Início » Celular » Uma olhada de perto no Motorola One Vision

Uma olhada de perto no Motorola One Vision

Motorola One Vision tem atualizações garantidas, tela com proporção 21:9 e câmera de 48 megapixels

Paulo Higa Por

O Motorola One Vision é o segundo celular da marca no Brasil com Android One. Com preço sugerido de R$ 1.999, ele tem atualizações de software garantidas, tela de 6,3 polegadas com proporção 21:9 e uma câmera de 48 megapixels com direito a modo noturno para capturar fotos no escuro.

Em relação ao primeiro Android One da empresa, o Motorola One, o novo smartphone ganhou uma tela maior com entalhe mais discreto, mais capacidade de armazenamento e uma bateria maior. O processador foi atualizado — e, por mais estranho que isso possa parecer, é um chip da Samsung. Eu fui conhecer o aparelho de perto e conto minhas impressões nos próximos minutos.

Hands-on do Motorola One Vision em vídeo

Primeiras impressões do Motorola One Vision

De cara, o Motorola One VIsion chama a atenção por ser mais estreito que os outros celulares. A tela ultrawide de 6,3 polegadas deixou o aparelho mais confortável de segurar com uma mão só: na hora de digitar, dá para alcançar o outro lado da tela sem fazer nenhum malabarismo com o dedão. Como o aparelho continua alto, não é tão fácil alcançar o topo da tela, mas a ergonomia ficou melhor que o de costume.

A tela é outro destaque do One Vision — aliás, a Motorola se orgulhou bastante de ter lançado o primeiro celular com proporção 21:9 no Brasil. São 2520×1080 pixels com boa definição e ângulo de visão. O aproveitamento de espaço ficou ótimo: além de ter apenas um furo no canto esquerdo para a câmera de 25 megapixels, a Motorola finalmente deixou de lado a mania estranha de estampar sua marca na frente do celular.

Motorola One Vision

Motorola One Vision

O Android 9 Pie é bem limpo, trazendo as Moto Ações, para ligar a lanterna, tirar um print ou abrir a câmera com gestos, e o Moto Tela, que mostra a hora e as notificações com o aparelho em standby. O chamariz aqui são as atualizações garantidas: a Motorola deixa claro que o One Vision terá três anos de correções mensais de segurança e receberá duas versões novas do Android (ou seja, o Android Q e o Android R).

Motorola One Vision

Motorola One Vision

A câmera traseira principal do Motorola One Vision tem sensor de 48 megapixels, lente com abertura f/1,7 e estabilização óptica de imagem. Não dá para avaliar a qualidade fotográfica somente por números, mas a Motorola parece ter feito a lição de casa no software — que nunca foi um grande destaque nos aparelhos da marca.

O novo aplicativo de câmera traz um modo noturno, batizado de Night Vision, que funciona de forma bem parecida ao de outras fabricantes: é só apontar a câmera, esperar alguns segundos, e o software se encarrega de juntar vários quadros para formar uma imagem mais equilibrada e com menos ruído. Preciso de mais tempo para analisar a câmera, mas o conjunto me parece bem promissor.

Motorola One Vision

Motorola One Vision

E, claro, o One Vision é equipado com o que um smartphone intermediário tem direito: ele vem com um processador octa-core da Samsung, o Exynos 9609, que deve oferecer desempenho semelhante ao de um Snapdragon 660; além de 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento, com possibilidade de expansão por microSD em um slot híbrido.

Como de costume, o preço deve baixar com o tempo, mas o valor de lançamento já é competitivo levando em conta o mercado brasileiro, com impostos devidamente pagos. Ele foi lançado pelo mesmo preço do Samsung Galaxy A50, mas tem alguns detalhes que podem ser interessantes, como o dobro de memória interna; e é 500 reais mais barato que o Huawei P30 Lite, que não é superior em muita coisa.

Motorola One Vision

O review completo do Motorola One Vision sai nas próximas semanas. O que vocês querem saber sobre ele?

Motorola One Vision – ficha técnica:

  • Tela: 6,3 polegadas, Full HD+ (2520 x 1080), 432 ppi, LTPS IPS LCD, proporção 21:9
  • Processador: Exynos 9609 octa-core de 2,2 GHz
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 128 GB, expansível por microSD de até 512 GB
  • Bateria: 3.500 mAh com carregamento TurboPower de 15 W
  • Câmera traseira dupla: 48 megapixels (Quad Pixel) f/1,7 + 5 megapixels f/2,2
  • Câmera frontal: 25 megapixels (Quad Pixel) f/2,0
  • Sistema operacional: Android 9 Pie com atualizações de versão garantidas por dois anos pelo Android One
  • Mais: leitor de digitais na traseira, USB-C, entrada de fone de ouvido de 3,5 mm, NFC, bandeja híbrida (2 chips ou chip + microSD)
  • Dimensões: 160,1 x 71,2 x 8,7 mm; 181 g

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Celso

Mensalmente, não.
Quando vem, é exceção, e não regra, quando se trata dos aparelhos dela que não são do programa Android One.

Celso

O problema é que o Android One já não fazia tanta diferença para uma marca que já oferecia aparelhos com um Android visualmente pouco alterado (sabemos que as alterações de verdade estão "debaixo do capô" em um Motorola, e talvez a péssima gestão de RAM dos últimos aparelhos dela seja por causa disso, ou pelo menos, dentre outras coisas).

Tanto é que com o Android Pie, não consigo ver diferenças entre o Android do One Vision e o Android do resto dos aparelhos dela.

Só vai agradar quem gosta de patches realmente mensais e sempre no começo do mês, já que nem um Moto Z recebe patches mensalmente ou logo quando o mês começa (no mínimo bimestralmente).

Leandro Nascimento

Mas a Motorola não usa um processador que presta nos telefones, hein

Luis

Esse ou ZF5?

Luis

Perdão

Rod

Paulo Guedes proverá

Felipe Insfran

Pois é. Na prática mesmo a diferença é só na velocidade dos updates, pq os outros tbm recebem...

Credulos

Foi a mesma coisa que pensei, em quesito updates grandes esse Android One ficou bem a desejar, a única diferença é mais um ano de updates de segurança mensais, coisa que qualquer outro recebe periodicamente sem um prazo estipulado.Enfim para um produto que recebe a propaganda de updates garantidas, a única vantagem é na velocidade de entrega.

Matheus
Credulos

Isso é culpa do LCD, telas Amoleds são mais finas não necessitam de bordas no furo.

Credulos

Então seria 6 por meia duzia.

Felipe Insfran

2 atualizações de versões do Android. Ok, que diferença tem pro Moto G 7 ou qualquer outro Motorola?

Marlon

"Gado ?? seguir a lei é ser gado agora ?" muuuuuuuuuuuuuuuuu

Mickão

Foda esse buraco negro na tela! Precisava ser esse rombo todo? O do S10e é muito mais sútil.

Franco Luiz

Zenfone 4 eu acho lindo , S10 , Zenfone 5 tbm acho lindo Tem alguns xiaomis tbm que acho muito bonito .

Exibir mais comentários