Início » Gadgets » Xiaomi faz recall de 10 mil patinetes elétricos Mi Electric Scooter M365

Xiaomi faz recall de 10 mil patinetes elétricos Mi Electric Scooter M365

Xiaomi Mi Electric Scooter (M365) tem parafuso no mecanismo de dobra que pode se soltar e quebrar patinete em alguns casos

Felipe Ventura Por

A Xiaomi descobriu um problema em algumas unidades do patinete elétrico Mi Electric Scooter M365: um parafuso no mecanismo de dobra pode se soltar, fazendo a parte superior se desprender da base durante o uso. O recall afeta 10 mil unidades no total, principalmente no Reino Unido: a empresa não menciona o Brasil, mas não conseguiu identificar o local de compra em certos casos.

Xiaomi Mi Electric Scooter M365

Xiaomi Mi Electric Scooter M365

Segundo a Xiaomi, existem 10.257 unidades com esse defeito, produzidas entre 27 de outubro e 5 de dezembro de 2018. A maior parte foi adquirida no Reino Unido (7.849 unidades) e em outros países da Europa. A empresa não pôde identificar o local de 169 desses patinetes.

"Pedimos a todos aqueles que compraram este produto que parem imediatamente de usar a Xiaomi Mi Electric Scooter (M365) até que tenham determinado se seu patinete faz parte do recall", diz a empresa.

Se você tem uma Mi Electric Scooter, pode conferir se sua unidade é afetada acessando esta página e inserindo o número de série; ele fica localizado na lateral do dispositivo. O programa de recall começa em 26 de junho no Reino Unido e em 1º de julho em outros países.

Xiaomi Mi Electric Scooter M365

Não tente consertar falha por conta própria, pede Xiaomi

A falha foi corrigida pela fabricante e não aparecerá em futuras unidades, diz a Xiaomi. Ela pede que, se você notar um parafuso solto no patinete, não tente consertá-lo por conta própria. "Quaisquer scooters que foram modificados não fazem parte deste recall", avisa a empresa.

A DL Eletrônicos vende a Mi Electric Scooter em sua loja física e através do varejo online por R$ 3.999. Em comunicado ao Tecnoblog, a empresa diz que "o lote Brasil nada tem a ver com as unidades que apresentaram falhas".

A Xiaomi confirma ao TechCrunch que as unidades do recall não estão sendo usadas em serviços de compartilhamento de patinetes. Nos EUA, a Bird tinha uma frota de Mi Electric Scooters, mas as substituiu por modelos customizados.

Estes são os países onde as unidades defeituosas foram compradas:

  • Reino Unido: 7.849
  • Alemanha: 613
  • Espanha: 509
  • Dinamarca: 258
  • Cazaquistão: 200
  • Myanmar: 175
  • Colômbia: 97
  • Turquia: 80
  • Laos: 79
  • Itália: 37
  • Hungria: 34
  • Grécia: 31
  • Coreia do Sul: 30
  • Macau: 25
  • Emirados Árabes Unidos: 22
  • Bélgica: 17
  • Portugal: 16
  • Singapura: 14
  • Rússia: 1
  • Tailândia: 1
  • Não identificado: 169

Atualizado às 16h36 com resposta da DL Eletrônicos.

Mais sobre: , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Hemerson Silva
Parabéns a Xiaomi, recall sendo feito.
Hemerson Silva
Não, custa 3999.
Gabriel Castro
Ou n, sou fã da xiaomi, usuario de alguns produtos, mas as vzs ela faz umas cagadas q n da pra entender, pelo menos n morreu ningm ainda por causa disso
Robert Rey
É essa bagaça que na loja daqui custa quase 5k?
Daniel Ribeiro
Xiaominions agora estão em negação.
Jairo ☠️
As 169 não identificadas devem estar no Paraguai para venda aos huezeiros