Início » Celular » Samsung vai cancelar pedidos não-confirmados do Galaxy Fold até 31 de maio

Samsung vai cancelar pedidos não-confirmados do Galaxy Fold até 31 de maio

Galaxy Fold ainda não tem data prevista para lançamento; celular dobrável tem problemas na tela e é "assustadoramente frágil"

Felipe Ventura Por

A Samsung enviou um e-mail aos clientes que fizeram reserva do Galaxy Fold, avisando que ainda não há data prevista para o lançamento do celular dobrável, e que eles precisam confirmar o pedido para que ele não seja cancelado automaticamente até o dia 31 de maio. Várias unidades tiveram problemas na tela, e o smartphone foi considerado "assustadoramente frágil" pelo iFixit.

Em comunicado à Reuters, a Samsung explica que, devido às regras dos EUA, a empresa é obrigada a notificar os clientes de que as reservas serão canceladas caso o produto não seja enviado até 31 de maio.

A FTC (Comissão Federal de Comércio) estabeleceu em 2014 a "regra dos 30 dias" para compras online nos EUA: se a empresa receber um pedido e descobrir que não poderá cumprir o prazo, ou que não poderá entregá-lo em até 30 dias, ela precisa obter permissão do cliente para atrasar a entrega. Caso contrário, o pedido deverá ser cancelado com reembolso total.

O Galaxy Fold custa US$ 1.980, mas a Samsung ainda não cobrou esse valor de quem fez reserva. Por isso, ela não precisará emitir nenhum reembolso, mas terá que cancelar os pedidos de quem não fizer a confirmação.

Samsung ainda não pode confirmar data de lançamento

No e-mail aos clientes, a Samsung diz que está "progredindo em melhorar o Galaxy Fold", mas avisa: "ainda não podemos confirmar a data prevista para o envio. Vamos atualizar você com informações de envio mais específicas nas próximas semanas".

Para manter a reserva do Galaxy Fold, o cliente só precisa clicar no link do e-mail que diz "Sim, eu gostaria de confirmar meu pedido".

Samsung Galaxy Fold com defeito na tela; a película protetora não foi removida (foto por Todd Haselton/Twitter)

O lançamento do Galaxy Fold foi adiado por tempo indeterminado. Algumas unidades do celular dobrável foram distribuídas para jornalistas e youtubers. Alguns removeram o que parecia ser uma película protetora, danificando o display; outros notaram falhas após poucos dias de uso, mesmo mantendo a película.

O iFixit desmontou o Galaxy Fold e notou muitos pontos na dobradiça que permitem a entrada de poeira e outros detritos, mas não existe nenhum mecanismo interno para removê-los nem para proteger a tela OLED. A pedido da Samsung, o desmonte foi removido do site.

Com informações: Reuters, CNET.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Carlin
SIM, os dois conceitos "prontos" até agora, continuam sofrendo justamente em pontos críticos! Seja a falta de proteção no Fold ou o excesso de exposição da tela do Mate X.
Carlin
Parabéns Samsung, era melhor ter deixado claro que o Fold não passa de um protótipo funcional, diferente do que foi dito pela fabricante! Uma vergonha. Bom, já deu pra vê que na guerra do "vou lançar primeiro" a Samsung foi a primeira a passar vergonha!
Bom eu imagino que haverá películas pra isso.
Dispister
Esse celular fechado parece uma carteira de cigarros de puta luxuosa dos anos 90
Robert Rey
O conceito é mais legal mas vai ser maravilindo assistir uma tela de plástico relando dia após dia na mesa, no bolso, na bolsa/mochila e por aí vai.
Alem de que o conceito da Huawei com as telas pra fora é muito mais legal. Mas acho que ate ela depois desse problema com o Fold deve esta testando mais bravamente. Espero.
Total. Era uma baita novidade. Precisava ser muito bem testado antes. Nao era só um um novo galaxy da vida que mal mudaria algo nos testes, mas um novo conceito mecânico inclusive. Baita vacilo.É o desespero pra ser o primeiro e revolucionário.
Eduardo
Provavelmente iniciaram o sistema, tá funcionando manda pros clientes.
Lucas Blassioli
Como dito num podcast que acompanho: Vamos ver como vai ser o celular da Huawei, se ele chegar e funcionar, a Samsung vai lançar isso nem que seja numa capa de plastico que deixa ele com dois celular da Energizer de espessura.
Fabio Santos
No resumo pra evitar uma cagada como foi na era do Note 7, vamos evitar a venda, no meu ver este aparelho não chega ao consumidor final este ano.
José Vitor de Pinna
Assim com o Note 7, outro produto Samsung fadado ao fracasso
Jairo ☠️
Demonstra um amadorismo assustador por parte da Samsung
Andre Kittler
Quando eu menciono "será que não testaram isso antes de vender" em alguma coisa obvia de um produto que compro pessoas acham que não, que que estou exagerando, a falha que estou vendo é raridade, nenhuma empresa faria isso, sou azarado....