Início » Celular » Samsung adia lançamento do Galaxy Fold e promete reforçar tela dobrável

Samsung adia lançamento do Galaxy Fold e promete reforçar tela dobrável

Relatos de problemas na tela dobrável do Galaxy Fold fizeram Samsung adiar lançamento oficial

Emerson Alecrim Por

A Samsung acaba de confirmar que o dobrável Galaxy Fold vai ter o seu lançamento global adiado. O smartphone seria apresentado oficialmente em vários países no decorrer da semana, mas uma série de problemas nas unidades enviadas a jornalistas para testes levantou a suspeita de que o dispositivo possui falhas de projeto ou fabricação.

Samsung Galaxy Fold

Jornalistas como Todd Haselton, da CNBC, e Dieter Bohn, do The Verge, relataram problemas sérios na tela do Galaxy Fold após pouco tempo de uso do aparelho, sem que as unidades tenham sofrido quedas ou sido danificadas de outra forma.

Em certos casos, a remoção de uma película que recobre a tela do Galaxy Fold foi apontada como possível causa para as falhas. Como não havia avisos sobre essa proteção, alguns jornalistas entenderam que a película deveria ser removida. Somente mais tarde é que a Samsung comunicou que esse procedimento pode causar danos.

O fato é que, depois dos primeiros relatos, a Samsung prometeu investigar os problemas. Em comunicado enviado à imprensa nesta segunda-feira (22), a companhia deu a entender que a decisão de adiar o lançamento do Galaxy Fold veio em consequência dessa análise (em tradução livre):

“As descobertas iniciais da inspeção dos problemas relatados na tela indicam que eles podem estar associados a impactos nas partes expostas da dobradiça. Houve também um caso em que substâncias encontradas dentro do dispositivo afetaram o desempenho da tela”.

Na mesma nota, a Samsung informa que tomará providências para reforçar a proteção da tela. Além disso, a companhia promete aprimorar as orientações para uso seguro do display, incluindo um aviso para que a película protetora não seja retirada.

Samsung Galaxy Fold com defeito na tela; a película protetora não foi removida (foto por Todd Haselton/Twitter)

Os indícios de que o lançamento do Galaxy Fold seria postergado surgiram nos últimos dias. A Samsung adiou os eventos de apresentação do modelo em pelo menos quatro locais: Hong Kong, Xangai, Singapura e Espanha.

Ainda não há informações sobre a nova data de lançamento oficial do Galaxy Fold. Todavia, o Wall Street Journal relata que o smartphone dobrável não deverá chegar às lojas dos Estados Unidos antes do fim de maio. Por lá, o modelo vai custar US$ 1.980.

O Galaxy Fold foi homologado pela Anatel, mas ainda não há informação sobre disponibilidade no Brasil.

Com informações: The Verge.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Vagner Da Silva

Se vc tiver uma revista em casa dobre e ela e veja como as folhas deslizam uma sobre a outra, o mesmo tem que acontecer aqui, só é possível aderência em partes rígidas onde a tela será não flexível, é o mesmo principio da física das molas planas (amortecedores de carroça e caminhões) e arcos compostos. Tem um video do youtube MrMobile Huawei Mate X Hands-On, aos 3:56 eles dão um close na dobradiça, se fosse colado a tela não teria essa curvatura, ela teria arestas marcadas como uma porta sanfonada, repetindo na superfície da tela o padrão do visual do mecanismo da dobradiça.

Talvez vc esteja tentando dizer que a tela está justa, com pouca folga ou pouco espaço livre, ao invés de colado com cola ou adesivo, nesse caso eu vou discordar apenas porque se um grão de areia entrar nas escamas da dobradiça ele não sairá fácil e pode acabar sendo pressionada contra a tela pela própria dobradiça.

Panino, o Moço

Veja o Mate X, a borda da tela é contínua, ela não acaba no meio para a tela dobrar como no Fold.

Gabriel Silva

A grande sacada de ter a tela do lado de fora é que a dobra fica menos visível com o passar do tempo. O design do aparelho da Samsung não ficou muito bom justamente pq tiveram que colocar uma dobra maior que o normal para tentar evitar o vinco da tela com o tempo, mas isso não ficou bom.

Keaton

193

Vagner Da Silva

Eu acredito que não é esse o caso, imagine um livro de capa dura, o miolo não é colado na lombada, se a tela for colada na dobradiça além de flexível ela teria também que ser muito elástica pra acompanhar a forma das dobradiças sem distribuir a tensão por todo a área não colada, que é o que acontece na lombada de um livro.

Dispister

No QG da samsung lá longe tem aquele estagiário que diz:
Pessoal oi aqui, eu acho que isso não vai dar certo!
Tipo... Com película ou sem não vai vingar o povo já tem o Galaxy Tab e seu devido smartphone!
Disse a voz da consciência que o CEO da Sam não quis ouvir

Comentário Mil Grau℗

Fez o certo, melhor rever o que está ocorrendo estes erros do que lançar o produto e ter que novamente fazer um mega recall pq não houve um melhor controle de testes. Pode ter a máquina mais avançada para testes em laboratórios, mas jamais ela conseguirá reproduzir o que acontece na vida real.

Carlin

Algumas ações são necessárias e apesar de tudo a Samsung esta correta em voltar com o aparelho pra tentar reverter esses problemas! Agora vamos ver se a solução empregada não irão custa mais tempo e investimento! Se caso for necessário rever toda a parte interna do aparelho é melhor voltar com o projeto pra fase inicial!

João

A da Apple, por exemplo, é. E vale trilhões hoje em dia, literalmente.

Jhon

Se pra uma empresa de bilhões o mais importante é a babação de ovo, ok, mas ai vai da estratégia de cada uma

João

Mas tem que ser assim, daqui a pouco alguma chinesa lançaria antes e o povo ia babar ovo igual com a tríplice xiaomi, one plus e huawei de agora.

Jhon

Pra mim esses problemas são totalmente normais. O problema é anunciar e (querer) lançar algo que não está pronto só pra dizer que foi a primeira.

Credulos

É o preço por uma tecnologia nova, falhas de projetos e etc, eu particularmente só pensaria em adquirir um smartphone dobrável la para sua 3ª ou 4ª geração. Pegar um Fold da vida só me faz pensar que estou adquirindo um protótipo.

Zanac_Compile

O teor dos comentários é proporcional à história é feitos da empresa.

É correto, é justo, é coerente. Compreendemos. E ninguém é fanboy, é razoável defender.

Se fosse outra, era uma histeria, não é mais a mesma, nunca comprarei nada desse lixo e assim pra baixo.

:D

João

Me espanta o povo achar q tecnologia nova assim vem impecável logo de cara. O primeiro celular era um trambolho inusável.

Exibir mais comentários