Início » Celular » Xiaomi Redmi K20 Pro deve ter Snapdragon 855 e câmera frontal retrátil

Xiaomi Redmi K20 Pro deve ter Snapdragon 855 e câmera frontal retrátil

Redmi K20 Pro pode ter até 8 GB de RAM e câmera frontal retrátil; Redmi opera como marca independente da Xiaomi

Felipe Ventura Por

A Redmi, que opera como uma marca independente da Xiaomi, confirmou que lançará seu primeiro celular premium e ele virá com processador Snapdragon 855. Este smartphone deve se chamar Redmi K20 Pro e trazer até 8 GB de RAM, câmera frontal retrátil e leitor de digitais sob a tela; haveria também um modelo mais simples chamado Redmi K20.

Ishan Agarwal, que publicou diversos vazamentos corretos este ano, diz que a Xiaomi vai lançar dois celulares da marca Redmi: o Redmi K20 terá três opções de RAM e armazenamento (6 GB + 64 GB, 6 GB + 128 GB, 8 GB + 256 GB), enquanto o Redmi K20 Pro terá quatro versões diferentes (6 GB + 64 GB, 6 GB + 128 GB, 8 GB + 128 GB, 8 GB + 256 GB).

Pelo menos um deles virá com processador Snapdragon 855; acredita-se que seja a variante Pro. Ainda segundo Agarwal, o Redmi K20 e K20 Pro terão traseira nas cores vermelho, azul e “fibra de carbono” na China.

Lu Weibing, gerente-geral da Redmi, prometeu na rede social Weibo que a empresa vai lançar um smartphone com processador Snapdragon 855, alta duração da bateria e alta qualidade nas fotos. Rumores dizem que o Redmi K20 Pro terá bateria de 4.000 mAh e câmera tripla na traseira com sensor principal de 48 megapixels, ultrawide de 8 MP e telefoto de 16 MP.

Redmi terá celular premium com câmera frontal retrátil

Redmi divulgou teaser deste futuro celular com câmera retrátil

Além disso, um vídeo de divulgação da Redmi menciona um futuro “flagship” com câmera frontal retrátil. O Redmi K20 Pro deve vir com câmera pop-up de 32 megapixels para selfies, e tela AMOLED de 6,39 polegadas sem notch.

Segundo o XDA Developers, a Xiaomi está desenvolvendo dois celulares de codinome “davinci” e “raphael” com Snapdragon 855, câmera pop-up frontal e leitor de impressão digital sob a tela. Rumores apontam que o “raphael” corresponde ao Redmi K20 Pro — ou seja, ele teria sensor de digitais embutido no display.

O Redmi K20 e K20 Pro devem ser lançados em breve, inicialmente só na China.

Com informações: Ishan Agarwal, MySmartPrice.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel Silva Mathias Junior

Na verdade não, o mi mix tem seu diferencial porém ele fica muito grande devido a tela deslizar com uma retrátil ficaria melhor

Franco Luiz

"paga pouco" ta mudando o cenario ...... e outra a estabilidade de um sistema como o ios nao tem comparaçao ainda , Eu uso android amo android n consigo ficar sem principalmente samsung por causa de recursos exclusivos..... mas n da pra comparar a estabilidade e agilidade do ios contra o android, quem paga caro no iphone é pq sabe que o dinheiro ira render, Veja o mercado de usados tu consegue compra um iphone 7 por 2000 e revender por quase o mesmo preço meses depois cara

César

Mas esse nao é o papel do Mi Mix?

Daniel Silva Mathias Junior

Bom aparentemente ela nao quer ficar atras no sentido de ter um aparelho sem notch ou buraco na tela, sendo tela 100% full, se o preço continuar aceitavel como esta hoje em dia ta bom, tenho um mi 9 que nao me arrependo nada, aparelho cabuloso, fora a pulseira xiaomi hey+ que está exatamente igual a mi band 4 que vai lançar haha vou ate poder usar as peliculas e pulseiras dela.

Daniel Silva Mathias Junior

hoje em dia tem aparelho pra todo tipo de pessoa, pra quem curte bateria, tecnologia, camera haha

Daniel Silva Mathias Junior

é eu tambem achei estranho, mais ao meu ver elas querem ter o mercado de aparelho sem notch ou buracos e etc

Daniel Silva Mathias Junior

é que quem usa apple paga muito pra ter pouca coisa, quem usa xioami pago pouco e tem tecnologia até umas hora, e xioami ja ja domina o mundo, ja tem carro, guarda chuva, tv, tenis, lixeira de banheiro... A Apple tem o que? Preço alto hahah

junior

O preço provavelmente será compatível com o mi 9 não?

Gabriel Castro

sou fã da xiaomi, mas as vzs ela pode dar as maos pra samsung e sair andando junto, q bagunca esses celulares

Jairo ☠️

Nossa , deste jeito eles superarão com.facilidade o número de.lancamentos da Samsung , pensei que a linha Redmi fosse somente de intermediários , Mi high end e Pocofone premium de entrada , estão fazendo uma.salada.

Franco Luiz

Xiaomi acabando com os xiaominios botando preço alto , ate o fim do ano a galera chata do " meu xiaomi faz mais por menos foda se garantia mimimimimi" vao acabar *-*

Sem zoera agora , os fanboy xiaomi tao nivel acima dos apple em , caraca que galera chata

Tori

Ok, vamos acompanhar o raciocínio:
Xiaomi criou a Poco pra ser a "desempenho e custo benefício", desmembrou a Redmi para lançar smartphones de baixo custo.
Porém, a Redmi quer fazer smartphones flagships agora, coisa que a linha MI é.

Rapaz...anh?

Drax

Não é isso. É que a marca Xiaomi lançaram modelos mais caros ainda, assim como a Huawei. Hoje, a Xiaomi é bem mais barata que a Huawei, mas isso mudará em breve.

Diego Nascimento

Não entendi essa nomenclatura.

©yßë® V¡¢¡öµ§

Está copiando a Samsung

Exibir mais comentários