Início » Aplicativos e Software » Apple não mata iTunes no Windows e continua a vender músicas

Apple não mata iTunes no Windows e continua a vender músicas

Apesar do fim no macOS Catalina, o iTunes ainda poderá ser usado para gerenciar músicas, vídeos e podcasts no Windows

Por
04/06/2019 às 13h43

O fim do iTunes foi uma das principais notícias da WWDC. O programa será descontinuado no macOS e dará lugar a três novos aplicativos: Apple Music, Apple Podcasts e Apple TV. A empresa não revelou como ficariam os usuários de Windows, mas, aparentemente, ainda poderão usar o serviço.

Segundo o Ars Technica, a Apple não vai encerrar – ao menos, por enquanto – a versão do iTunes para Windows. A empresa informou ao site que a versão do programa para o sistema da Microsoft não terá mudanças e poderá continuar sendo usada para gerenciar músicas, vídeos e podcasts.

O iTunes não estará mais presente em Macs com a atualização para o macOS Catalina, mas seguirá funcionando no Windows. A Apple afirma que não tem planos de encerrar o suporte ao programa, mas não especificou se ele ainda receberá atualizações.

Fim do iTunes, mas não da venda de músicas

Apesar da decisão de descontinuar o iTunes no macOS, a Apple não abandonará o modelo de venda de músicas popularizado pelo serviço. Com isso, a empresa ainda terá uma alternativa para usuários que preferem possuir o arquivo e não desejam assinar o Apple Music.

O encerramento do iTunes no macOS representa, na prática, o fim da marca. Ainda será possível, por exemplo, aproveitar o recurso que permite sincronizar na nuvem arquivos que não foram adquiridos na plataforma.

E, como já havia sido confirmado pela Apple, os arquivos da biblioteca do iTunes serão levados para o Apple Music. Assim, ninguém perderá músicas compradas na plataforma ou copiadas de CDs.

Finder sincronizará arquivos de iPhone, iPad e iPod

O iTunes sempre foi o responsável por enviar arquivos de Macs para iPhones, iPad e iPods. Agora, essa tarefa será do Finder. Ao reconhecer um dispositivo conectado, o gerenciador de arquivos do macOS o mostrará em sua barra lateral.

Caso o aparelho seja selecionado, o Finder apresentará uma tela bem parecida com a do iTunes. A ferramenta mostrará informações sobre o dispositivo e permitirá sincronizar arquivos em abas como músicas, filmes, podcasts e fotos.

Foto: Ron Amadeo/Ars Technica

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.