Início » Aplicativos e Software » Huawei volta a receber Android do Google mas some da Microsoft Store

Huawei volta a receber Android do Google mas some da Microsoft Store

Google fornece atualizações do Android para Huawei por 90 dias; Microsoft deixa de vender Matebook X Pro em loja online

Felipe Ventura Por
25 semanas atrás

O Google continuará fornecendo atualizações do Android para a Huawei, agora que o governo dos EUA recebeu uma licença temporária de 90 dias para continuar operando com algumas empresas americanas. A Microsoft, por sua vez, oferecia o laptop Matebook X Pro em sua loja online e deixou de vender o produto; ela se recusa a comentar o assunto.

Huawei P30 Lite

Em comunicado à CNBC, o Google diz: "manter os celulares atualizados e protegidos é do interesse de todos e essa licença temporária nos permite continuar a fornecer atualizações de software e patches de segurança aos modelos existentes pelos próximos 90 dias".

Os EUA manterão a licença temporária por 90 dias, até 19 de agosto; o prazo pode ser renovado no futuro.

Esta licença permite que a Huawei atue com empresas americanas em quatro áreas: suporte a celulares Android, manutenção de redes móveis, divulgação de vulnerabilidades de segurança, e desenvolvimento do 5G. Ela basicamente continua proibida de adquirir processadores e chips da Qualcomm e Intel, além de software para novos PCs.

Microsoft deixa de vender Huawei MateBook X Pro

Aí entra a Microsoft. Em tese, o bloqueio dos EUA deveria afetar suas relações com a Huawei: ela não poderia licenciar o Windows 10 para futuros laptops da fabricante, por exemplo.

No entanto, a empresa permanece em silêncio quanto ao assunto: mesmo contatada diversas vezes pelo The Verge, ela se recusa a comentar seu relacionamento com a Huawei.

Huawei Matebook X Pro

A Microsoft Store online deixou de vender o Huawei MateBook X Pro: a página do produto, que antes listava o laptop de US$ 1.499 com Intel Core i7, agora exibe uma mensagem de erro. A loja sequer menciona o notebook; você se depara apenas com o aviso "a página que você solicitou não pode ser encontrada".

O MateBook X Pro se destaca por sua tela de 14 polegadas quase sem bordas, que ocupa 91% da parte frontal; e por sua webcam que fica embutida em um botão no teclado. O laptop ainda segue à venda em unidades físicas da Microsoft Store nos EUA, segundo o The Verge.

O executivo Richard Yu, da Huawei, comentou este ano que a empresa prepara um sistema operacional como alternativa ao Android e Windows. "Se não pudermos mais usar esses sistemas, estaremos preparados. Esse é o nosso plano B. Mas é claro que preferimos trabalhar com os ecossistemas do Google e da Microsoft", ele explicou ao jornal alemão Die Welt.

Página do Huawei MateBook X Pro na Microsoft Store:

Link agora retorna mensagem de erro: