Início » Celular » WhatsApp deixará de rodar no Windows Phone e terá novo app no PC

WhatsApp deixará de rodar no Windows Phone e terá novo app no PC

WhatsApp perde suporte no Windows Phone 8.1 e Windows 10 Mobile em 31 de dezembro de 2019, mas deve ganhar app universal

Por
08/05/2019 às 10h14

O WhatsApp atualizou sua lista de dispositivos suportados para avisar que o aplicativo do Windows Phone 8.1 e Windows 10 Mobile deixará de funcionar em 31 de dezembro de 2019, encerrando o suporte à plataforma móvel da Microsoft. No entanto, a empresa estaria preparando um app universal para PCs com Windows 10.

Em seu blog oficial, o WhatsApp alerta que “todos os sistemas operacionais Windows Phone” perderão suporte em 31 de dezembro de 2019. Isso engloba o Windows Phone 8.1 e Windows 10 Mobile, que ainda recebem atualizações do aplicativo.

Isso não é exatamente uma surpresa: a própria Microsoft encerrou suporte ao Windows Phone 8.1 em 2017 (!), e avisou que fará o mesmo com o Windows 10 Mobile em 10 de dezembro de 2019. “Recomendamos que os clientes mudem para um dispositivo Android ou iOS”, diz a empresa. Facebook, Instagram e Messenger já descontinuaram seus aplicativos para as duas plataformas.

O WhatsApp também deixará de funcionar em celulares com Android 2.3.7 Gingerbread e anteriores, e em iPhones com iOS 7 e anteriores; a data limite é 1º de fevereiro de 2020. Ele já perdeu suporte no Symbian S60, Nokia S40 e BlackBerry OS.

WhatsApp deve ganhar novo aplicativo para Windows

Parece que o WhatsApp tem planos de um novo aplicativo para PCs com Windows 10. O WABetaInfo diz que a empresa está trabalhando em uma versão UWP a ser lançada até o final deste ano.

A UWP é uma plataforma universal pensada para aplicativos da Microsoft Store que podem rodar em computadores, celulares, Xbox e HoloLens. No entanto, nem todo aplicativo UWP é compatível com todas essas plataformas; isso cabe ao desenvolvedor.

Sim, o WhatsApp Desktop já está disponível para download na Microsoft Store há mais de um ano. No entanto, ele não usa a UWP: trata-se de uma versão adaptada do programa Win32 tradicional (mesmo caso do Apple iTunes e Spotify). O cliente desktop é basicamente o WhatsApp Web rodando em uma instância própria do Chrome.

Esse rumor faz algum sentido: não espero ver o WhatsApp rodando de forma independente no PC, mas ele poderia ganhar uma integração maior com o Windows, como notificações e blocos dinâmicos. Além disso, o Facebook anunciou que vai lançar uma versão nativa do Messenger para Windows e macOS; eles poderiam aplicar o mesmo esforço para o WhatsApp também.

Com informações: Mobile Time.