Início » Celular » Moto Z4 é oficial com câmera de 48 megapixels e suporte a módulo 5G

Moto Z4 é oficial com câmera de 48 megapixels e suporte a módulo 5G

Motorola anuncia Moto Z4 com leitor de digitais sob a tela e bateria maior; celular é compatível com Moto Snap de 5G

Felipe Ventura Por

O Moto Z4 é um caso curioso: este celular não foi simplesmente vazado, ele foi vendido pela Amazon antes do lançamento, revelando praticamente todos os seus detalhes — isso inclui a câmera de 48 megapixels, leitor de digitais sob a tela, bateria maior e Android 9 Pie. Nesta quinta-feira (30), a Motorola decidiu oficializar o aparelho com uma informação adicional: ele é compatível com módulos 5G.

https://www.youtube.com/watch?v=9ylcGAoSolE

Sim, o Moto Z4 é um sucessor do Moto Z3 Play vendido no Brasil, trazendo um processador Snapdragon 675, 4 GB de RAM e 128 GB de armazenamento expansível. Ele mantém o painel OLED e a resolução Full-HD+, mas oferece uma tela maior de 6,4 polegadas com notch para a câmera frontal. O leitor de digitais fica embutido no display; a fabricante avisa que ele só funciona com películas compatíveis (assim como no Galaxy S10).

A Motorola não poderia alterar muito as dimensões do Moto Z4 porque precisa manter a compatibilidade com Moto Snaps lançados anteriormente. Em especial, ele pode usar um módulo 5G para se conectar à rede da operadora Verizon. Há também um kit com o celular e a Moto 360 Camera para fotos e vídeos de 360 graus.

Segundo a Motorola, o Moto Z4 é “compatível com todos os Moto Mods” (Moto Snaps no Brasil). No entanto, como vimos antes, os módulos antigos não se encaixam muito bem no aparelho, deixando uma lacuna na traseira.

Segundo o Engadget, a traseira do Moto Z4 é feita de vidro fosco e levemente curvado, reduzindo a superfície plana e deixando um espaço nas bordas dos módulos antigos. Isso não acontece com os Moto Snaps de 5G e da Alexa, mais recentes. A Motorola diz que testou todos os acessórios no Z4 e não prevê nenhum problema com o novo design.

Moto Z4 tem câmera de 48 megapixels e bateria maior

A câmera do Moto Z4 tem 48 megapixels; por padrão, ela tira fotos de 12 MP usando a tecnologia Quad Pixel que combina quatro pixels em um só, a fim de capturar mais luz e gerar imagens mais nítidas.

Há também o modo Night Vision para fotos em baixa iluminação; é um recurso presente também no Motorola One Vision. Ele “agrupa 8 fotos, cada uma com diferentes valores de exposição, reduzindo o ruído de forma dinâmica e aumentando a nitidez”, segundo a empresa.

A câmera frontal de 25 megapixels também usa a tecnologia Quad Pixel para fotos mais nítidas. A tela é usada como flash ao piscar na cor branca.

Lembra quando a Motorola lançou o Moto Z Play com uma bateria grande (3.510 mAh), e aí cortou a capacidade dela no Z2 Play e Z3 Play, aparentemente para vender módulos de bateria? Bem, o Moto Z4 deixa isso de lado e traz uma bateria de 3.600 mAh que promete autonomia de até dois dias.

O novo aparelho roda Android 9 Pie com as adições tradicionais da Motorola, como o app Moto Ações e Moto Tela. Ele tem entrada 3,5 mm para fone de ouvido, rádio FM e até suporte ao protocolo da Microsoft para canetas stylus (!).

O Moto Z4 será lançado nos EUA nas cores cinza claro e branco por US$ 499,99. Ele estará disponível em varejistas online a partir de 6 de junho; ainda não temos uma data de lançamento para o Brasil. O módulo 5G normalmente custa US$ 200, mas será incluso de graça para clientes da Verizon por tempo limitado.

Motorola Moto Z4 – ficha técnica:

  • Tela: 6,4 polegadas, OLED, Full-HD+ (2340×1080), proporção 19:9, 85% de aproveitamento, vidro Gorilla Glass 3
  • Processador: Qualcomm Snapdragon 675
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento: 128 GB, microSD de até 2 TB
  • Câmera traseira: 48 megapixels f/1,7, fotos de 12 MP com Quad Pixel, OIS
  • Câmera frontal: 25 megapixels f/2,0
  • Bateria: 3.600 mAh, TurboPower de 15 W, carregamento wireless através de Moto Snap (não incluso)
  • Sistema operacional: Android 9 Pie
  • Design: conector para Moto Snaps, estrutura de alumínio série 6000, traseira de vidro Gorilla Glass 3, revestimento interno P2i contra respingos
  • Mais: leitor de digitais sob a tela, USB-C 3.1, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, Wi-Fi 802.11ac dual-band, Bluetooth 5.0, NFC, rádio FM
  • Dimensões: 158 x 75 x 7,35 mm, 165 g

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Celso

Se o Z2 Force não rendeu o que ela esperava, mas Z Play e G rendem, talvez faça sentido, sim.

Celso

O Z3 foi mais pra cumprir tabela, ou no caso, contrato com a Verizon.
Até porque não saiu dos Estados Unidos.

Na prática, o Z2 Force foi o último Z realmente top que ela lançou.

Rod

Enquanto tá novo, né. Depois que tá cheia de burn-in....

pedro henrique

Só eu que achei que eles não mudaram quase nada pra depois vir com um modelo upado e mais caro do z4, não que seja super previsível e normal pra Motorola

Anderson

A Apple ser criticada pelo design dos aparelhos que fabrica é um tiro no pé, já que se trata de uma fabricante conservadora e que visa atender a um nicho específico de cliente. Nunca, jamais na galáxia, a Apple poderá, em termos de design e público alvo, quero dizer, ser comparada com uma Samsung da vida, que pulveriza seus produtos como se não houvesse amanhã.

Anderson

Será que a Lenovo se tornou a Fiat dos smartphones, se é que você me entende?

ANTONIO SP

TRABALHAMOS COM DESBLOQUEIO DE IMEI IMPEDIDO PARA CELULARES

CHAMAR NO WHATSAPP

011964845915

Enzo Suzart

Que vergonha, ZenFone 6 que é top de linha tá no mesmo preço. Não entendi o objetivo da Motorola com isso aí e chamar 3600mAh de bateria grande com vários modelos com 4000mAh e até o anteriormente citado Zen 6 com 5000 chega a ser cômico.

nice guy

Depende muito do nível do painel, não é só porque é OLED que é automaticamente bom.

Jonas S. Marques

Bom, todos os aparelhos realmente premium vem com Gorila Glass 5 ou 6. Nunca vi esses testes e, conhecendo bem a Lenovo, não duvido que seja corte de custo.

Maicon Bruisma

Seria injusto pq apesar de Xiaomi estar no BR já os preços não são baixos. Mas eu, particularmente falando, pegaria sim um Mi9 SE já no BR, não pelo hardware, pela tela, pela miui ou qualquer frescura. Mas por causa do sensor principal da câmera. Um dos motivos de não ter pego um Redmi note 7 e estar esperando o Pro

Diogo Mendes

Esse celular e mais para concorrer com o Pixel 3A. Pessoal so leva em consideração a configuração de hadware. Não vi ninguem falar sobre a tela. Uma tela oled. A imagem fica linda em uma Oled. Para colocar uma tela oled ele perdeu na configuração de hadware.

José Espedito Félix Martins

Não me incomoda a aparência, mas 4 gigas de RAM, um Snapdragon inferior ao 835 e uma bateria de 3.600 mA/h não me estimula a trocar meu Moto Z2 Force por esse Z4.
Se eu tiver de trocar o Z2 Force, farei a troca por um S9 Plus.

Matheus Moura

Se não fizer a gcam dá o talento

André Lourenço.

Não faz sentido esse smartphone.
Uma câmera apenas, processador intermediário.
Ficou igual ou pior que G7 e One!
Na linha Z3 deixou de ser top, lançaram One, tbm intermediário e agora novamente....
Quer dizer G7 plus, One e Z4 só muda a aparência!
Não faz sentido a Motorola não ter nenhum tipo da linha!

Exibir mais comentários