Início » Brasil » Motoristas da Uber no Brasil fazem manifestação por aumento de tarifas

Motoristas da Uber no Brasil fazem manifestação por aumento de tarifas

Além da Uber, protestos são direcionados a 99, Cabify, Wappa e Lady Driver; motoristas também pedem mais segurança

Victor Hugo Silva Por

Os motoristas de aplicativos como a Uber convocaram para esta quarta-feira (8) paralisações em vários países em protesto por um reajuste no valor das corridas. A manifestação também envolve atos em algumas cidades.

Em São Paulo, por exemplo, os motoristas se reuníram no Vale do Anhangabaú, no centro da cidade. As reclamações foram direcionadas especialmente à Uber, mas também houve críticas a 99, Cabify, Wappa e Ladydriver.

Motoristas de aplicativos se reúnem no Vale do Anhangabaú (Foto: Victor Hugo Silva/Tecnoblog)

Motoristas de aplicativos se reuníram no Vale do Anhangabaú (Foto: Victor Hugo Silva/Tecnoblog)

Os motoristas pedem o aumento no valor das tarifas e a redução das taxas cobradas pelas plataformas, à medida em que custos com combustível, por exemplo, aumentam. Eles também defendem a criação de mecanismos que ofereçam mais segurança àqueles que estão dirigindo.

Segundo o UOL, o grupo pede um reajuste de R$ 2 sobre a tarifa básica paga pelos passageiros da Uber e um aumento no valor do quilômetro rodado. Há, ainda, um pedido de redução de 15% a 20% na taxa cobrada pela plataforma e um cadastro mais rigoroso para passageiros.

A paralisação foi divulgada principalmente em WhatsApp, Telegram e Facebook tanto por grupos organizados, como a Associação dos Motoristas de Aplicativo de São Paulo (Amasp), quanto por motoristas em ação individual.

A categoria propõe que todos desliguem o aplicativo entre 0h e 23h59 desta quarta em estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Tocantins, Pernambuco, Espírito Santo e Bahia. No entanto, como nem todos os motoristas participam de associações, é provável que muitos não fiquem sabendo da manifestação.

Manifestação de motoristas brasileiros é direcionada a Uber, 99, Cabify, Wappa e Lady Driver (Foto: Victor Hugo Silva/Tecnoblog)

Manifestação no Brasil é voltada a Uber, 99, Cabify, Wappa e Lady Driver (Foto: Victor Hugo Silva/Tecnoblog)

Protesto vem antes de estreia do Uber na bolsa de valores

Este é mais um movimento em protesto às condições de trabalho dos motoristas de aplicativos. Ele ocorre dias antes da abertura de capital da Uber na Bolsa de Valores, prevista para sexta-feira (10).

A empresa espera levantar US$ 10 bilhões com sua oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), o que a faria atingir o valor de marcado de US$ 84 bilhões. Os motoristas criticam o fato de suas condições de trabalho não melhorarem, ainda que a empresa registre crescimento.

Nos Estados Unidos, motoristas de cidades como Nova York, São Francisco, Los Angeles e Chicago também realizaram manifestações. Assim como no Brasil, a intenção é reivindicar por maiores ganhos com as corridas.

Procurada pelo Tecnoblog, a Uber afirmou que, por se tratar de um movimento descentralizado, ainda não tem um posicionamento sobre a paralisação. Atualizaremos este post caso a companhia volte a se manifestar.

Em São Paulo, motoristas estacionaram carros antes de realizarem caravana (Foto: Victor Hugo Silva/Tecnoblog)

Em São Paulo, motoristas estacionaram carros antes de realizarem caravana (Foto: Victor Hugo Silva/Tecnoblog)

Com informações: Folha de S.Paulo, InfoMoney.

