Início » Brasil » Netflix vai produzir 30 séries e filmes originais no Brasil

Netflix vai produzir 30 séries e filmes originais no Brasil

No meio das novidades estão as novas temporadas de 3%, Samantha e O Mecanismo

Emerson Alecrim Por

Ted Sarandos é o líder de conteúdo da Netflix. Em evento no Rio de Janeiro, ele anunciou que a quantidade de filmes, documentários e séries originais feitas no Brasil vai aumentar: serão pelo menos 30 produções, já considerando aquelas que estão disponíveis no acervo do serviço atualmente, como 3% e Samantha.

Netflix

Já não é novidade que investir em conteúdo exclusivo é a principal arma da Netflix para se manter relevante, afinal, com o surgimento crescente de serviços de streaming — entre eles, as futuras plataformas Apple TV+ e Disney+ —, licenciar produções de terceiros é uma tarefa cada vez mais difícil.

No começo de 2017, Reed Hastings, cofundador e CEO da Netflix, esteve no Brasil para anunciar investimentos em conteúdo local. Esse anúncio resultou em produções como Samantha e a segunda temporada de 3%.

Agora, com a ampliação dos investimentos em produções brasileiras, a terceira temporada de 3% foi confirmada. Mas essa nem de longe é única novidade trazida por Sarandos: Samantha e O Mecanismo também voltarão em novas temporadas.

3%

3%

Mas é a quantidade de novos filmes que mais chama atenção. Eis alguns:

  • Menino Maluquinho estreará na Netflix em 2021 como uma animação;
  • Modo Avião, filme protagonizado por Larissa Manoela, contará a história de uma menina que bate o carro do avô e é enviada à fazenda dele para consertar o veículo; durante a estadia, ela não poderá usar o celular;
  • Ricos de Amor será uma comédia romântica com Giovanna Lancellotti no elenco;
  • Carnaval vai ser uma comédia sobre uma jovem que vê o vídeo de traição do seu namorado viralizar;
  • Sergio contará a história do diplomata brasileiro na ONU Sérgio Vieira de Mello, morto em um atentado em Bagdá. O filme vai ser estrelado e produzido por Wagner Moura.

Ainda com relação a filmes, a Netflix comunicou que Maisa Silva e Fábio Porchat foram contratados para estrelar três produções cada um. Nas séries, entre as confirmações estão:

  • Futebol, drama que retratará dois garotos de 15 anos que são escolhidos para o maior time do Brasil, o Carioca Futebol Clube (fictício, obviamente);
  • Sintonia, série criada por Kondzilla a contar com produção da Losbragas (produtora da atriz Alice Braga);
  • Irmandade, com Seu Jorge e Naruna Costa;
  • Ninguém Tá Olhando, comédia com Victor Lamoglia, Júlia Rabello e Kéfera Buchmann.

A Netflix destacou ainda a série com temática zumbi Reality Z, uma adaptação da produção britânica Dead Set. Prevista para 2020, a novidade terá participação especial de Sabrina Sato.

As gravações de várias das 30 produções já começaram e estão sendo realizadas em localidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba (PR), Porto Alegre (RS), Cimbres (PE) e Tocantins.

Para Wagner Moura, o anúncio da Netflix chega em um momento crucial, dada a profunda crise que a produção audiovisual brasileira vem enfrentando.

Já Ted Sarandos destacou que "o Brasil tem talentos extraordinários e uma longa tradição em contar grandes histórias". O executivo usou 3% como exemplo: a produção teve bastante aceitação nos Estados Unidos e outros países.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

johndoe1981

Depois desse anúncio decidi renovar minha assinatura do Prime Video.

Da Silva

Triste realidade; e ainda esqueci de falar dos atores globais.

Parece que só existem eles pra fazerem os papéis.

Bernardo Rosenfeld M.

Eu já estou esperando isso... ou qualquer coisa a nível escrachado e com aquele teorzinho lacrativo que aparece...

Bernardo Rosenfeld M.

O dia que os roteiristas daqui tirarem pregas da mesmice que produzem com outra cara pode ser até que valha algo... mas por enquanto só teremos poucos títulos de fato assistíveis. Triste isso.

Bernardo Rosenfeld M.

Eu quero acreditar... mas ta difícil.

Daniel

é sim, o livro é muito bom (ambientação nacional!) mas penso que se for para gastar pouco pelas produções ai tem estórias melhores, esse ai ficaria muito bom mas com efeitos decentes, há passagens no livro que gastaria demais pra fazer e com certeza a netflix não estaria disposta a isso.

Da Silva

Tenho trauma dos filmes e séries brasileiras 😂

FastSloth87

Então vc quer que não dê certo? Pq só com isso tudo aí é que se faz sucesso no Brasil.

FastSloth87

É verdade!

Uriel Dos Santos Souza

Você não gosta de GOT?

Da Silva

Espero que não encham as séries de palavrões, piadas sem graça, drogas na favela e sexo mal interpretado. 🤮

aa aa

Só de ler a sinopse já desestimula de assistir...
Será que a segunda temporada do "o mecanismo" será igual tropa de elite 2 pro José Padilha "consertar" a primeira temporada? Sites de esquerda andaram divulgando que ele estaria "arrependido", de novo.

Eduardo Braga

Os Sete não é de vampiro? A Netflix deve gastar pouco por produção.

Fabio Santos

Eu amo os conteúdos produzidos por eles, inclusive os seriados policiais, o seriado 3% muitos caíram matando, porém achei bem legal também.

Daniel

Concordo com você, e lembro de alguns mas infelizmente não tenho muita esperança nessas 30 séries, seria uma bela surpresa ter pelo menos 1 razoável. Misturou Mc no meio, kond não sei o que me da uma vergonha alheia tão forte que chega a embrulhar o estômago. Agora se for algo como Lisbela e o prisioneiro, o matador, o cheiro do ralo, Elvis e Madonna, central do brasil, tropa de elite, ai já melhora. Mas tratando-se de séries e não filmes amaria ver a saga dos 7 do André Vianco em forma de seriado, amei os livros, e por curiosidade fui ver um curta que fizeram.. que pena que certas coisas não podem ser "desvistas" essa é uma das que eu pagaria BEM para "desver".

Exibir mais comentários