Início » Telecomunicações » Google inaugura cabo submarino de 10 mil km entre EUA e América do Sul

Google inaugura cabo submarino de 10 mil km entre EUA e América do Sul

Cabo submarino Curie será usado exclusivamente para oferecer serviços do Google; empresa tem três cabos no Brasil

Por
26 semanas atrás

A internet acaba de ganhar mais um cabo submarino: o Google e a SubCom concluíram a instalação do Curie, que conecta o Chile à costa oeste dos EUA. Ele será usado exclusivamente para oferecer serviços do Google, incluindo computação na nuvem. A empresa já financiou outros 12 cabos ao redor do mundo, alguns deles no Brasil.

Instalação do cabo submarino Curie

Este cabo submarino é batizado em homenagem à cientista Marie Curie, e será usado para atender usuários e clientes do Google em toda a América Latina. Ele tem 10 mil km de extensão, mas sua capacidade (em terabits por segundo) não foi revelada.

O Curie foi projetado com participação do Google: trata-se da primeira grande empresa fora do ramo de telecomunicações a construir um cabo intercontinental privado.

“Como controlamos o processo de design e construção, podemos definir totalmente as especificações técnicas do cabo, otimizar a implantação e fornecer serviços aos usuários e clientes com mais rapidez”, explicou a companhia no ano passado.

Google tem três cabos submarinos no Brasil

Este é o 13º cabo instalado no mundo a ser financiado pelo Google. A empresa investiu US$ 47 bilhões globalmente entre 2016 a 2018 em data centers e cabos submarinos.

O Google é acionista majoritário de 100 mil km de cabos submarinos ao redor do mundo, ou um total de 8,5%. O Facebook detém uma rede global de 90 mil km, contra 30 mil km da Amazon e 6,6 mil km da Microsoft.

Três dos cabos do Google estão no Brasil. Um deles é o Monet, com 10.556 km de extensão e capacidade de até 64 Tb/s (terabits por segundo). Ele conecta Boca Ratón, na Flórida (EUA), às cidades de Fortaleza (CE) e Santos (SP).

Temos ainda o Tannat, com 2 mil km e capacidade estimada de 90 Tb/s, que liga Praia Grande (SP) a Maldonado (Uruguai); e o Júnior, de 13 Tb/s, que vai do Rio de Janeiro até Praia Grande.

No mapa abaixo, você vê outros três cabos que serão inaugurados no Brasil: o Malbec, do Facebook, que nos conectará à Argentina; o ARBR, extensão do cabo Seabras-1, que ligará a Argentina aos EUA com “escala” em Praia Grande; e o EllaLink, que nos conectará diretamente à Europa para nossa conexão à internet depender menos dos EUA.

Mapa dos cabos submarinos no Brasil elaborado pela TeleGeography:

Mapa dos cabos submarinos no Brasil elaborado pela TeleGeography

Mais sobre: ,