Mais sobre: , , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

William Pimentel Mendonca Mend
ESTAMOS REVINDICANDO MAIS SEGURANÇA E REAJUSTE NAS TAXAS, POR QUE NÃO! VCS QUE USAM O APLICATIVO, NÃO SABEM OS RISCOS QUE CORREMOS AO LEVAR E BUSCAR PASSAGEIROS EM CASA.TEMOS CUSTO COM MANUTENÇÃO, COMBUSTÍVEL EM ENTRE OUTRAS. NÃO E FÁCIL. VCS DEVERIAM NOS APOIAR E NÃO CRITICAR!!!
Guilherme
O problema aqui é que não dá pra gente achar que as cidades comportam um crescimento constante de pessoas dirigindo para Uber, 99 e afins. É dever do poder público regulamentar, no mínimo, a quantidade máxima de carros de aluguel circulando, já que isso afeta o sistema de transporte como um todo.
™™
Se você fizer isso você está usando o estado pra limitar outras pessoas que moram na área e aceitariam fazer o serviço por um valor menor, dessa forma o consumidor final pagaria mais porque atingiu o limite de motoristas e ai os preços poderiam subir, já que não teria concorrência mais porque já atingiu o teto.Se o preço está baixo então o limite será natural, pelo próprio indivíduo que não se submeterá a um preço baixo, não precisa o estado ( ou a empresa ) colocar limite pra outras pessoas não entrarem, imagina se começarem a fazer isso com todos os serviços? todos os setores com livre concorrência e várias empresas? teríamos preços "baixos" em tudo, mas sempre alguém de determinada categoria quer se proteger de alguma forma, através de pressão e etc.. Mas ainda bem que essa mentalidade está mudando aos poucos.
™™
Complementando, é exatamente pelo fato de ninguém ser bom samaritano que a balança tem que ser invertida, um exemplo a profissão de médico, você acha que hospitais particulares - ou públicos - pagam um bom salário aos médicos pq são bonzinhos? É porque tem pouca mão de obra neste caso. Então bora aumentar a demanda por mão de obra abrindo mais o mercado, e desregulamentando mais e mais, quem quiser se manifestar, tudo bem.
™™
Eu entendo seu ponto de vista e concordo com ele, mas provavelmente a empresa não vai querer mexer em nada porque tem muita demanda ( desempregados ), então te digo, o que é melhor? Abrir bem o mercado pra outras empresas de aplicativos pequenas entrarem ( na minha cidade já tem uma local bom bastante clientes), ou regular pra ficar apenas 2 ou 3 empresas e nenhuma mais conseguir se estabelecer?Eu entendo que todos nós queremos boas condições e um bom salário, mas o começo é assim, tem que ir melhorando as coisas aos poucos, já pensaram o que seria caso o congresso tivesse aprovado uma lei que proibisse aplicativos pra "proteger os taxistas"? A manifestação é legítima, é direito constitucional, mas não significa que será acatado.Mais aplicativos, e mais livre mercado em todos os ramos vai trazer mais concorrência por mão de obra - que não é uma coisa infinita - mas tudo é aos poucos, tem um vídeo bom explicando meu ponto de vista, quem se interessar assista:https://www.youtube.com/wat...
K. Alice
não é essa a questão, desde q os apps chegaram no Brasil eles nunca reajustaram o preço, o custo de vida todo sobe, não é só a gasolina.
Diego F. Duarte
E o tal q eu sempre falo: No papel e tudo bonito, mas na vida real e bem diferente. A galera teima em nao entender isso
MeninãoBOBO
Eles estão reclamando dos aplicativos, mas esquecem que o aplicativo é o parceiro facilitador do negócio, se querem ganhar mais, basta agregar valor ao serviço prestado. Oferece outros serviços para os passageiros, começa a vender água, wifi e por ai vai.
MeninãoBOBO
Os motoristas precisam entender que não são funcionários dos aplicativos e fazendo isso só os motoristas que não estão parados vão ganhar. Se os aplicativos fizerem algo estarão assumindo que essas pessoas são funcionários e juridicamente é péssimo. Resumindo os aplicativos vão ignorar e vida que segue.
