Início » Celular » Samsung fecha parceria com AMD para levar GPU Radeon a smartphones

Samsung fecha parceria com AMD para levar GPU Radeon a smartphones

Em troca dos gráficos Radeon, Samsung pagará taxas e royalties à AMD

Por
03/06/2019 às 13h16

Já pensou em ter um smartphone com GPU Radeon? Essa ideia não está longe da realidade: nesta segunda-feira (3), a Samsung anunciou um acordo de licenciamento com a AMD para levar a tecnologia gráfica da linha Radeon ao seus celulares.

De longo prazo, a parceria girará em torno da RDNA (Radeon DNA), arquitetura de núcleo que será a base das placas de vídeo da família Radeon Navi. Uma delas foi anunciada na semana passada, durante a Computex 2019: a AMD Radeon RX 5700.

Os detalhes sobre essa nova arquitetura ainda não foram liberados, mas sabe-se que ela permitirá que a GPU tenha até 25% desempenho gráfico “clock a clock” na comparação com as atuais placas de vídeo Vega.

Samsung Galaxy S10+

Samsung Galaxy S10+

Em nota, a Samsung declarou apenas que a parceria com a AMD permitirá o lançamento de produtos gráficos e soluções inovadoras para o segmento móvel. É de se presumir, no entanto, que a arquitetura RDNA será integrada aos chips mais avançados da família Exynos.

Não está claro quando os primeiros chips da Samsung com gráficos Radeon serão lançados. Por ora, as duas empresas revelaram apenas as principais condições do acordo.

Uma delas confirma que a AMD licenciará à Samsung o desenvolvimento de unidades gráficas baseadas na arquitetura RDNA para implementação em smartphones, tablets e, eventualmente, outros dispositivos.

Por sua vez, a Samsung se compromete a pagar royalties e taxas de licenciamento à AMD, como não poderia deixar de ser.

Mais sobre: , ,