lançar um aplicativo de táxi no Japão. As Olimpíadas de 2020 ocorrerão em Tóquio, e a concentração de turistas na cidade será um belo atrativo para essas empresas.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: , ,