Danillo Nunes
Eles não estão pedindo por regulamentação, então você enxerga que os pedidos deles só podem ser atendidos por regulamentação (because of reasons). Ou seja, não tem como ganhar, qualquer coisa que eles fizerem está errado.
Jhon
Concordo que não é emprego, mas acho que não tem problema protestar também. A Uber acata se achar interessante, o motorista continua no app se achar interessante, liberdade de escolha pros dois então sem problemas em algo assim.
Rafael Moreira
É mais barata, porém na Uber aparece mais corrida para o motorista devido a popularidade, afinal foi a primeira a chegar no Brasil. Neste caso acaba tendo um empate no final das contas. Aqui em Vitoria ES o lucro maior dos motoristas é na Uber.
Diego
Demanda eu não sei, mas a 99 e mais barata.
Diego
Basicamente querem transformar o Uber em taxi
Diego F. Duarte
o lance e q tem maluco q acredita q livre mercado e a empresa poder fazer TUDO, e vc nao pode sequer levantar a sugestao de negociar.Tem maluco p td nesse pais, o problema é q eles sao maioria
Fabio Santos
Toda disputa é sadia eu também vou com frequência para os EUA aonde Uber tem muita competição com táxi, metro e outros meios de transportes, porém não significa que Uber vai trazer problemas graves aos concorrentes, pois nem se 80% dos carros virarem Uber, vai suportar que o metro ou ônibus transporta.Mais eu acho sim que a competição deve ser próxima, a poucos sai da estação butanta aqui em SP para o hospital universitário de Uber ficou 8 reais, 99 daria 12 reais e ônibus ficaria 2,96 creio devido a integração dai num mercado competitivo você escolhe isto é ótimo.Eu em SP só ando hoje de carro nos finais de semana e olha lá.
JotaEle
Isso já é feito em Nova Iorque por obrigações legais. Como era previsto o trânsito estava pior por causa do grande número de motoristas.
Guilherme
Não disse que você citou, fui eu que citei. Porque você estava reclamando do preço, dizendo que não estava mais valendo a pena. O que eu quis dizer é que realmente não é "pra valer a pena", a não ser, talvez, em trajetos muito curtos. Mas são todos cenários que precisam ser analisados com muito cuidado e levando em consideração não só o interesse da empresa Uber e do passageiro Fábio, mas de toda a sociedade, já que o que a gente faz influencia as outras pessoas. Afinal de contas, é um serviço que também influencia severamente todo o sistema de transporte público. Sobre o seu caso, eu entendo que é mais confortável ir de carro, mas esse conforto precisa ter um preço em relação ao sistema como um todo. Levar três pessoas num carro deveria, na teoria, custar sensivelmente mais caro que levar três pessoas num metrô. Eu entendo que parece estranho, já que todo mundo deveria poder andar confortavelmente. Mas o problema tá no metrô: se ele fosse mais confortável, mais seguro etc, talvez você nem cogitasse usar o carro via Uber. É o que acontece em países que têm bons sistemas de transporte. Não sei como isso se daria na prática sem que fosse preciso uma pesada regulamentação (que nem acho que seria necessária), mas só quis "expandir" um pouco o debate, até porque eu vivo isso na cidade que eu moro, Curitiba.
Fabio Santos
Na prática é mais barato até você analisar usar exemplo em duas pessoas ou mais o Uber, quando não posso levar minhas filhas pra escola prefiro agendar um Uber e ambas irem no conforto a pegar ônibus e pagar 3 reais a menos.Nunca citei que Uber deveria ser mais barato.
Guilherme
Você já parou para pensar que o transporte coletivo, na teoria, TEM de ser mais barato que o transporte individual, se não as pessoas simplesmente só vão querer usar carro e vão transformar a cidade num inferno (o que já acontece em muitos lugares)?
