Início » Celular » Samsung planeja lançar Galaxy Fold em junho com tela dobrável reforçada

Samsung planeja lançar Galaxy Fold em junho com tela dobrável reforçada

Samsung Galaxy Fold está sendo testado por operadoras móveis; celular dobrável teve problemas na tela OLED

Por
18 semanas atrás

O Samsung Galaxy Fold está sendo testado pelas três operadoras de telefonia móvel na Coreia do Sul, já com as melhorias para reforçar a tela dobrável: a película protetora vai até as bordas, para que não seja removida; enquanto as partes superior e inferior da dobradiça têm aberturas menores. O lançamento deve ocorrer em junho, após ter sido adiado por tempo indeterminado.

A Samsung está realizando testes de interoperabilidade de rede com o Galaxy Fold nas três operadoras móveis da Coreia do Sul (SK Telecom, LG U+ e KT). A empresa deve anunciar o cronograma de lançamento do celular dobrável este mês para então lançá-lo em junho, segundo a agência coreana de notícias Yonhap.

O teste de interoperabilidade serve para determinar se o celular é adequado para a rede da operadora, e normalmente leva cerca de um mês. Ele é necessário devido a algumas mudanças que a Samsung fez no design do Galaxy Fold.

Uma fonte do setor de telecomunicações diz à Yonhap: “acreditamos que a Samsung ainda não confirmou a data de lançamento porque precisa obter uma nova licença em cada país para a versão [do Galaxy Fold] que resolve os problemas”.

DJ Koh, responsável pela divisão mobile da Samsung, disse que “não estaremos muito atrasados” em relação à data inicialmente prevista para o lançamento do Galaxy Fold nos EUA (26 de abril).

Galaxy Fold traz mudanças na dobradiça e película de tela

Como o Korea Herald havia adiantado, a Samsung vai reduzir as áreas expostas na dobradiça. As partes superior e inferior têm uma lacuna grande que permite a entrada de resíduos, colocando a tela OLED em risco.

Além disso, a película protetora do Galaxy Fold vai se estender até as bordas da tela. Dessa forma, ela não vai descascar fácil, nem vai dar a impressão de que deve ser removida. A tela é danificada ao se retirar essa camada.

O celular dobrável apresentou problemas após poucos dias de uso; uma análise do iFixit — removida a pedido da Samsung — dizia que o Galaxy Fold é “assustadoramente frágil”.

Galaxy Fold tem lacunas próximas às dobradiças, e película que não se estende até as bordas: