Início » Internet » Google mantém plano de limitar bloqueadores de anúncios no Chrome

Google mantém plano de limitar bloqueadores de anúncios no Chrome

O Google havia prometido revisar mudanças no Chrome, mas deve mesmo limitar a ação de bloqueadores

Victor Hugo Silva Por

Mesmo após prometer uma revisão sobre o assunto, o Google deve realmente manter a mudança que limita a atividade de bloqueadores de anúncios no Chrome. Em fórum para desenvolvedores, um representante da empresa afirmou que a API usada para esconder propagandas será substituída.

A alteração entrará em vigor no Manifest V3, a nova versão da plataforma de extensões do Chrome que deverá começar a ser liberada nos próximos meses. Ela descontinuará recursos de bloqueio oferecidos atualmente pela API WebRequest no Manifest V2.

Google mantém plano de limitar bloqueadores de anúncios no Chrome

A API, que deixa extensões bloquearem conteúdos antes mesmo do carregamento, seguirá disponível, mas se tornará mais limitada. Os desenvolvedores que usam a WebRequest para seus bloqueadores de anúncios deverão fazer mudanças para eles continuarem funcionando.

Para contornar a mudança na WebRequest, uma saída será usar a API DeclarativeNetRequest, que, em tese, tem a mesma utilidade. No entanto, ela exige que extensões enviem uma espécie de lista de filtros de bloqueio para o Google.

Além da empresa aparecer como uma intermediária, a nova API define um limite para o tamanho dessa lista. Atualmente, as extensões do Chrome que usam a DeclarativeNetRequest podem definir até 30 mil regras na instalação e outras 5 mil dinâmicas.

Para se ter uma ideia, o EasyList, um conjunto de filtros usado por diversos bloqueadores, conta com 76 mil regras. O Google afirma que está estudando ampliar esse limite para ajudar os desenvolvedores.

“Estamos planejando elevar esses valores, mas não teremos números atualizados até que possamos executar testes de desempenho para encontrar um bom limite superior que funcione em todos os dispositivos suportados”, afirmou o representante da empresa, no fórum.

Em fevereiro, o Google indicou que a mudança para o Manifest V3 oferecerá mais privacidade para os usuários, dificultará a ação de extensões maliciosas e melhorará a performance do navegador. A nova plataforma, no entanto, deverá levar alguns meses para ser liberada e ainda mais tempo para chegar à maioria dos usuários.

Com informações: Google Groups, 9to5Google, Android Police.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Henrique

Você está usando rasperberry?

johndoe1981

Não estou reclamando de pagar os serviços gratuitos com dados pessoais, seria até hipocrisia minha. Como é sabido, se um serviço é gratuito, é óbvio que na verdade o usuário é o produto, e as anunciantes, o cliente. Mas eu também não vou ficar vendo anúncio indiscriminadamente se eu tiver a oportunidade. Bem ou mal, ainda considero menos pior os meus dados na mão da Google do que de uma empresa chinesa. E boa parte dos sites que acesso estão na lista branca, como o Tecnoblog, basta não abusar dos anúncios.

O meu comentário foi no sentido de que é meio arriscado a Google depender quase que exclusivamente de publicidade pra sobreviver. Essa preocupação de dificultar a ação dos adblockers não é tão grande por parte de outras gigantes de tecnologia como a Microsoft, que não depende de publicidade pra sobreviver. Embora ela também venda os dados, não tem pra onde correr, afinal muitos serviços da empresa de Redmond são gratuitos. E se bobear, até mesmo com serviços e produtos pagos duvido que haja garantia de que esses dados não serão vendidos.

Não sou ingênuo de esperar que ela não dificultaria um recurso que atrapalhe o seu ganha-pão. Assim como é direito dela dificultar a ação dos adblockers, é direito meu procurar outro navegador caso ela faça isso.

Rod

Interpretei que você quer usar serviços online sem pagar por eles com dados pessoais. Errei?

johndoe1981

Ia dizer "laughs in "Edge" mas aí lembrei que o Edge passou a usar a mesma base do Chrome.

Franco Luiz

Anos de escolaridade ruim no país da um desconto pra ele

johndoe1981

Olha, ele não tem capacidade de interpretar um texto.

Rod

Olha, ele gosta de almoço grátis.

小岩井

É, eu vi que o pessoal do Brave vai barrar essas coisas

João Paulo Rochel

nesta página
14 ou 10%

desde a instalação
1.531.941 ou 9%.

João Paulo Rochel

152.392 no total

Lucas Blassioli

Mas certeza que esses navegadores vão arrumar um jeito

Lucas Blassioli

Tava focando nos navegadores com adblock nativo... Edge é legal, mas não tem adblock nativo.

🌊 2000

Obrigado por compartilhar essa info. Pois eu estava usando o Samsung Browser que parece que é baseado no Chromium. Tem tema escuro (aka modo noturno) para qualquer página e vem com bloqueador de propagandas a escolha.

leonald eufrasio junior

A banda de casa é de 50MB Fibra. 4G já não tem muita velocidade mesmo então não faz diferença. Mas no geral não uso celular para navegação.

John Smith

Não compromete sua velocidade de conexão?

Exibir mais comentários