Guilherme
Tem uma contradição gigante na tua reclamação. Em nenhuma dessas reivindicações seria necessária uma regulamentação estatal. Livre mercado (para quem acredita nele) significa que empresas, fornecedores, trabalhadores e clientes poderiam negociar livremente as condições de prestação dos serviços, do trabalho e de compra/venda de produtos. Se você olhar pelo lado do livre mercado, o que os motoristas estão fazendo é simplesmente exercer o seu direito de negociar as condições que eles acham mais justas na relação comercial que eles têm com a Uber. Mas você mesmo admite que só sendo um bom samaritano para a Uber dar melhores condições no negócio para os motoristas; ou seja, você admite que existe uma relação de barganha bem desigual nessa balança. É por isso que as pessoas dizem que o tal livre mercado, na prática, simplesmente não funciona. Vira um "manda quem pode, obedece quem tem juízo".
Guilherme
Entre o "propósito" e o uso de fato existe uma longa história. Se a Uber não quisesse que os motoristas utilizassem a plataforma como uma forma de trabalho em tempo integral, então eles poderiam simplesmente limitar a quantidade de horas por dias, ou de corridas por dia. Mas é óbvio que eles não têm interesse nisso, já que o ganho que a Uber tem vem justamente da quantidade de corridas -- os motoristas até são incentivados a trabalhar mais, porque podem ganhar bônus! Dizer que o povo "só pensa no dinheiro" é ignorar que esses apps (Uber, 99, Cabiby, Rappi etc) se tornaram uma opção de trabalho para muitas pessoas não porque elas gostam e querem ter controle sobre quando trabalham, mas porque elas simplesmente estão desempregadas e precisam pagar as contas, e se tornar autônomo é a única opção que elas conseguem de forma rápida. O que era para ser um bico eventual se torna trabalho de 10, 12 horas por dia, já que as corridas são baratas e a empresa suga uma fatia considerável do lucro do motorista, que é quem de fato faz a plataforma funcionar. Qual o problema de reivindicar uma melhor participação no negócio?
Guilherme
Jogar um "não tá satisfeiro? procure outro" é ignorar que as pessoas estão se uberizando simplesmente porque não têm empregos decentes para si. Isso é sintomático de um país com 13 milhões de desempregados, uma crise que atinge de forma muito desigual as diferentes áreas do mercado de trabalho. O que tem de engenheiro civil trabalhando de Uber porque não consegue emprego na área... É um comentário, portanto, insensível e ignorante da realidade do Brasil em 2019. Além do mais, sem motoristas a Uber não existe, simples assim. Eles são parte fundamental do negócio e têm direito de reivindicarem melhores retornos financeiros.
Gabriel Ghefter
O 99 antes cobrava 16,99% e atualmente cobra 12,5%.
Antony
Eu não uso uber, nunca usei. Na Paulista provavelmente tá legal, mas com certeza tem vários outros locais onde não é tão simples. Poderia haver um limite de acordo com a área, se uma área está cheia, o motorista se desloca a outro ponto. Mas é uma ideia somente
™™
Amigo, olha as reivindicações dos motoristas, é exatamente exigências que não serão feitas se não for por uma regulamentação, neste link tem todas as exigências deles:Aumento no valor por km cobrado do passageiro Aumento na taxa mínima cobrada do passageiro para no mínimo R$ 10 Saber o destino do passageiro antes (99 já faz isso) Preço adicional por km para passageiros adicionais no carro Recadastro do passageiro com foto e verificação do documento Reajuste automático conforme reajuste de combustível Em caso de banimento da plataforma, direito à ampla defesa do motorista Diminuir o tempo de esperar pelo passageiro na Uber de 5 minutos para 3 minutos Taxa adicional em corridas de madrugada.E como fazer isso sem usar o estado pra regulamentar? sendo bom samaritano ninguém vai fazer isso... apenas isso que quis dizer.
