Início » Negócios » Uber prevê que valerá US$ 84 bilhões em estreia na bolsa de valores

Uber prevê que valerá US$ 84 bilhões em estreia na bolsa de valores

A estreia do Uber na bolsa de valores de Nova York está próxima: a IPO deve ser realizada em maio

Emerson Alecrim Por
29 semanas atrás

A chegada do Uber à bolsa de valores está próxima. Nesta sexta-feira (26), a companhia divulgou os termos para a sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). A companhia espera levantar cerca de US$ 10 bilhões com a venda dos papéis e atingir valor de mercado de pelo menos US$ 84 bilhões nessa estreia.

iPhone / Uber / como usar código promocional uber

Uma IPO indica que a empresa está realizando venda pública de ações pela primeira vez na bolsa de valores — aqui, a Bolsa de Nova York. O Uber vem preparando terreno para a estreia pelo menos desde o final de 2018, quando entregou a documentação necessária à SEC (comissão de valores mobiliários dos Estados Unidos).

O plano original do Uber era fazer a IPO no segundo semestre de 2019, mas a companhia antecipou a data. Tudo indica que a estreia na bolsa acontecerá nos próximos dias — de maio não deve passar. Aparentemente, essa foi uma recomendação dos bancos: como a rival Lyft também estava prestes a fazer uma IPO, chegar antes ou em uma data próxima à bolsa aumentaria as chances de atrair grandes investidores.

Nessa estreia, a companhia espera vender 180 milhões de ações ordinárias e fazer cada papel valer entre US$ 44 e US$ 50. Se esse objetivo for atingido, a arrecadação da IPO irá variar entre US$ 7,9 bilhões e US$ 9 bilhões. Um lote adicional de 27 milhões de ações poderá fazer o total passar de US$ 10 bilhões.

Além disso, o Uber deverá ser avaliado em pelo menos US$ 84 bilhões, colocando a companhia dentro da faixa prevista de US$ 80-90 bilhões. Esse montante está longe dos US$ 120 bilhões planejados originalmente, mesmo assim, fará a IPO do Uber estar entre as maiores de todos os tempos.

dan-gold / unsplash / uber

Alguns fatores podem ajudar. Um deles é o anúncio de que o PayPal irá investir US$ 500 milhões no Uber em compra de ações. As duas companhias são parceiras em alguns mercados. Na Austrália e Estados Unidos, por exemplo, o PayPal presta serviços de processamento de pagamentos ao Uber.

Mas também há um fator preocupante: a companhia estima que o seu prejuízo financeiro referente ao primeiro trimestre de 2019 oscilará entre US$ 1 bilhão e US$ 1,1 bilhão. O Uber atribui os números negativos principalmente à concorrência acirrada nos principais mercados em que atua.

Questões trabalhistas também podem ser um entrave. Cientes da proximidade da IPO, grupos de motoristas em várias cidades dos Estados Unidos, como San Francisco e Chicago, estariam inclusive planejando uma paralisação generalizada em 8 de maio para fazer pressão. A principal queixa é a de remuneração baixa.

Com informações: TechCrunch, BBC.

Mais sobre: ,