Início » Negócios » O que é uma startup? [modelo e unicórnios]

O que é uma startup? [modelo e unicórnios]

Veja o que caracteriza uma startup e quem são os unicórnios do mundo real

Por
15/05/2019 às 17h34

Apesar de ainda não ser familiar para muitos, o conceito de startup começou a ser utilizado nos anos 90. A ideia é abrir um negócio com um modelo repetitivo, escalável e que gere lucro sem aumentar muito os custos. Vale observar que nem todo empreendimento é considerado uma startup, mas toda startup é um empreendimento.

startups são unicórnios da vida real

O que é uma startup?

Uma nova agência de notícias ou uma pizzaria na cidade são novos empreendimentos, mas não são consideradas startups, isso porque não é uma ideia necessariamente nova, fora do comum. Esses exemplos geralmente já são modelos de negócios que dão certo e têm uma estabilidade comercial. Muitos deles voltados so setor de tecnologia.

Startups, por se tratarem de ideias novas, são incertas, investimentos de risco que podem ou não funcionar, mas com uma proposta “inovadora” que atrai olhares e investimentos para continuar em operação até ser sustentável e lucrativo.

Desse modo, um modelo de negócios de uma startup baseia-se em um produto repetitivo, ou seja, torna-se algo que possa ser entregue para uma massa sem a customização ou adaptação para cada tipo de cliente específico.

Um exemplo é o streaming: todo mundo tem acesso aos mesmos produtos pelo mesmo valor, não é feito um pacote ou não há uma indisponibilidade do produto.

A maioria delas opera na internet, o que torna a distribuição do negócio mais fácil e barata. Aí entra a escalabilidade: formas de fazer o empreendimento crescer em receita sem os custos de operação serem proporcionais e o produto alterado. Pensando no Facebook, antes de ser uma gigante companhia, era o mesmo produto distribuído para o mundo (e os investimentos iniciais eram em servidores para aguentar o tráfego).

Unicórnios existem, sim!

Os unicórnios do mundo moderno estão na palma da nossa mão, à nossa disposição. Oferecem serviços que facilitam a vida e já nos salvaram de dores de cabeça e de taxas abusivas. Os unicórnios de hoje são startups que trazem soluções globais e valem pelo menos 1 bilhão de dólares. Ou seja, startups que atingem valor de mercado de U$ 1 bi.

  1. Uber: serviço começou em 2009 como uma alternativa aos táxis, oferecendo carros de luxo. Hoje tem presença em quase todo o mundo e vale quase US$ 70 bilhões.
  2. Airbnb: fundada em 2008 com a proposta de permitir que as pessoas tenham mais opções de acomodação, inclusive parcial de uma casa ou apartamento. Seu valor de mercado ultrapassou os US$ 31 bilhões.
  3. Spotify: um dos serviços mais populares de música da atualidade e que foi fundado em 2008. O valor de mercado ultrapassou os US$ 24 bilhões.
  4. iFood: a startup brasileira fundada em 2011 e adquirida pela Movile em 2014. Presente em pelo menos 100 países, a Movile, que também é brasileira, recebeu um aporte de US$ 124 milhões e já deve valer US$ 1 bilhão.
  5. Tecnoblog: opa, calma… não é aqui.
Mais sobre: , , , ,