Início » Negócios » Uber Eats começa a permitir entregas a pé em São Paulo

Uber Eats começa a permitir entregas a pé em São Paulo

Modalidade de entrega a pé do Uber Eats já funciona em países como México, Nova Zelândia e Singapura

Emerson Alecrim Por

Nesta semana, o Uber Eats começou a expandir as opções de entregas no Brasil. Além das carro, moto ou bicicleta, entregadores agora poderão, oficialmente, levar pedidos a pé. Porém, nesta fase inicial, a modalidade foi disponibilizada apenas para a cidade de São Paulo.

Não é uma novidade no Uber Eats. O serviço já permite entrega por pedestres em localidades de Hong Kong, Nova Zelândia e Singapura. No continente americano, as entregas a pé já funcionam no México. A boa aceitação da modalidade nessas regiões é o que motivou o Uber a trazer essa opção para o Brasil.

A empresa diz ter percebido que a adesão à modalidade nos mencionados países é impulsionada principalmente por pessoas que, por limitações financeiras ou deficiência física, não podem aderir às opções de entrega via veículos.

Uber Eats

As entregas por pedestres também são vistas como uma forma de melhorar o fluxo de pedidos em áreas muito movimentadas, como a região da Avenida Paulista.

O Uber destaca que a plataforma do Uber Eats sincroniza a hora em que o pedido fica pronto para ser retirado com o momento estimado em que o entregador chegará ao restaurante, assim, ele não perde tempo.

Além disso, o sistema direciona os entregadores que estão a pé aos trajetos mais curtos. Assim que o pedido é coletado, o usuário consegue acompanhar a rota do entregador em tempo real no aplicativo. A remuneração ao entregador é baseada na distância percorrida.

Interessados em fazer entregas a pé devem preencher um cadastro no aplicativo de parceiros do Uber e seguir as instruções para envio de documentos. A nova modalidade já está na fase de inscrições. Assim como os demais entregadores e motoristas da plataforma, o cadastro só é validado após checagem de antecedentes criminais.

Mais sobre: ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Celestino
Uma iniciativa até para fazer uma atividade fisica.
Miguel
Meu Deus que absurdo. Nunca imaginei uma situação dessa.
César
Ligam ou enviam mensagem dizendo que não estão me vendo. Aí tenho que olhar em que lugar eles se enfiaram pelo GPS e ir buscar minhas coisas. Glovo msm cansei de fzr isso. 99pop e Uber Já ando logo pra via principal mais afastada, senão eles conseguem ficar presos no estacionamento de uma emissora que é perto daqui
Miguel
Oloco, mas como funciona? Eles te ligam pra voce chegar até eles?
Lord Cheetos
Depende do grau de daltonismo, tem daltônicos que conseguem tirar a carteira com mais facilidade.
🧙‍♂️ Mago Erudito® ᴾᴿᴱᴹᴵᵁᴹ
Agora sim ACABOU a desculpa de vagabundo pra não trabalhar!!!Todos poderão ser empresários do ramo de logística de alimentos, perfeito.
Fabio Santos
O que o daltonismo impede a pessoa de dirigir? Sou médico, dirigido faço especialização em cirurgia, mesmo em casos graves o problemas são com cores algo que tem fácil adaptação.
César
Entendi que estava falando sobre a entrega ser feita "para" quem tem deficiencia e etc. Por exemplo, qlqr entrega que eu peça aqui na minha casa, os entregadores chegam no máximo na rua principal a quase 120m de minha casa. Se eu fosse deficiente, seria um saco ter que me deslocar isso só pra pegar um sanduba. Alguém a pé pode vir diretamente na porta de minha casa
johndoe1981
Pois é. Acho que devido à insegurança, essa opção de entrega não deverá estar disponível à noite.
raphaela1
Boa notícia, será que rola fazer na hora do almoço umas entregas?
Gragas
não tenho ctz,mas para o cara estar trabalhando com o uber eats,ele não tem que estar com o celular?
Danilo Cursino
Meu deus os trombadinhas vão roubar meus lanches, que absurdo hahahaha
Lord Cheetos
Pessoas com problema de visão que impedem de dirigir, como daltonismo.Ou problemas nos membros superiores.
Lucas Santos
Num caso raro, uma pessoa sem um dos braços. Única também que imagino.
Lucas Santos
Sim, assim como sequestradores tao fazendo a festa com o Uber /s
Miguel
A empresa diz ter percebido que a adesão à modalidade nos mencionados países é impulsionada principalmente por pessoas que, por limitações financeiras ou deficiência física, não podem aderir às opções de entrega via veículos.Ué, em qual situação, para uma pessoa com deficiência física, seria mais vantajoso trabalhar a pé do que com algum veículo? kkkkk
johndoe1981
Assaltos.
Thiago Sabaia
??
Buldego
zzzzzzzz
johndoe1981
Trombadinhas e outras "vítimas da sociedade" vão fazer a festa. Duvido essa modalidade funcionar em uma cidade "supersegura" como Fortaleza, é uma pena.