Início » Celular » Samsung pede e iFixit tira do ar o desmonte do Galaxy Fold

Samsung pede e iFixit tira do ar o desmonte do Galaxy Fold

iFixit diz que Galaxy Fold é "assustadoramente frágil" e não tem proteções na dobradiça para impedir entrada de resíduos

Por
25 semanas atrás

O iFixit vem desmontando celulares, tablets e diversos outros gadgets há anos, e decidiu conferir o que há por dentro do Galaxy Fold: a empresa descobriu que o celular dobrável não tem proteções na dobradiça que impeçam a entrada de resíduos, tornando-o “assustadoramente frágil”. A Samsung pediu que o desmonte fosse retirado do ar, e assim foi feito.

Em comunicado, o iFixit explica que analisou um Galaxy Fold fornecido por “um parceiro confiável”. A Samsung pediu para esse parceiro que o desmonte fosse retirado do ar; o motivo não foi revelado. Especula-se que o aparelho foi distribuído a algumas pessoas sob a condição de que não fosse desmontado.

“Não estamos sob qualquer obrigação de remover nossa análise, jurídica ou não”, diz o iFixit. “Mas por respeito a esse parceiro, a quem consideramos um aliado em tornar os dispositivos mais reparáveis, escolhemos retirar nosso desmonte até que possamos comprar um Galaxy Fold no varejo.”

Claro, se você tenta esconder algo na internet, acaba causando o efeito contrário e chamando mais atenção. O artigo do iFixit segue disponível no Internet Archive, e você pode conferir fotos do Galaxy Fold desmontado em uma infinidade de sites que cobriram o caso, incluindo o Tecnoblog.

Galaxy Fold deixa entrar resíduos que podem danificar tela

O iFixit encontrou problemas mesmo antes de desmontar o Galaxy Fold. Quando a tela está aberta, vemos uma lacuna de 7 mm onde as duas metades se encontram, nas partes superior e inferior: são pontos de entrada de resíduos que podem danificar o display OLED. Além disso, ao fechar o Fold, dá para ver como as aberturas ao redor da dobradiça são enormes.

O desmonte só confirma que, dentro da dobradiça, não existe nenhuma proteção contra a entrada de partículas. Isso pode explicar os defeitos causados na tela após poucos dias de uso; as telas OLED são muito mais delicadas que o LCD, e sofrem danos com mais facilidade.

A Samsung adiou o lançamento global do Galaxy Fold, prometendo “tomar medidas para reforçar a proteção da tela”. O celular dobrável pode chegar aos EUA em junho; ele já foi homologado pela Anatel.