Início » Computador » Intel Honeycomb Glacier é um notebook com duas telas e ajuste de altura

Intel Honeycomb Glacier é um notebook com duas telas e ajuste de altura

Protótipo e voltado ao segmento gamer, Honeycomb Glacier se desdobra em três partes

Emerson Alecrim Por
25 semanas atrás

Imagine que você tem um notebook de duas telas. Imagine agora que, mesmo com a tela secundária, o equipamento conta com teclado físico. É uma ideia difícil de assimilar só com a imaginação, mas ela existe: essa é a proposta do laptop gamer Honeycomb Glacier, protótipo que a Intel levou para a Computex 2019.

Intel Honeycomb Glacier (Foto: Vjeran Pavic / The Verge)

Intel Honeycomb Glacier (Foto: Vjeran Pavic / The Verge)

A ideia não é inédita. Para citar exemplos recentes, a Asus apresentou no começo da semana o ZenBook Duo e o ZenBook Pro Duo, dois notebooks que também trazem duas telas, com a inferior dividindo espaço com o teclado físico.

Mas o que chama atenção no Honeycomb Glacier é que a segunda tela pode ser inclinada, assim, ela não precisa ficar o tempo todo alinhada com o teclado. É como se, em vez de duas partes, o notebook se desdobrasse em três.

O que torna essa ideia interessante é que ela permite que a tela principal tenha ajuste de altura, de modo que você possa deixá-la no nível dos olhos, observe:

Essa tela é um painel full HD de 15,6 polegadas. Já a tela secundária tem 12,3 polegadas e 1920x720 pixels, mas, por dividir a base inferior do notebook com o teclado, tem um formato retangular mais avantajado.

Como o campo de visão da tela secundária é mais limitado, a sua experiência de uso não é equivalente a de um computador com dois monitores. Apesar disso, ela pode ser útil para comparar informações, acessar menus adicionais de editores de imagens ou dar acesso a recursos de jogos, por exemplo.

Relembrando, o protótipo é um notebook gamer. Não por acaso, o Honeycomb Glacier exibido pela Intel na Computex possui processador Core i9 com TDP de 45 W (provavelmente, é um Core i9-9980H de nona geração) e GPU Nvidia GeForce GTX 1070.

Repare ainda que a tela secundária toma o espaço que é habitualmente usado para posicionar o touchpad. A solução adotada aqui foi a de colocar esse componente à direita do teclado.

Outro detalhe interessante: o laptop foi equipado com uma câmera de rastreamento ocular da Tobii. Com essa tecnologia, o usuário pode mudar automaticamente de tela para acessar determinados recursos, basta olhar para ela.

Embora tenha aparência de produto bem-acabado, o Intel Honeycomb Glacier é um apenas um conceito e, portanto, tem chances praticamente nulas de chegar ao mercado.

De todo modo, a ideia pode servir de inspiração para outras empresas e, assim, fazer o ZenBook Duo e o ZenBook Pro Duo terem concorrentes.

Com informações: The Verge, CNET, Engadget.