Início » Gadgets » Netflix lança áudio de alta qualidade para TVs com 5.1 ou Dolby Atmos

Netflix lança áudio de alta qualidade para TVs com 5.1 ou Dolby Atmos

Mesmo com taxa alta de reprodução, áudio de alta qualidade não é livre de compressão

André Fogaça Por

A Netflix anunciou nesta quarta-feira (1) que inseriu áudio de alta qualidade em Dolby Atmos e 5.1 canais na reprodução de conteúdo na TV. Além disso, junto da resolução, a qualidade do som será alterada de acordo com a estabilidade da conexão com a internet que é utilizada durante a transmissão.

thibault-penin-netflix-unsplash

De acordo com a empresa, se o aplicativo que roda nas TVs detectar que há suporte para 5.1 canais de áudio, o streaming do som poderá ser de até 640 kbps, partindo de 192 kbps quando a conexão não estiver boa. Se o Dolby Atmos estiver presente, a reprodução começará em 448 kbps e irá até 768 kbps.

A reprodução nesta taxa deixa claro que a compressão ainda existe, ficando distante de tecnologias quase que sem qualquer perda, como em estúdio com 24-bit e 48 kHz, em 1 Mbps por canal. A Netflix afirma que escolheu ainda assim comprimir um áudio e dar o nome de “alta qualidade”, pois em testes internos com arquivo acima da taxa máxima, a diferença é pouco ou nada perceptível para a audiência.

A variação de taxa de bits será sutil e andará dentro do mínimo e máximo de cada configuração, algo que não existia até então. Até a mudança de hoje, a qualidade do áudio era configurada automaticamente no início da reprodução do filme ou da série, sem ser alterada depois. Isso significa que se sua conexão começou ruim, mas melhorou poucos segundos depois, o vídeo ganha mais resolução, mas o áudio seguirá até o final em qualidade baixa.

A nota não diz em quais dispositivos o usuário encontrará conteúdo com áudio em 5.1 canais ou Dolby Atmos, mas diz que eles estarão em “aparelhos de TV” e os filmes e séries com estas opções serão identificados.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gilvani
Falou tudo
Leandro Nascimento
cara, nem fale... o prime video é ridículo de ruim! Acredito que nem o próprio pessoal da Amazon assista coisas lá porque um menu daquele não é possível. O único lugar que é de boa de alterar é no Apple TV, porque no resto, só por deus
Jean Ricardo
Hoje uso audio 5.1 na maioria dos programas, mas não tinha reparado na taxa como na matéria, é um recurso bem vindo.
Gabriel Rezende
Exatamente. Pra chegar em 24 bits vai ter chão ainda, haha.E outra, tem que manter um stereo comprimidão pra quem vê no busão ou em TV normal. Não estou falando de tamanho em bytes, e sim de volume mesmo. Não adianta nada ter dinâmica se não dá pra escutar em ambientes ruidosos.
P. Herrera
"Mesmo com taxa alta de reprodução, áudio de alta qualidade não é livre de compressão."Digo sempre: Nada pode concorrer com a mídia física quando o assunto é qualidade. Sempre haverá compactação no streaming ou pelo menos até q todo mundo tenha uma conexão de 1Gbps em casa. HahahaMas só de sair dos atuais 384 Kbps para 640 Kbps já é um bom avanço. Vai se igualar ao Prime que até então, tinha a melhor qualidade de áudio disponível em streaming.Sobre o Atmos "lite": Claro que seria compactado, pois fazer streaming de um arquivo de 3-6 GB, 7.1,~6000 Kbps seria complicado(média do Atmos REAL no Bluray).
uB.
Sim, ele mantém o último uso, mas vira em mexe tenho q mudar de acordo com quem tá assistindo comigo e tal e é bem chato! =(
uB.
Experiência de uso da Amazon Prime é tenebrosa! Netflix tá em no futuro se comparado ao Amazon
Adriano Garcez
O app da Amazon para a TV Samsung é muito zoado. 2019 e ainda pedem pra usar os botões coloridos. Péssima interface.
wuhkuh
É baseado em como você assiste sempre, o meu sempre começa em inglês porque na maioria das vezes eu vejo legendado
Jairo ☠️
Gostei , passou da hora em introduzirem está funcao.
Vegeta humilde
Já fez o msm processo na amazon prime? Acredite, a da netflix é ótima
Jacques
Perto da porcaria de 128 e 192kbps que eles usavam antes, é um passo já!
uB.
Eu queria uma forma mais fácil de alternar entre dublado e legendado. É muito trampo:ir nas config e passar por umas 5 línguas pra ligar/desligar legenda e depois repetir o processo pro áudio, só que aqui é pior: alemão, alemão 5.1, espanhol, espanhol 5.1, francês, francês 5.1, etc, etc 5.1.... tem q dar uns 10 toques no controle.O áudio original e o nosso idioma devia ser sempre as primeiras opções da lista.
Adriano Garcez
E eu achando que era só impressão minha que o áudio por vezes ficava "magro" em uma série. Achava que era culpa da produção. Que vacilo da Netflix. Demoraram muito para corrigir isso.