Início » Celular » Sharp Aquos R3 tem Snapdragon 855 e tela de 120 Hz com dois notches

Sharp Aquos R3 tem Snapdragon 855 e tela de 120 Hz com dois notches

Aquos R3 tem notch para abrigar a câmera frontal e outro entalhe para leitor de digitais; tela tem 120 Hz para experiência mais fluida

Felipe Ventura Por

A Sharp parece estar viciada em notches: o Aquos R3 tem dois entalhes na tela, um na parte superior para abrigar a câmera frontal; e outro na parte inferior para o leitor de digitais. O Aquos R2 Compact, lançado no ano passado, também adotava esse design. O destaque do novo celular fica para a taxa de atualização de 120 Hz, que promete uma experiência mais fluida.

A taxa de atualização de 120 Hz oferece animações mais suaves, rolagem mais fluida e resposta mais rápida ao toque em relação a celulares com 60 Hz. São poucos os dispositivos com tela de 120 Hz: temos o Razer Phone 2 e o iPad Pro (a Apple chama a tecnologia de ProMotion).

A tela do Aquos R3 tem 6,2 polegadas, resolução Quad-HD+ e display Pro IGZO feito pela Sharp. Por dentro, encontramos o processador Snapdragon 855, 6 GB de RAM e armazenamento de 128 GB não-expansível. A bateria de 3.200 mAh tem suporte a carregamento Qi sem fio.

Há duas câmeras na traseira que funcionam de um jeito diferente em relação a outros celulares. Uma delas é exclusiva para fotos: ela tem sensor de 12,2 megapixels, lente com abertura f/1,7 e estabilização óptica de imagem.

A outra câmera é só para vídeos: o sensor de 20 megapixels tem suporte a pixel binning, ou seja, consegue combinar pixels adjacentes para agirem como um só, absorvendo mais luz. A estabilização é eletrônica. Enquanto isso, a câmera frontal tem 16,3 megapixels.

O Aquos R3 será lançado com Android 9 Pie; a Sharp ainda não revela preço, mas costuma vender seus celulares apenas no Japão.

Fabricantes estão migrando de notch para tela sem bordas

É curioso que, até pouco tempo atrás, nenhum smartphone tinha notch. O Essential Phone abriu o caminho, o iPhone X adotou o entalhe, e várias fabricantes seguiram a tendência. Agora, temos celulares com dois notches: o Aquos R3 e o Aquos R2 Compact.

Inclusive, o próprio Google permite emular dois notches nas opções de desenvolvedor:

Felizmente, várias fabricantes estão caminhando para telas sem notch e quase sem bordas, adotando uma câmera frontal retrátil — é o caso do Xiaomi Mi Mix 3, Oppo Find X, e Samsung Galaxy A80.

Outras empresas vão mais longe: a chinesa Vivo lançou o NEX Dual Display Edition com tela secundária na traseira, que permite usar a câmera para tirar selfies.

Com informações: XDA Developers.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

danbrg

2 notches? se fossem simétricos ao menos..

Buldego

Poxa, sonhei com um em cada lateral, ia ficar lindão.

SKY

120Hz+ é vida... depois que acostuma 60Hz parece antiguidade...

Mas sempre tem aqueles "o olho humano não enxerga mais que 30fps"... "não vejo diferença"... pra esses eu digo:

MEU AMIGO, SEU PROBLEMA GENÉTICO NÃO É GENERALIZADO!

Burnerman_X

Podia por um terceiro notch na lateral

Samin

Quanto aos 120hz, é algo que deveria ser implementado logo nos novos lançamentos de flagships. Tenho um ipad pro com tela a 120hz, a experiência de fluidez é muito perceptível. Para alguns nem tanto, para outros sim, no meu ponto de vista sinto muita diferença quando comparado ao meu smartphone com tela a 60hz.

Keaton

Po... que maravilha, como se um Notch não fosse ruim o suficiente...

Daqui a pouco eles enfiam 8 notchs na frente só pras cameras e botões...

Emanuel

Vai sim mas não deve ser tão significativo. Na teoria podemos esperar uma diferença por exemplo de uma tela 2K vs FHD. Na realidade todo mundo quer que eles enfiem logo 8000mah nos topos de linha, aí não teremos mais esse tipo de preocupação

Leonardo Rocha Dias

Muito bom ver mais empresas trazendo telas com maior taxa de atualização, que isso se multiple.
Será que a carga da bateria vai embora mais rápido?

Jairo ☠️

Chuta que é macumba

Robert Rey

Mas que c*ralhos?

Eduardo Braga

Que mico

X-Tudãoᴳᴼᵀ

1 de abril já passou.