Início » Celular » Xiaomi Redmi 7 e Redmi Note 7 serão lançados no Brasil em maio pela DL

Xiaomi Redmi 7 e Redmi Note 7 serão lançados no Brasil em maio pela DL

Redmi 7 e Redmi Note 7 rodam Android 9 Pie e passam por homologação da Anatel; DL trouxe Pocophone F1 e Redmi Note 6 Pro

Felipe Ventura Por

O Brasil receberá oficialmente mais celulares da Xiaomi: o Redmi 7 e Redmi Note 7 estão chegando ao país por meio da brasileira DL Eletrônicos. Os dois smartphones rodam Android 9 Pie e já passam por homologação da Anatel, mas ainda não foram aprovados. A empresa também trouxe ao país o Pocophone F1 e Redmi Note 6 Pro.

Xiaomi Redmi 7

De acordo com o TechTudo, o Redmi 7 e o Redmi Note 7 serão lançados em lojas do varejo ao longo de maio. Ainda não há detalhes sobre preço, nem sabemos se eles chegarão a lojas online.

A DL lançou o Pocophone F1 com preço sugerido de R$ 2.999; trata-se do modelo com 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, que custa cerca de US$ 350 na Índia. Enquanto isso, o Redmi Note 6 Pro sai por R$ 1.999 (US$ 215 em outros países). No Brasil, eles estão disponíveis apenas em lojas físicas da Ricardo Eletro.

Segundo a Xiaomi, a linha Redmi Note 7 — que inclui os modelos padrão e Pro — vem sendo um sucesso: ela atingiu 1 milhão em vendas após um mês de lançamento, e já tem mais de 4 milhões de unidades distribuídas ao redor do mundo.

Xiaomi Redmi Note 7

Redmi Note 7 e Redmi 7 têm 4.000 mAh e Android Pie

O destaque do Redmi Note 7 fica para sua câmera dupla com sensor principal de 48 megapixels. Em condições com pouca luz, ele combina quatro pixels próximos para funcionarem como um só, aumentando a quantidade de luz absorvida e capturando uma foto de 12 megapixels.

Temos também uma tela Full-HD+ de 6,3 polegadas com notch, processador Snapdragon 660, e bateria de 4.000 mAh com recarga rápida pela porta USB-C. O Redmi Note 7 custa US$ 150 no modelo com 3 GB de RAM e 32 GB de armazenamento.

Por sua vez, o Redmi 7 traz especificações mais modestas. Ele possui câmera traseira dupla com sensor principal de 12 megapixels; tela de 6,26 polegadas com resolução HD+; e processador Snapdragon 632.

A bateria mantém a capacidade de 4.000 mAh, mas é recarregada através de uma porta microUSB. O Redmi 7 custa US$ 100 no modelo com 2 GB de RAM e 16 GB de armazenamento.

Xiaomi Redmi Note 7 – ficha técnica:

  • Tela: 6,3 polegadas, Full-HD+ (2340 × 1080), proporção 19,5:9, painel LCD, brilho de até 450 nits, contraste de até 1.500:1, vidro Corning Gorilla Glass 5 2.5D
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 660
  • RAM e armazenamento: 3 GB + 32 GB, 4 GB + 64 GB ou 6 GB + 64 GB, expansível por microSD
  • Câmera traseira dupla: sensor principal de 48 megapixels f/1,8 (Samsung ISOCELL GM1 Ultra Clear) + sensor de profundidade de 5 megapixels
  • Câmera frontal: 13 megapixels
  • Sistema operacional: Android 9 Pie com MIUI 10
  • Bateria: 4.000 mAh com suporte a Quick Charge 4.0
  • Mais: USB Type-C, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, leitor de digitais na traseira, blaster infravermelho, resistência a umidade

Xiaomi Redmi 7 – ficha técnica:

  • Tela: 6,26 polegadas, HD+ (1520 x 720), 269 ppi, painel LCD IPS, vidro curvo 2.5D Gorilla Glass 5
  • Processador: Snapdragon 632 octa-core
  • RAM e armazenamento: 2 GB/16 GB, 3 GB/32 GB e 4 GB/64 GB, expansível por microSD de até 512 GB
  • Câmera traseira dupla: 12 megapixels, abertura f/2,2, 1,12 um + 2 megapixels (profundidade)
  • Câmera frontal: 8 megapixels
  • Sistema operacional: Android 9 Pie com MIUI 10
  • Bateria: 4.000 mAh com carregamento rápido de 10 W
  • Mais: microUSB, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, leitor de digitais na traseira, IR blaster, nanorrevestimento interno P2i contra umidade

