Início » Aplicativos e Software » Windows 10 vai ganhar kernel Linux mais completo

Windows 10 vai ganhar kernel Linux mais completo

Windows 10 terá versão mais atual do Linux graças ao WSL2, compatível com Ubuntu, Debian, Fedora e outras distribuições

Felipe Ventura Por

O Windows 10 vai ganhar uma versão mais completa e atual do kernel Linux para acelerar o desempenho e reduzir o consumo de memória: o WSL2 (Subsistema do Windows para Linux 2) será liberado para testes em junho e poderá ser usado com praticamente qualquer distribuição do sistema, incluindo Ubuntu, Debian e Fedora.

Vem mais por aí

Como explica o Ars Technica, a Microsoft atualmente usa um kernel próprio que traduz as APIs do Linux para APIs do Windows. Isso impede os desenvolvedores de usarem drivers do Linux, em particular drivers de sistema de arquivos.

Além disso, o desempenho na escrita e leitura de dados é até 20 vezes mais lento que no kernel Linux real, porque o sistema de arquivos é uma camada por cima do NTFS do Windows.

Windows 10 terá kernel Linux com suporte de longo prazo

Tudo isso vai mudar com o WSL2: ele vai rodar um kernel Linux em uma máquina virtual que consome poucos recursos. O núcleo do sistema será adaptado para funcionar no Windows, oferecendo inicialização mais rápida e suporte reduzido a hardware (porque isso ficará a cargo do próprio Windows).

Como o kernel Linux é publicado sob a licença de código aberto GNU GPL (General Public License), a Microsoft é obrigada a publicar quaisquer mudanças feitas no código, e ela fará exatamente isso. Todos os patches e modificações que ela realizar no kernel serão disponibilizadas ao público também sob a licença GPL.

Assim como antes, o Windows 10 dará apenas a base para que o desenvolvedor instale sua distribuição Linux preferida através da Microsoft Store: há a opção do Ubuntu, OpenSUSE, SLES (SUSE Linux Enterprise Server), Kali e Debian. Também é possível usar uma ferramenta para instalar outras variantes.

O WSL2 será inicialmente baseado no kernel 4.19, versão estável mais recente do Linux com suporte de longo prazo, ou LTS. (Já existem as versões 5.0 e 5.1, mas elas devem receber suporte por menos de um ano.) O plano da Microsoft é sempre atualizar seu subsistema Linux para a versão LTS mais recente e com mais novidades.

A primeira prévia do WSL2 deve ser lançada em junho para usuários no programa Insider do Windows 10.

Com informações: Microsoft, Ars Technica.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Luizão

a nvidia tem um driver proprietário para linux que não é GPL (por isso, não é incluído por padrão nas distribuições), não tem código aberto, e mesmo assim não presta.

‎Michael

Creio que a Nvidia nunca fará um driver que preste por causa da licença GNU/GPL, o que a obrigaria a tornar o código Open Source

Como o kernel Linux é publicado sob a licença de código aberto GNU GPL (General Public License), a Microsoft é obrigada a publicar quaisquer
mudanças feitas no código, e ela fará exatamente isso.
VaGNaroK Alkimist

Nossa que argumento, para pensar em algo tão raso assim como "drogas" deve ser por que não tem mais criatividade para pensar em algo melhor, tem certeza que sou eu que estou usando drogas? Maconha acaba com a criatividade e Diminuição da atenção e concentração que é seu caso pelo visto.

Reginaldo Farias

Pare de usar drogas.

Reginaldo Farias

Que droga você fumou?

Reginaldo Farias

Na sua terra.

Keviny Oliveira

É como um antigo lema se não pode vencer-lo junte se a eles, certamente Satyra percebeu que focar alg

Keviny Oliveira

Depois de ler bastante acabei compreendendo que isso vai funcionar mais próximo de uma vm do que com um tradutor de chamadas como wine faz, mas de qualquer jeito o que importa é que ele vai funcionar com melhor.

Keviny Oliveira

Eu não sei de qual distro Linux e que interface você estar falando, Deepin, KDE e Cinnamon são interfaces que representam beleza e fluidez, mas pode ser que você esteja falando do LXQT ou XFCE (que por sinal dá para deixar bonito), Esses problemas de drivers que você deve ter são recorrentes ao Xorg, e se tiver usando o Gnome é só trocar para o wayland que isso não acontecerá.

VaGNaroK Alkimist

Usar um software de código aberto para qualquer propósito sem fechar o código é uma coisa. Agora copiar a aparência é outra... ou não tem grana para pagar um design, ou quer economizar nele, ou preguiça de pensar em uma aparência. só me vem esses 3 exemplo em mente para poder copiar algo de outra empresa ou instituição.

Sidney Moraes

Mas está escrito em algum lugar que não pode? Se é open source, qualquer um pode usar para qualquer objetivo.

Felipe Liʍa

pq a surpresa? em breve o proprio WIN10 se tornara uma distro linux :)

VaGNaroK Alkimist

É exatamente isso, finalmente uma pessoa que vejo e sabe o que fala.

VaGNaroK Alkimist

Design de interface KDE Plasma no windows 10 é um dos exemplos.

Marsupial radical

Um dos principais motivos é tu não precisar ter dois sistemas instalados, ter que ficar reinicializando pra trocar... Como pessoal já falou, pra dev é extremamente útil e te poupa de perder tempo resolvendo problema com drivers genéricos que não funcionam direito.

Exibir mais comentários