Baio-kun
O governo teria que subsidiar bastante a gasolina se fosse pra cortar o preço pela metade. Por mais que brasileiro goste de reclamar, a gasolina no Brasil não é tão cara assim, ainda mais se considerar o tanto de imposto incluido. Petrobras regula os preços deles comparando com o mercado internacional.
GilBMP
É muita folga desse pessoal. Até pouco tempo, esse tipo de aplicativo nem existia. Agora querem que sejam tratados como trabalhadores. Um trabalho que você faz a hora que quiser quando quiser com o veículo que é seu. Uber não é o seu patrão, é um parceiro comercial. Um meio que tornou infinitamente mais fácil e simples o encontro do consumidor com o prestador de serviço. Tá achando ruim? Arranja outro meio de ganhar a vida ou para de reclamar. Quem manda no mercado não é a empresa nem o empregado, sim o consumidor.
Rod
Empregando *
Keaton
Aqui, Curitiba, tem muita corrida que eu fiz ida e volta e saiu mais em conta que pegar 2 onibus pra ir e voltar... Sei lá, ainda que goste do preço do Uber (não sou rico, né), ainda acho que é um tanto baixo pro pessoal que dirige. Ao MEU ver, se aumentasse um pouco, não seria tão ruim pro consumidor e ainda ajudaria o pessoal que trabalha lá.
LemmiNoW
exatamente, o uber não é um emprego fixo, como um funcionário CLT, mas eles querem exigir direitos de tal, sinceramente eu não entendo.
Danillo Nunes
Você é literalmente a ÚNICA pessoa nessa página inteira que está falando sobre regulamentar https://uploads.disquscdn.c... .
ochateador
Tem país com gasolina a 7 reais o litro (aqui na minha cidade é R$ 4,299 o litro).Estamos com bastante lucro....
doorspaulo
Quando vou pra Curitiba, é comum ter tarifa próximo a bares, depois das 00:00.Em Maringá também, pega ali a avenida que tem a maior parte dos bares, que vai ter dinâmica.
ochateador
É só não trabalhar se não concorda com as regras...
Epic Mac Fadden - ODZ -
Old story....
João
Isso não vai dar pra barrar, tipo os robôs nas fábricas que existem hoje (as mãos mecânicas).
João
?Eu não sabia que o povo ganhava dinheiro dando carona no windows.
Rafael Moreira
É só não falar para o motorista sobre o destino final, pois o único jeito de saber é pela troca de mensagens, já que o aplicativo não mostra o destino do passageiro antes do embarque. Tinha alguns motoristas que descobria usando o modo avião, mais a Uber já corrigiu essa questão.Para resolver isso é muito simples, só aplicar a política de cancelamento da 99 Pop. Ali se o motorista cancelar 3x no dia toma um block, se continuar é cortado. Já na Uber nem nem sempre esse negócio de aceitação funciona. Já vi relatos de motoristas que teve um índice ruim e continuou rodando.Agora escolher corrida acho besteira, só concordo com o cancelamento quando é muito longe mesmo coisa de 110km.
Jonas S. Marques
Na real a melhor forma de otimizar o serviço é aumentar o valor da nota de corte.Assim motoristas piores saem e dão espaço a motoristas melhores.
Jonas S. Marques
Isso não tem nada haver.Uma série de motoristas cancelam a viagem ou quando é curta demais, ou quando é longa demais, ou quando o destino não lhes é do agrado ou quando qualquer coisa na corrida não lhes é de agrado.Já tive que pedir Uber pra casal de amigos meus que são cegos e que estavam com criança de colo em plena avenida paulista por que sempre que os motoristas viam que se tratava de pessoas cegas e com criança de colo iam embora.O serviço piorou vertiginosamente e bem menos do que parece a esse respeito é culpa de assalto a motoristas.
Rafael Moreira
