Início » Computador » Apple dá conserto grátis para MacBook Pro com falha “flexgate” na tela

Apple dá conserto grátis para MacBook Pro com falha “flexgate” na tela

Tela do MacBook Pro 2016 sofre falhas na retroiluminação ou deixa de funcionar; notebook da Apple usa cabo flex muito frágil

Por
21/05/2019 às 18h02

A Apple finalmente se manifestou sobre o “flexgate”: ela vai consertar de forma gratuita as unidades do MacBook Pro em que a tela sofreu falhas na retroiluminação ou deixou de funcionar. O problema aparece nos modelos lançados em 2016, cujo display usava um cabo flex muito frágil e muito curto; isso foi corrigido sem alarde nas gerações seguintes do notebook.

O novo Programa de Serviço vale para unidades do MacBook Pro de 13″ lançadas em 2016, com duas ou quatro portas Thunderbolt 3. A Apple diz que estes laptops podem ter dois tipos de problema na luz de fundo: a tela mostra áreas claras verticais ao longo de toda a parte inferior, ou para de funcionar completamente.

“Os dispositivos afetados foram vendidos entre outubro de 2016 e fevereiro de 2018”, diz a Apple. Ou seja, eles já estão fora da garantia. Ainda assim, o conserto do backlight será realizado gratuitamente: basta ir até uma Apple Store ou a um centro de serviço autorizado.

Este programa de serviço é válido em diversos países, incluindo o Brasil. Ele contempla apenas os modelos do MacBook Pro mencionados acima, e dura até outubro de 2020 (quatro anos após a primeira venda do dispositivo no varejo).

Apple corrigiu “flexgate” nos MacBook Pro mais recentes

Em janeiro, o iFixit explicou os detalhes do “flexgate”. A tela do MacBook Pro usa um cabo flex para se conectar a uma placa controladora abaixo da Touch Bar. Esse cabo é muito fino, atravessa a dobradiça do laptop, e acaba quebrando com o estresse de abrir e fechar a tampa.

O problema afeta o MacBook Pro 2016, mas foi corrigido silenciosamente nas gerações seguintes (2017, 2018 e 2019): nelas, o cabo flex ficou um pouco mais resistente e mais longo. No entanto, a Apple não reconhecia oficialmente a falha de design, e ainda cobrava uma fortuna para substituir a tela — não há como trocar somente o cabo.

A Apple também vai substituir o teclado do MacBook Pro e MacBook de 12 polegadas se houver problemas nas teclas.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.