Início » Computador » Snapdragon 8cx promete ser mais rápido que Intel Core i5 em notebooks

Snapdragon 8cx promete ser mais rápido que Intel Core i5 em notebooks

Qualcomm Snapdragon 8cx oferece até o dobro de duração de bateria que Intel Core i5-8250U no Windows 10

Felipe Ventura Por

O Snapdragon 8cx é o processador mais rápido da Qualcomm para notebooks com Windows 10: ele deve chegar ao mercado no terceiro trimestre, e promete maior velocidade que o Intel Core i5-8250U em tarefas como carregar páginas da web e editar imagens no Adobe Photoshop, oferecendo até o dobro de duração de bateria. O processador também estará presente no Project Limitless, colaboração com a Lenovo para laptops 5G.

A Qualcomm aproveitou a feira Computex em Taiwan para apresentar mais detalhes sobre o Snapdragon 8cx. O processador tem oito núcleos Kryo 495 fabricados em 7 nanômetros, além de chip gráfico Adreno 680 com suporte a DirectX 12.

O novo benchmark PCMark10 permite comparar o desempenho de um processador ARM com uma plataforma x86 tradicional sob condições semelhantes. Nos resultados divulgados pela Qualcomm, o Snapdragon 8cx fica à frente do Intel Core i5-8250U nos testes do Word e Microsoft Edge; tem resultado equivalente no PowerPoint; e fica atrás no Excel.

Snapdragon 8cx

Em testes gráficos, o chip da Qualcomm tem performance consistentemente superior à Intel. E em se tratando de autonomia, mal dá para comparar: o Snapdragon 8cx dura entre 16 horas e 23h30 na bateria, contra um intervalo de 8h30 a 16 horas do Core i5.

Vale notar que os testes foram feitos entre um laptop com Snapdragon 8cx, tela Full-HD (1920 × 1080) e Windows 10 May 2019 Update (1903); e um laptop com Intel Core i5-8250U, tela 2K (2048 × 1080) e October 2018 Update (1809). Ambos têm 8 GB de RAM e SSD NVMe de 256 GB.

Para resolver alguns problemas, o Snapdragon 8cx recebeu algumas melhorias em relação a seus antecessores (Snapdragon 850 e 835). Os núcleos Kryo 495 têm 10 MB de cache para rodarem melhor o Chrome. E, segundo a Qualcomm, o processador carrega mais rápido os programas rodados via emulador; é o caso de software que não possui uma versão pensada para ARM, como o Photoshop.

Mais desenvolvedores estão preparando versões ARM de seus programas. O Google vem adaptando o Chrome, enquanto a Microsoft faz o mesmo no navegador Edge com Chromium para Windows 10.

O Electron, framework usado pelo WhatsApp, Slack e Discord em seus aplicativos para desktop, será adaptado para ARM até junho. A engine de jogos Unity também está passando pelo mesmo processo.

Lenovo anuncia notebook com 5G e 4G de 2,5 Gb/s

Project Limitless, notebook da Lenovo com 5G

Project Limitless, notebook da Lenovo com 5G

A Lenovo anunciou um protótipo de notebook chamado Project Limitless com processador Snapdragon 8cx, que promete bateria para mais de um dia e funcionalidade “always-connected”: ou seja, o Windows 10 continua baixando e-mails, atualizações e outros dados mesmo em stand-by.

Além disso, este é o primeiro notebook com Snapdragon X55 5G: este modem tem suporte a redes 5G, como o nome sugere, mas também pode se conectar a praticamente qualquer operadora 4G. E graças ao Cat 22 LTE, ele atinge velocidades máximas de download de até 2,5 Gb/s em redes 4G compatíveis.

O protótipo traz tela com bordas finas, leitor de digitais logo abaixo do teclado, clock de 2,8 GHz e 16 GB de RAM. Lenovo e Qualcomm prometem um lançamento no início de 2020.

Project Limitless, notebook da Lenovo com 5G

Project Limitless, notebook da Lenovo com 5G

Teste do PCMark10 com Qualcomm Snapdragon 8cx e Intel Core i5-8250U:

Teste gráfico do PCMark10 com Snapdragon 8cx e Intel Core i5-8250U:

Teste de bateria entre Snapdragon 8cx e Intel Core i5-8250U:

Com informações: Windows Central, Engadget, Lenovo.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ribeiro

Vou desenhar para você entender:
UHD = 4K = 2160p
FHD = 2K = 1080p
HD = 1K = 720p

Agora só resta rir da sua cara.

José Renato De Souza

A diferença é mínima!

Porto Velho

Mas é isso mesmo. Resoluções menores fazem a GPU fazer mais requisições por segundo para a CPU, aumentando a carga de trabalho desta.

Keaton

Dá uma relida no que tu escreveu... haha

'Quanto menor a resolução, mais trabalho para a CPU.'

DDR31600Mhz

Só dá para acreditar quando for testado por algum terceiro sem interesse e ESPECIALIZADO

Mateus B. Cassiano

Existe algum protótipo de notebook ou computador pessoal rodando Windows 10 (ou outro SO de PC da sua preferência) e com o A12X? Acho que não, né? Quando tiver algum a gente conversa, até lá continua irrelevante nesse segmento...

Felipe Xavier

Estou só o Michael Jackson com o balde de pipoca, Intel comendo poeira dos concorrentes (alguns em preços, outros em performance).
Só podemos agradecer.

Luizão

Mesmo tendo todas essas diferenças de tela, versão do Windows, já deu pra ver q essa CPU da Qualcomm vai dar MTA dor de cabeça para a intel (claro, com preço justo, se quiserem cobrar 1000 dólares nisso vai encalhar)

Luizão

Manda não, larga de ser fã boyola da apple

Porto Velho

Quanto menor a resolução, mais trabalho pra CPU. Quanto maior, mais trabalho pra GPU.

Adriano Garcez

FHD é basicamente 2k... será que faz alguma diferença relevante? A diferença é de apenas 128*1080 linhas, cerca de 6.7% a menos de processamento de vídeo.

Alexandre Roberto

no minimo, a condicao de hardware deveria ser igual....mas nao e....
junta um bonus extra a versao do s.o.....

o compacto 1.0 de entrada do fabricante A e testado com 5l de gasolina ....do fabricante B, tanque cheio, 3 passageiros e 2 malas....
compacto A vence comparativo...acelerou mais rapido, consumiu menos, freou em menor espaco e foi muito melhor no teste de retomada 40-100 em [email protected] marcha

sim.... tinha revista automotiva que colocava isso na capa

Franco Luiz

nao foi portado ainda

Franco Luiz

porra pior que e verdade kkkkkkkkkkk tudo bem que bateria a intel nao é boa , mas apelaram legal ali

Ecliptor

A12X manda beijos.

Exibir mais comentários