A proposta do aplicativo é ser um complemento da renda, e não um emprego fixo. Mais devido o alto índice de desemprego no país, acabou virando um emprego fixo para algumas pessoas. Aí surge varias questões, a primeira é que a pessoa entra na plataforma e ganha o dinheiro semanal e acha que está rico e não quer sair mais. A segunda questão é a pessoa que larga o emprego de carteira assinada, para trabalhar no app.Nem tudo são flores, é evidente que um dia o preço do combustível iria subir, o serviço ficaria saturado com a entrada de muitos motoristas. A empresa em si não tem culpa sobre isso tudo. O que ela precisa fazer é propor soluções para melhorar a segurança tanto para o motorista como para o passageiro. E rever as questões da política de cancelamento da viagem. Sobre a taxa cobrada de 25% ao motorista, se não estiver satisfeito é só acabar com a parceria. Em outros app como a 99 a taxa é de 16% mais tem pouca demanda como dizem por aí, sendo assim fica no 0x0.
Rafael Moreira
Cara se eu morasse em São Paulo só iria utilizar metro. Só uso Uber para saídas noturnas. No dia a dia é transporte público.
johndoe1981
Sim, tem que haver segurança para as duas partes. Tanto que sou contra pagamento em dinheiro, pois é chamariz de assaltante.
O Gigante Acordou
O maior problema que os motoristas enfrentam para se ter uma Greve geral é a crise do desemprego pois isso contribui para que milhares de motoristas que antes trabalhavam ganhando 1 salario minimo em suas funções de faxineiro, ajudante de pedreiro, porteiros. Na maioria nunca receberam mais que 1.500,00 e quando começaram a ganhar por semana 700, 900 Reais(bruto).Pensam nossa estou rico!!! Estão sendo explorados trabalho escravo arrebenntando o carro, ou trabalhando pra pagar aluguel do carro e combustivel e dizem de peito cheio ganho bem na Uber eu sou meu patrão Kkk seu patrão é a Uber ! Bilhonaria explorando você!
SãoPauloNaFita
Se vc fode com o "PREÇO" ele te fode de volta.Exemplo: A Dilma baixou o preço da energia elétrica na canetada em ano de eleição e causou um rombo bilionário (62 bilhões de reais)No ano seguinte após ser reeleita a anta teve que pedir um aumento de 58% na conta do povo para poder pagar a dívida feita por ela.
™™
Deixa eu entender?O uber nasceu justamente de um livre mercado, e sem regulação para atrair preços baixos para o usuário final e assim desenvolver a economia ( pena que não aconteceu com tudo e vai demorar décadas, talvez nunca no brasil).E agora esses mesmos caras querem REGULAMENTAR? usar o estado pra regulamentar ? me ajuda ai. Tem que desregulamentar MAIS serviços e setores, pra ter preço baixo em tudo, e não fazer o inverso.
Rafael Moreira
Assim como tem que aumentar a segurança para o passageiro, também precisa aumenta-la para o motorista. A única alternativa para o motorista é avaliar a nota do passageiro antes de aceitar a corrida, já que o aplicativo não mostra o destino antes de iniciar a viagem. Tirando isso, outras coisas precisa ser avaliadas como você relatou.
Rafael Moreira
Cancelamento da corrida tem a haver com a nota do passageiro. Como a Uber não oferece muitas condições de segurança, os motoristas se baseia pela nota antes de aceitar a corrida.
Fabio Santos
Se o Uber subir mais eu vou parar de usar ultimamente tenho pego bastante na região da paulista até meu consultório, na média era 8 reais agora já são 12 reais e se subir mais vou começar ir de metro.
Epic Mac Fadden - ODZ -
Uber é o novo Windows?dsclp, não resisti....
Rafael Moreira
Uber é um complemento de renda. Mais devido a alta do desemprego, acaba virando um trabalho fixo.
Douglas B
