Início » Internet » Google permite apagar histórico da web e localização automaticamente

Google permite apagar histórico da web e localização automaticamente

Google guarda histórico detalhado de sua atividade e localização; novo recurso exclui itens mais antigos que 3 ou 18 meses

Por
01/05/2019 às 15h54

O Google guarda um histórico detalhado de sua atividade na web e em apps, além de sua localização, armazenando mais de uma década de dados em alguns casos. Você poderá deixar a empresa saber um pouco menos sobre sua vida com o recurso “excluir automaticamente”: ele apaga itens mais antigos que 3 ou 18 meses.

Você terá três opções para seu histórico do Google: excluir automaticamente itens mais antigos que 3 meses; apagar itens anteriores a 18 meses; ou manter tudo até que você delete manualmente. O botão “excluir automaticamente” vai aparecer em breve para todos os usuários na página Minha Atividade do Google.

Isso inclui sua atividade na web e de apps, além de seu histórico de localização (se estiver ativo). O Google coleta esses dados se você estiver logado no navegador em qualquer um de seus serviços, como Gmail ou Drive.

Os dados mais antigos serão automaticamente excluídos de sua conta de forma contínua. Ou seja, se você escolher hoje a opção “3 meses”, os itens anteriores a 1º de fevereiro serão apagados. Amanhã, serão deletados os itens de 2 de fevereiro; depois de amanhã, os itens de 3 de fevereiro; e assim por diante.

Já era possível apagar todo o histórico do Google, ou mesmo desativar a coleta desses dados, mas a empresa avisa que isso “pode limitar ou desativar experiências mais personalizadas… por exemplo, você pode deixar de ver resultados da pesquisa mais relevantes ou recomendações sobre lugares do seu interesse”.

Agora, em vez de escolher entre tudo ou nada, você pode apagar dados mais antigos que 3 ou 18 meses. É um meio-termo entre fornecer informações pessoais ao Google sem manter anos e anos de sua atividade na internet.

O recurso “excluir automaticamente” será lançado nas próximas semanas para apagar a atividade na web e de apps, além do histórico de localização.

Google rastreia localização com histórico desativado

O Google se envolveu em algumas controvérsias no passado por suas práticas de coleta de dados: por exemplo, a empresa rastreia você mesmo com o histórico de localização desativado. Ela não deixou de fazer isso, mas atualizou seu artigo de ajuda para explicar que “os dados de local poderão ser salvos como parte da atividade na Pesquisa e no Google Maps quando a configuração Atividade na Web e de apps estiver ativada”.

Em 2017, o Google também passou a coletar a localização do Android mesmo com o GPS desativado. Isso ocorre devido ao serviço Firebase Cloud Messaging, que coleta dados sobre antenas de celular próximas. A empresa prometeu interromper o envio dessas informações.

Mais sobre: ,