Início » Celular » Samsung pede e iFixit tira do ar o desmonte do Galaxy Fold

Samsung pede e iFixit tira do ar o desmonte do Galaxy Fold

iFixit diz que Galaxy Fold é "assustadoramente frágil" e não tem proteções na dobradiça para impedir entrada de resíduos

Felipe Ventura Por

O iFixit vem desmontando celulares, tablets e diversos outros gadgets há anos, e decidiu conferir o que há por dentro do Galaxy Fold: a empresa descobriu que o celular dobrável não tem proteções na dobradiça que impeçam a entrada de resíduos, tornando-o “assustadoramente frágil”. A Samsung pediu que o desmonte fosse retirado do ar, e assim foi feito.

Em comunicado, o iFixit explica que analisou um Galaxy Fold fornecido por “um parceiro confiável”. A Samsung pediu para esse parceiro que o desmonte fosse retirado do ar; o motivo não foi revelado. Especula-se que o aparelho foi distribuído a algumas pessoas sob a condição de que não fosse desmontado.

“Não estamos sob qualquer obrigação de remover nossa análise, jurídica ou não”, diz o iFixit. “Mas por respeito a esse parceiro, a quem consideramos um aliado em tornar os dispositivos mais reparáveis, escolhemos retirar nosso desmonte até que possamos comprar um Galaxy Fold no varejo.”

Claro, se você tenta esconder algo na internet, acaba causando o efeito contrário e chamando mais atenção. O artigo do iFixit segue disponível no Internet Archive, e você pode conferir fotos do Galaxy Fold desmontado em uma infinidade de sites que cobriram o caso, incluindo o Tecnoblog.

Galaxy Fold deixa entrar resíduos que podem danificar tela

O iFixit encontrou problemas mesmo antes de desmontar o Galaxy Fold. Quando a tela está aberta, vemos uma lacuna de 7 mm onde as duas metades se encontram, nas partes superior e inferior: são pontos de entrada de resíduos que podem danificar o display OLED. Além disso, ao fechar o Fold, dá para ver como as aberturas ao redor da dobradiça são enormes.

O desmonte só confirma que, dentro da dobradiça, não existe nenhuma proteção contra a entrada de partículas. Isso pode explicar os defeitos causados na tela após poucos dias de uso; as telas OLED são muito mais delicadas que o LCD, e sofrem danos com mais facilidade.

A Samsung adiou o lançamento global do Galaxy Fold, prometendo “tomar medidas para reforçar a proteção da tela”. O celular dobrável pode chegar aos EUA em junho; ele já foi homologado pela Anatel.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ricms

Como o Giz americano com a Apple depois de ter feito o review do i4 do engenheiro moscão que deixou no bar.

Catena's Beauty Atelier

Culpa minha não. Eu não tenho dinheiro pra consumir isso.

Meu iphone 6s guerreiro durará por anos e anos.

DDR31600Mhz

Aprender como se faz um negocio que nunca foi feito?

Jefferson Pinheiro

E por 2 mil doletas

Jhon

Culpa não é a palavra certa. Pode ser uma motivação, mas a culpa é inteiramente das empresas.

Rafael Moreira

Verdade. Tem celular que possui 4GB de RAM e um sensor de câmera, e da um show nesses hypes com 8GB e 4,5 câmeras...

Keaton

Lembra aqueles MP18 da década passada?

Jairo ☠️

Se fosse a Samsung , fecharia uma parceria com o ifixit afim de que eles fizessem ensaios com os gadgets bem antes do lançamento

Geraldo Lopes

Isso chama-se capitalismo... 90% do que é exposto nas prateleiras de um Shopping (qualquer um) é totalmente supérfluo para as nossas vidas, mesmo que uma equipe de marketing altamente especializada e bem paga lhe passe como algo maravilhoso, essencial como o oxigênio que respiramos.

Fabio Santos

O povo não tem direito de saber as cagadas que colocam a venda, enfim ao menos a ifixit fez o certo pra não ferrar quem muitas vezes da passagem a exclusividade.
Mais a Samsung pedir pra retirar foi forçado ela que use o vídeo como base pra aprimorar o aparelho beta com preço exorbitante.

Trovalds

As únicas pessoas que tinham acesso ao Galaxy Fold eram formadores de opinião de uma forma geral. O aparelho não está disponível ao público ainda. Então o iFixit achou por bem retirar o desmonte da unidade em questão visto que se insistissem em manter no ar poderiam ser obrigados a revelar quem cedeu o aparelho e o cidadão se tornar "persona non grata" pra Samsung.

Robert Rey

Eles deixaram que o Galaxy Note 7 chegasse ao público duas (!!) vezes.

Credulos

Se ficou incomodada porque enfiaram o dedo na ferida, o produto esta cheio de falhas de projeto e isso incomodou muito em Samsung?

johndoe1981

Melhor explicação.

johndoe1981

É o que sempre acontece quando o departamento de marketing tem mais voz que o de engenharia.

Exibir mais comentários