O problema é que a galera, em meio às crise, enxergou o Uber como seu emprego. Uber NÃO É EMPREGO. Eu não estava lá, mas acredito que o propósito de quem criou o app fosse de a pessoa dar carona e cobrir seus gastos, e não de ganhar um salário. Até em ação trabalhista a galera já colocou a empresa! Povo não sabe diferenciar as coisas, não sabe analisar o princípio de nada. Só pensa no dinheiro.Eu entendo que o desemprego fez do serviço um ganha pão, mas a Uber e os usuários não tem culpa disso...A única coisa que concordo no protesto é a tarifa da Uber, acho 25% muito. A 99 cobra 19%, se não me engano. E eu acho que o ideal seria uns 15%.
Rookie naz
O problema é encontrar emprego.......Por um lado não tiro a razão dos protestos, por outro a qualidade deu uma caída(haja cancelamento de corrida).
Henrique Dias
Vai ser um lobby pesado para os políticos barrarem... Mas falando no assunto, automação e inteligência artificial irão causar mais impacto econômico do que a revolução industrial ou o advento da Internet juntos....
Eduardo Braga
Eu também penso dessa forma, mas já transcendeu a ideia inicial do serviço. O pessoal entendeu errado a proposta, mas agora é o que é...
Julian Albretch ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ
eu pago $3,12 no galão (aprox 3.75L)
Tec News
Pro Brasil ficar competitivo precisa fazer as reformas...não adianta reclamar e ser contra as reformas.
Kazz
Eu só fico imaginando a bagunça que os motoristas de app vão arrumar quando os carros autônomos começarem a rodar em larga escala.
Luiz Fernando
Isso que dá querer fazer do Uber um emprego, e nem adianta chorar pq ninguém é obrigado a seguir com isso
Trovalds
Os custos no BR são bem maiores que noutros países pra manter um veículo. A título de exemplo: a gasolina nos EUA custa aproximadamente R$ 2,50 o litro, enquanto aqui custa quase R$ 5. Isso que a gasolina mais porcaria deles é melhor que a nossa. Daí inclua todos os outros custos na conta e etc.Não tô falando que por lá você vira rei dirigindo Uber mas pra efeito de comparação se um gringo trabalhar o mesmo tempo que um BR ele tira um pouco mais no fim das contas.
Gabriel Castro
Mas pelo q sei, o Uber n contratou eles, n estão satisfeitos só sair fora, simples, falavam mal de taxista quando reclamava de uber agora estão putinhos tbm
brunocabral
É no mundo todo filho
Trovalds
Bem cara de BraZil mesmo.
JK
Tu quer quebrar qualquer canhoto sobre preço é só citar os apps de transporte como exemplo kkkkkkkkkk sem a burocracia estatal os preços nunca foram tão baixos.
Gragas
meu amigo,se o preço da gasolina fosse metade do que é hoje esse problema era resolvido fácil, desregular o setor petrolífero aqui e deixar a concorrência entrar. questões de segurança aí é mais complicado com certeza, mas isso também é uma coisa relacionada tanto com a localidade em que o motorista trabalha quanto com as nossas leis.
johndoe1981
Concordo com você, o Uber tinha que tomar medidas pra inibir esses abusos por parte dos motoristas.
Jayson Silva
Isso é exatamente o que as prefeituras fazem com Taxis.
Rodrigo Lins
Mas você acha que isso não é culpa da Uber?Pra mim isso é tudo culpa da Uber. Já tomei o golpe da taxa de limpeza e fiquei indignado. Pedi pra Uber me mandar as provas que o motorista tinha enviado a eles, ou perguntado quais eram. Simplesmente me disseram que não poderiam atender minha solicitação.Pilantras haverão em todos os lugares, mas se a Uber não fizer nada em relação a isso, a culpa é deles. O App é deles, o serviço e deles, nosso dinheiro vai para eles,
 david
aqui na Paulista tá de boas, mano nao gostou sai fora do app, não adianta chorar
Diego F. Duarte