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alberto Junior
Por isso que eu não quero que ela volte. Minha preferencia será sempre a importação, sou nem trouxa de pagar pelo custo Brasil
Franco Luiz
Se n estou enganado o poco n tem o Lte advanced
Maicon Bruisma
Não é tão simples e você sabe disso. Não é como se tivessem pego um Snapdragon 845 e tivessem colocado num Moto G 2013. O aparelho não usa memória emmc, mas sim UFS, memória RAM é DDR4x, sensor principal da câmera era o top da Sony na época, mesmo sensor de Mi8, Galaxy S9, Pixel 3. Sacrificaram sim design e construção, som e tela, mas olha o preço, novo acho a 1550 o de 128 gb, usado por 1200, S8 usado tá mais que isso. Fora que tem rom pra ele que já vem otimizadinha e com suporte full à gcam.
Maicon Bruisma
Sim, e câmeras ainda não sabemos, mas não parecem ruins.Eu já compraria um Mi8 SE mesmo, mas meu caso é exceção e não regra
Marcos Soares Santos
tem minion que fica louco quando dizem que o poco nao é topo de linha kkkkk. de hardware ate pode ser, mas de resto não é mesmo
Marcos Soares Santos
Poxa amigo, os aparelhos são diretamente importados, o custo é outro, não é essa mesma maré de dinheiro que a asus paga. no maximo o poco deveria custar 2.200, não faz o menor sentido.
Marcos Soares Santos
me pergunto quantos aventureiros pagaram por esse preço ridiculo da RicardoEletro
Franco Luiz
A proposta dele era ser o aparelho potente mais barato do mundo e ele é pra isso reduziu tudo desde qualidade de construçao a cameras e som , entao nao to exagerando em nada , ele é um aparelho intermediario " se nao for basico" com um processador potente e só
Franco Luiz
Quem confia nos correios ? todo dia tem assalto
Rodrigo Fante
Não, mas aí existem duas opções, você aceita que vai ser roubado e embuti no preço do produto X% de perdas, ou paga um seguro e embuti no preço do produto X% do seguro.Como não vai de blindado, o seguro é mais caro.
X-Tudãoᴳᴼᵀ
Correios usa caminhão blindado?
johndoe1981
Putz :(
Rodrigo Fante
Verdade né, aí não precisa transportar o aparelho......
Credulos
Os Xiaominios piram com esse comentário, mas pura verdade.
Credulos
A Xiaomi tentou isso e fracassou, no Brasil ainda se vende muito em loja física, a maior fatia de vendas ainda é pelos meios tradicionais.
VolksW4GNER
Provavelmente vou comprar um M30, mesmo sendo um pouco inferior, compensa pela bateria, tela e garantia..
Leumas Ninguém
Só quero ver a facada
Leumas Ninguém
Mas a maioria das cidade do interior usam a 700MHz no 4G+Aqui na minha cidade é assim, meu Pocophone não funciona o 4G+, mas meu antigo Moto G5 Plus sim
Kauã Pacheco
Tem não
johndoe1981
Algum dos dois modelos têm NFC?
Jacques
Com o preço do M20/M30 da samsung, duvido valer a pena comprar esse da DL, fora que ainda não deve rodar na banda 28 do 4G que pode fazer uma grande diferença em alguns lugares
X-Tudãoᴳᴼᵀ
Da para reduzir esse custo com venda online.
Martin
Essa ideia da DL nasceu flopada. Gosto da Xiaomi, mas nesses preços é melhor comprar Samsung ou Motorola. Acho que seria melhor desistirem
Martin
DL deveria desistir. Quem está acostumado a importar, não vai comprar esses aparelhos caros. Quem compra Samsung e Motorola, não vai querer uma marca desconhecida que custa o mesmo valor.
Maicon Bruisma
Não exagera, para a proposta dele foram necessários sacrifícios. Um corpo de plástico, sim, mas não um plástico ruim igual LG e Samsung usavam. Tela de menor qualidade que os outros, mas custa bem menos. Câmera é boa, software que é ruim. Bateria muito boa com resfriamento líquido que realmente funciona e desempenho muito acima da média. Se olhar só de um ângulo até meu Nexus 4 é melhor pq é de vidro e tem recarga sem fio. Tem que saber analisar o público alvo.
