Início » Celular » Samsung mantém lançamento do Galaxy Fold e investiga defeitos na tela dobrável

Samsung mantém lançamento do Galaxy Fold e investiga defeitos na tela dobrável

Galaxy Fold tem problemas na tela dobrável mesmo se camada protetora não for removida; Samsung fará lançamento em 26 de abril

Felipe Ventura Por

O Galaxy Fold está apresentando problemas em sua tela dobrável nas unidades distribuídas para alguns veículos da mídia: ela deixa de funcionar em uma das metades ou exibe linhas no display, mesmo quando a camada protetora não é removida. A Samsung promete “inspecionar minuciosamente essas unidades”, mas avisa que o lançamento do celular continua marcado para 26 de abril.

Samsung Galaxy Fold com defeito na tela; a película protetora não foi removida (foto por Todd Haselton/Twitter)

Todd Haselton, da CNBC, e Dieter Bohn, do The Verge, receberam o Galaxy Fold para testes e não removeram a camada protetora da tela; ainda assim, eles tiveram problemas.

Em um dos casos, a metade esquerda da tela começou a sofrer de cintilação, enquanto a metade direita passou a exibir linhas coloridas perto do notch das câmeras. Como você pode ver na foto acima, o defeito parece estar se espalhando.

Haselton diz no Twitter que a Samsung vai coletar o Galaxy Fold quebrado dele, e reitera que a camada de proteção não foi removida e está “completamente intacta”:

No outro caso, um calombo surgiu no display e fez aparecer linhas brancas:

Samsung Galaxy Fold (Foto: Dieter Bohn/The Verge)

Em comunicado, a Samsung diz: “recebemos alguns relatos a respeito da tela principal nas amostras fornecidas. Vamos inspecionar minuciosamente essas unidades pessoalmente para determinar a causa do problema”.

Galaxy Fold não tinha aviso para manter película protetora

Alguns jornalistas removeram a camada protetora porque não havia nenhum aviso de que ela deveria permanecer na tela. Repare na foto abaixo que essa película não chega até as bordas do aparelho, deixando descoberta a área ao redor — e dando a entender que deve ser retirada.

Como mostra esta foto de Haselton, as unidades distribuídas para teste não incluíam nenhum aviso de que a película deveria ser mantida:

https://twitter.com/robotodd/status/1118689798947053569

Um executivo da T-Mobile diz que as unidades do Galaxy Fold para consumidores terão um aviso dizendo: “ATENÇÃO, a tela principal inclui uma camada protetora especial; retirar essa camada protetora ou utilizar qualquer adesivo na tela principal, como protetores de tela ou colantes, pode causar danos”.

“A tela principal do Galaxy Fold possui uma camada superior de proteção, que faz parte da estrutura do display projetada para proteger a tela contra arranhões acidentais”, diz a Samsung no comunicado. “Remover a camada protetora ou colar adesivos no painel principal pode causar danos. Garantiremos que esta informação seja vista claramente por nossos clientes.”

Apesar desse revés, a Samsung avisa que o Galaxy Fold chegará ao mercado na data prevista: “não há mudanças nos planos, vamos lançar nos EUA em 26 de abril”, diz a empresa ao Wall Street Journal. O aparelho custará US$ 1.980.

O celular dobrável está previsto para chegar à Europa: a pré-venda deve começar em 26 de abril; e o lançamento, em 3 de maio. Ele custará € 2.000 na Europa continental e £ 1.799 no Reino Unido.

https://twitter.com/robotodd/status/1118574478009626624

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André Dias

A tela externa do Fold é como um celular tradicional, com vidro. A do Mate X será o mesmo plástico sensível da tela interna.

paulo yan

Complicado. Se esse smartphone já tinha toda uma desconfiança em torno dele por causa do formato inovador, imagine agora.

Cristina Nascimento

Concordo, será bem pior..

Baio-kun

Esses são problemas também presentes no Fold por causa da tela externa, por isso nem incluí.

André Dias

E riscos, batidas, água, sujeira diretamente em uma folha plástica do lado de fora?

Baio-kun

Com certeza serão. O ângulo máximo(acho que é esse o nome) que uma tela do Mate X tem que suportar é bem menor por ser externo e não interno.

Panino, o Moço

Me espantou o número de aparelhos que foram "destruídos" ao invés de "quebrarem".
Samsung testou o aparelho durante meses usando robôs, masse esqueceu de testar com seres humanos.
Se "especialistas em tecnologia" estão fazendo isso, imagino o que fará o cidadão comum? Esses aparelhos dobráveis provavelmente nunca darão certo por causa disso.

Ramon

Uma empresa do tamanho da Samsung comentendo uma coisa de amador dessa pela segunda vez. Manchar a imagem da própria linha de produtos. Parece auto sabotagem não é possível. Demorou tanto pra fazer os clientes esquecerem o note explosivo e acabar com o receio de comprar os celulares da marca. E agora mais essa..

Keaton
ωαท∂єrℓєy ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

Se os problemas do Mate X forem menores será mais uma vergonha para a Samsung kkkkkkkkkkk

Thiago Silva

É uma boa inovação porém ainda não está pronto para o consumidor. Isso vai dar um trabalho para Samsung nas lojas de Reparo.

Robert Rey

Uma pena, espero que a Samsung resolva isso logo e não seja mais um fiasco da proporção do Note 7

Felipe Corrêa Ramos

Na minha visão o celular já alcançou todas as inovações em questão de hardware, os recentes lançamentos estão mais pra firulas do que inovações.

Jairo ☠️

Boa sorte aos early adopters

Nope

Acrescentando, é a obsolescência programada mais rápida da história.

Exibir mais comentários