Acho q e direito dos caras reclamarem, com certeza. De fato eles ganham muito pouco pelo serviço q prestam, só que começaram errado... Isso tá com cara daqueles movimentos de grupos oportunistas que querem ganhar visibilidade.Já tô vendo ano q vem um monte de "lider do movimento dos apps" saindo a vereador e prefeito ano q vem. Tá errado? Nope, a formula funciona... É etico? Pra caralho q não!Mesmo q n seja um ~ataque de oportunidade~ que falhou p caralho, ao menos aki em BH, existem alguns problemas nas reinvidicacoes: Os kras querem basicamente forçar a Uber a elevar a tarifa regularmente pelo que deu a entender, como os taxis fazem, não atacaram o custo dos combustivel (outra conveniencia q me faz pensar q isso e "oportunidade"). Pela naturza do serviço, isso não funciona.Concordo q a tarifa precisa ser reajustada e isso não é feito desde 2015 até onde sei, mas os kras basicamente tem uma proposta ridicula pra isso e sequer comentam sobre o percentual q a Uber arranca dos motoristas (25%) ou a Cabify (25% + 1.80 sobre cada corrida no repasse dos motoristas). A 99 parece ser a mais razoavel nesse quesito com 10% sobre cada corrida, mas a tarifa deles e proporcionalmente mais baixa, então 0x0.Dá pra fazer direitinho e arrumar a casa pra todo mundo, mas não do jeito q esses grupos querem
Diego F. Duarte
Heim? Q horarios xD?Já tem uns BONS MESES q eu n vejo tarifa dinamica em horario algum. Provavelmente saturou num ponto q o sistema já não insere mais dinamica.
Capitão Caverna
Na capital que eu moro passaram vários dias divulgando a paralisação.Mas hoje tá tudo normal.Acho que todos tentaram ser espertos: devem ter pensado "já que vários vão parar, vou fazer corridas pq o preço vai estar maior".Resultado: tá tudo a mesma coisa. Nada de paralisação por aqui.
wuhkuh
Isso faria sentindo se a Uber empregasse alguém, mas não, ela apenas oferece o meio termo entre quem tem o carro e quem precisa dele
wuhkuh
É muita putaria mesmo, nunca pensei na vida que viria pessoas brigando por um direito que não existe, não tem sentindo algum obrigar a Uber aumentar nada-se não for os consumidores que querem, ela não presta serviço, apenas oferece a plataforma
johndoe1981
Aumentar a segurança para os passageiros, coibir os golpes da taxa de vômito, deixar de cancelar a corrida logo após aceitar, cancelar a corrida após perguntar ao passageiro se vai pagar com dinheiro ou cartão eles não protestam, né? Bom mesmo é ficar desempregado.
Domingos Teruel
Os caras não são obrigados a trabalhar no Uber, não é emprego, eles não entenderam o negócio! Se o custo do Uber não ta compensando não faça, simples assim!
Tec News
Ai não é uber é táxi....
doorspaulo
O baixo valor é reflexo da quantidade de pessoas trabalhando com isso hoje.Em horários com poucos motoristas, é comum a tarifa dinâmica ficar entre 1,3 e 1,5.
Antony
O problema real é a quantidade de gente trabalhando nessa função hoje em dia, normal que com o aumento de oferta, os preços venham a cair. Porém caberia à empresa regular de forma a não saturar a quantidade de motoristas em uma região. Atingiu um limite, não habilita mais
Paçaro
Taxista reclamando de uber - ué, tá ruim ser taxista? Vira Uber.Uber reclamando de uber - ué, tá ruim ser Uber? Vira taxista.
Cortana ✔
Reivindicar é um direito, conquistar, é outra história.
tuneman
Ué?
Jonas S. Marques
No fim das contas o que vai acontecer é o seguinte:Digamos que 40 % dos motoristas de Uber parem hoje em cidades de grande fluxo como São Paulo, Curitiba ou Rio de Janeiro.Temos então um aumento de demanda de 40 %.Aí digamos que 60 % dos motoristas optam por não aderir a paralisação.60 % dos motoristas fazem 40 % a mais de dinheiro no dia de hoje, a Uber não nota impacto nenhum sob os protestos e quem paralisou pra lutar por algo fica puto.Isso sem contar eventuais preços dinâmicos decorrentes da paralisação, aqui por exemplo ficou a manhã toda entre 1,5 x e 1,8 x.É por isso que greve e protesto contra esse tipo de negócio nunca funcionou e nunca vai funcionar.