Maicon Bruisma
Valor aceitável para eles é 800 pro Redmi 7 de 2gb/16, 900 pro 3gb/32gb e mil pelo de 4gb/64gb, venderia bem. Já o Note 7 o correto é 1500 pro 4gb/64gb, não pq é o valor que importadores revendem, mas pq a concorrência está gigante, Galaxy M30 tem desempenho inferior mas tem uma tela melhor e passa mais confiabilidade, Moto G7 Plus já se acha por 1650-1700, tendo também um desempenho um pouco inferior mas sendo mais completo. Fica pela escolha do usuário, mas se vir pelo preço que veio um Redmi Note 6 Pro, que é inferior, não vai vender
Blind
Desde 2010 compro diversas marcas, passando por pelo menos uns 15 modelos, e já passei muito c isso com todas as marcas em garantia, 90% das vezes e dor de cabeça, espera e n resolve 100%. Nesse tempo todo eu passei por 5x no procon c todas as marcas por n resolverem o problema, ou alegando mal uso.Xiaomi até hoje não tive nada disso. N è ser fã, mas n tive nada disso.Obs: já comprei uns 8 modelos deles desde 2015
Blind
Idem em experiência
Seraph
Notei que não
Seraph
Nunca tive problema com Xiaomi. Diferente dos problemas que já tive com os "nacionais" cheio de garantia e preço abusivo
Gabriel
Ótimos smartphones!!! Xiaomi 👏👏
Animal
Compra 2 no ML, então garantia não é o problema.
Franco Luiz
Cara ate um s7 é melhor , o problema do pocophone é que ele ´so tem processador o resto é tudo baixo custo é quase vc pegar um aparelho de plastico fraco de 300 reais e por um snap da serie 800 nele , ele so vai ter o processador de top o resto é tudo de entrada
Claudio Tavares
Eu arrisquei. Comprei um Redmi Note 6 Pro, sem nota e "garantia" de 3 meses no ML, por R$ 1.140,00. Por outro lado, tive problema com 2 Motorola, na garantia, cujos consertos na autorizada, eram paliativos que não resolviam. Vou continuar arriscando nos Xiaomi, mas não nos preços BR.
Franco Luiz
Logico que tem , Brasil e um dos poucos lugares no mundo que a trasportadora precisa ser blindada por fora e por dentro fora que tem um cofre dentro do caminhao ....... Cara é muito gasto só com segurança imagina o resto , entao sim é explicado sim eu tbm nao concordo com os preços mas vc precisa ve isso de modo geral.O Marcel da asus ja explicou em um video como funciona o " custo brasil" e vc se assusta com tanta coisa que precisa terhttps://www.youtube.com/wat...
VolksW4GNER
Ta 1.999 na Casas Bahia.
Claudio Tavares
Vem pro Brasil e, infelizmente, com essa faixa de preço, vai voltar logo e continuar vendendo no ML.
Epic Mac Fadden - ODZ -
Nem assim....
VolksW4GNER
Mas pagar 1.7K em um celular que um mês depois pode não funcionar, e não tem a quem recorrer, eu não arriscaria.
Seraph
Mais um custa do o dobro do que custa no ML
Seraph
Amigo, não tem justificativa esse preço abusivo não.
Seraph
Tem sim, pela própria distribuidora. É a única vantagem além da garantia, mas ainda não compensa. A gente acha esse smart a 1.7k no ml
Franco Luiz
Cara é triste pq a galera ficou pedindo muito pra xiaomi huawei entre outras vir pro brasil , mas eu tenho ctz que essas pessoas nao compram e reclama do preço alto como se n soubesse que vindo pro brasil teria aumento
Franco Luiz
Depende do intuito de sua pergunta, se for pra saber sobre o 4.5G nao é so a banda 28 que o celular precisa, E sim da capacidade de usar 2 bandas ao mesmo tempo o chamado LTE Advanced
Seraph
Pesquisa no Google
VolksW4GNER
Melhor pegar um Galaxy S9.
Seraph
Não tem imposto que justifique.
Marlon Souza
3k um pocophone?
LekyChan
a versão global usa as seguintes rede:GSM B2/B3/B5/B8WCDMA B1/B2/B4/B5/B8FDD-LTE B1/B2/B3/B4/B5/B7/B8/B20/B28TDD-LTE B38/B40CA B1/B3/B7/B8/B20/B38/B40
VolksW4GNER
Caso de algum problema no smartphone, tem a quem recorrer aqui no Brasil?