Início » Internet » Sites ficam inacessíveis no Brasil devido a falha no Cloudflare

Sites ficam inacessíveis no Brasil devido a falha no Cloudflare

Cloudflare tem problema em servidores no Brasil; sites carregam lentamente ou não abrem devido a erro de conexão

Por
14/05/2019 às 19h03

Você teve — ou está tendo — dificuldade em acessar o Tecnoblog? Diversos sites no Brasil foram afetados nesta terça-feira (14) por um problema no Cloudflare, que oferece serviços de CDN para acelerar o carregamento de páginas e evitar indisponibilidades (pois é). Em alguns casos, as páginas carregam devagar ou simplesmente não abrem, dando erro de conexão.

Foto por Michal Jarmoluk/Pixabay

À 0h56 (horário de Brasília), o Cloudflare detectou problemas de desempenho na rede no Brasil. A falha foi identificada às 3h11, e uma correção foi aplicada às 14h39. A empresa ainda está acompanhando a situação, e diz que “alguns clientes ainda podem experimentar um desempenho reduzido enquanto nossa rota de fibra óptica está sendo restaurada”.

Atualmente, o Cloudflare está redirecionando o tráfego chegando ao data center de Porto Alegre para outros pontos de sua rede; enquanto o data center de São Paulo opera com “desempenho reduzido”. O serviço parece estar funcionando normalmente no Rio de Janeiro, Curitiba e Fortaleza.

O Cloudflare é bastante conhecido por sua CDN (rede de entrega de conteúdo): a empresa tem data centers espalhados pelo mundo que guardam um cache de sites e serviços online. Dessa forma, é possível distribuir conteúdo mais rápido: por exemplo, se você mora no Nordeste, pode abrir um site dos EUA se conectando a um servidor de Fortaleza, acelerando o carregamento.

No entanto, diversos sites acabam sendo afetados quando a CDN para de funcionar: diversas empresas usam os serviços do Cloudflare, e nem sempre é prático desviar o tráfego para contornar o problema.

Por enquanto, só resta esperar até que o serviço seja normalizado. Você teve problema em acessar algum outro site?

A rede global do Cloudflare com 180 data centers:

Mais sobre: