Início » Internet » Rotten Tomatoes verifica se usuários que avaliam filme compraram ingresso

Rotten Tomatoes verifica se usuários que avaliam filme compraram ingresso

Rotten Tomatoes tem Audience Score aberto para usuários em geral; nota do público está sujeita a manipulações e "review bombing"

Por
21 semanas atrás

O Rotten Tomatoes se tornou uma das principais formas de avaliar a qualidade dos filmes. O site destaca dois números: o Tomatometer, com a porcentagem de críticos de cinema que deram uma avaliação positiva; e o Audience Score, aberto para usuários em geral. A nota do público está sujeita a manipulações; por isso, o RT está conferindo se as pessoas que avaliam o filme compraram ingresso para vê-lo.

Image by Bruno Glätsch from Pixabay

Isso é possível porque o Fandango, serviço de venda de ingressos, é dono do Rotten Tomatoes. “Se conseguirmos combinar a conta do Rotten Tomatoes com a conta usada para comprar o ingresso, a nota e/ou resenha será verificada”, explica a empresa.

Inicialmente, a verificação vai funcionar apenas para ingressos adquiridos no Fandango; ainda este ano, ela incluirá compras feitas em redes de cinema nos EUA, como AMC Theatres, Regal e Cinemark.

Por padrão, o Rotten Tomatoes vai mostrar o Tomatometer de todos os críticos de cinema, e o Audience Score apenas dos usuários verificados. A nota geral do público ainda estará disponível, e aparece ao clicar em “More Info”.

A verificação de ingresso começa nesta sexta-feira (24) com o lançamento de filmes como Aladdin e Brightburn – Filho das Trevas. A pontuação para filmes anteriores não vai mudar; o Audience Score de séries de TV também não será afetado.

Os usuários brasileiros e de outros países ainda poderão dar nota aos filmes no Rotten Tomatoes. No entanto, ela será usada apenas para calcular a média geral do Audience Score, que requer dois cliques para ser exibida. A empresa não menciona verificação de ingressos fora dos EUA.

Rotten Tomatoes tenta evitar “review bombing”

A ideia do Rotten Tomatoes é combater trolls e bots que tentam influenciar o Audience Score. Por exemplo, o filme Gotti, estrelando John Travolta, atingiu no ano passado um Tomatometer de 0%: ou seja, nenhum crítico de cinema deixou uma resenha favorável. Enquanto isso, a avaliação do público chegou a ser 80% positiva; só que a maioria dos usuários criou uma conta dias antes da estreia, e avaliou somente esse filme — sinais de uma ação coordenada.

O Rotten Tomatoes vem tomando outras medidas. Em fevereiro, foi removida a função que permitia avaliar um filme antes de sua estreia. “Infelizmente, nós vimos um aumento de opiniões não-construtivas, às vezes beirando a trollagem, que acreditamos ser um desserviço aos nossos leitores em geral”, explicou a empresa.

Essa mudança foi implementada devido a uma polêmica envolvendo Capitã Marvel. O filme não havia estreado, mas já tinha um Audience Score de apenas 54%. Algumas pessoas ficaram irritadas com uma declaração da atriz Brie Larson, que decidiu ser mais inclusiva em encontros com a imprensa porque a maioria dos jornalistas e críticos são homens e brancos.

A tática se chama “review bombing”: vários grupos se organizam para deixar avaliações negativas sobre um filme, série ou jogo. O Rotten Tomatoes está conseguindo evitar isso antes da estreia, porque usuários não podem mais dar nota nesse período. Após o lançamento, o controle será feito ao verificar a compra do ingresso.

Lori Pantel, diretora de marketing do Fandango, diz à Variety que a mudança no Rotten Tomatoes não foi feita para estimular a venda de ingressos, porque outras plataformas vão participar. A empresa decidiu lançar o Verified Audience agora — em vez de esperar pelos parceiros — porque a temporada de verão está começando para os filmes nos EUA.

Interface em que aparece a opção de verificar o ingresso; o Rotten Tomatoes usa o endereço de e-mail para encontrar a compra realizada pelo mesmo usuário através do Fandango:

Com informações: Rotten Tomatoes, Variety.

Mais sobre: ,