Início » Celular » ARM Cortex-A77 deixará processadores de celular mais rápidos em 2020

ARM Cortex-A77 deixará processadores de celular mais rápidos em 2020

ARM Cortex-A77 e chip gráfico Mali-G77 devem ser usados em futuros processadores da Qualcomm, Samsung e Apple

Felipe Ventura Por

As principais fabricantes de processadores do mundo usam os designs da britânica ARM, incluindo a Qualcomm, Samsung, Apple e Huawei. A empresa anunciou o Cortex-A77 para desempenho mais rápido de CPU, e o chip gráfico Mali-G77 com nova arquitetura para jogos, realidade virtual e inteligência artificial. Essas tecnologias devem aparecer nos celulares premium de 2020.

O núcleo de processador Cortex-A77 é um refinamento em relação ao Cortex-A76 de 7 nanômetros do ano passado. Ele promete desempenho 20% maior em IPC (instruções por ciclo), ou seja, o número de instruções que a CPU consegue executar em cada ciclo de clock — tudo sem aumentar o consumo de energia.

A ARM diz que o Cortex-A77 tem "desempenho comparável aos notebooks tradicionais de hoje". Esse design também pode ser usado em processadores para laptops com Windows 10, que ainda não vingaram no mercado.

Núcleo Cortex-A77 tem desempenho 20% maior que antecessor Cortex-A76 em IPC (instruções por ciclo):

ARM promete maior desempenho gráfico e em IA

Enquanto isso, o chip gráfico Mali-G77 promete desempenho 40% maior que seu antecessor (Mali-G76) graças a uma nova arquitetura chamada Valhall. A eficiência energética melhorou 30% para exigir menos da bateria durante sessões de jogos ou realidade virtual móvel.

O Mali-G77 também se destaca por seu desempenho em inteligência artificial. Ele é 60% mais rápido em relação ao antecessor, acelerando o processamento de redes neurais no celular, em vez de depender de servidores na nuvem.

Cada vez mais smartphones adotam a IA em determinados recursos, como reconhecer o ambiente para ajustar as configurações da câmera, analisar o uso de aplicativos para carregá-los previamente na memória, entre outros.

Chip gráfico Mali-G77 oferece 30% a mais de eficiência energética que antecessor Mali-G76:

Sim, a ARM já oferece um design para chips ML (aprendizado de máquina) chamado Project Trillium. No entanto, a empresa lembra que a maioria dos smartphones não tem um processador neural dedicado: 85% dos modelos no mercado usam apenas a CPU ou uma combinação de CPU e GPU.

Você verá sistemas-em-um-chip com Cortex-A77 e Mali-G77 a partir do ano que vem, à medida que essas tecnologias forem adotadas em processadores da Qualcomm, Samsung, Apple e outras fabricantes.

Com informações: ARM, TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação