Início » Jogos » E3 2019: Luigi’s Mansion 3 e sequência de Breath of the Wild a caminho

E3 2019: Luigi’s Mansion 3 e sequência de Breath of the Wild a caminho

Para fechar as conferências da E3 2019, a Nintendo trouxe algumas surpresas no seu Direct

Vivi Werneck Por

A já tradicional Nintendo Direct encerrou, nesta terça-feira (11), as conferências da E3 2019. Luigi’s Mansion 3 ganhou trailer explicando as mecânicas do game, a edição completa de The Witcher III chega, ainda este ano, para o Switch e Banjo-Kazooie estará em Super Smash Bros Ultimate. Teve também The Legend of Zelda: Link’s Awakening, com lançamento para 20 de setembro de 2019, e o anúncio da sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild. Veja os destaques da Nintendo, a seguir.

A maior feira de games do mundo acontece em Los Angeles, dentre 11 a 13 de junho. As principais conferências começaram no sábado (9) e terminaram nesta terça-feira (11).

Nintendo

A conferência da Nintendo na E3 é a primeira após a saída de Reggie Fils-Aime, como presidente e diretor de operações da empresa nos Estados Unidos. Doug Bowser assumiu o posto, com direito a sempre piada pronta entre o famoso inimigo do Mario e ele, na apresentação.

As expectativas estavam altas em torno de novidades sobre o andamento de Metroid Prime 4 e uma possível data de lançamento para Bayonetta 3, mas nada disso sequer foi mencionado no Direct.

Vamos aos destaques:

Luigi’s Mansion 3

Luigis Mansion 3

O game do Luigi e sua compulsão em se meter em lugares assombrados ganhou um novo vídeo e, agora, mostra como funcionará alguns aspectos do gameplay. Há várias formas de usar o “aspirador de fantasmas”, ou a Poltergust G-00, do personagem para incapacitar inimigos, atordoá-los, sugá-los (ao bom estilo Ghostbusters) e resolver puzzles.

O jogador também poderá criar uma versão do Luigi feita de ectoplasma (ou algum tipo de geleca verde) para passar por frestas, chão com espinhos e etc. O espírito do personagem é meio que transportado para a tal geleca, chamada de Gooigi, e você pode movimentá-la livremente. Apenas cuidado para não cair na água, ou sua versão amoeba será completamente diluída.

Você poderá jogar em cooperativo também, local ou online, no modo ScareScraper. Nessa modalidade, você e seus amigos precisam derrotar todos os fantasmas antes do tempo acabar e encontrar Toads perdidos.

Luigi’s Mansion 3 se passa num hotel e aparenta ser um jogo de plataforma divertido e com puzzles, apesar de parecerem simples, interessantes de resolver. Ah, e o Luigi assustado é adorável. O jogo chega ainda em 2019.

Sequência de The Legend of Zelda: Breath of the Wild

O anúncio, e vídeo com teaser, da sequência do premiado The Legend of Zelda: Breath of the Wild foi, estrategicamente, deixado para o final da conferência. Sem qualquer menção de data ou detalhes, o que já se pode observar é que o mesmo estilo visual será mantido. O que é um ponto muito positivo.

No teaser, Link e Zelda exploram as ruínas do que parece ser um castelo ou cidade subterrânea. Mas eles não estão sozinhos e uma estranha energia começa a se manifestar. A partir daí, uma sequência de imagens mostra os dois tentando escapar do local e de um novo mal que desperta.

Outros anúncios

Super Smash Bros. Ultimate ganha reforços de peso com a chegada de lutadores de Dragon Quest XI S: Echoes of an Elusive Age e da adorável dupla Banjo-Kazooie. Ambos os extras chegam esse ano.

The Witcher 3: Wild Hunt Complete Edition chega para o Nintendo Switch e levará tanto o jogo base quanto as expansões (Hearts of Stone e Blood and Wine) para o console, em 2019. Todos os 16 DLCs gratuitos estão no pacote também. A caixa do jogo virá com brindes físicos, como um compendium do universo de The Witcher, um mapa do jogo e adesivos.

A Nintendo aproveitou sua apresentação para mostrar trailers de The Dark Crystal Age of Resistance Tactics, Trials of Mana (que chega no início de 2020), Fire Emblem: Three Houses (lançamento em 26 de julho de 2019), Resident Evil 5 e 6 (ainda em 2019) e Travis Strikes Again: No More Heroes (para 2020).

Banjo-Kazooie

Também vimos Contra Rogue Corps (chega em 24 de setembro de 2019), Daemon X Machina (para 13 de setembro deste ano), Marvel Ultimate Alliance 3: The Black Order (ainda em 2019), Animal Crossing: New Horizons (março de 2020), Mario and Sonic at the Olympic Games (para 2019), Super Mario Maker 2 (em 28 de junho) e outros anúncios.

The Legend of Zelda: Link’s Awakening chega ainda em 2019, mas precisamente no dia 20 de setembro, e te leva a uma nova visita à Ilha Koholint – só que agora com um visual totalmente remodelado.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

danielnbl

Então. São bons o suficiente. O online ok. As promoções nem tanto. Nessas semanas eu tenho comprado muito jogo bom por cerca de 10 reais. Joycons é algo a melhorar.

Mas não considero nada o suficiente para ser considerado limitado. É um console portátil que também serve como de mesa.

uB.

O tamanho é legal, tem gente q é grande demais e espera por uma versão mini.

Minha única reclamação é o excesso de bordas (tem 2!). Claro q maior seria melhor, mas este tamanho nunca me incomodou.

Keaton

Pena que a tela parece pequena. (no meu caso, 7" é pouco. Alta miopia. -22 em ambos)

johndoe1981

São ports competentes mas não são milagrosos. E o ecossistema online da Nintendo deixa muito à desejar perante à PlayStation Network e Xbox Live, sem contar a falta de promoções e de planos bem implementados como o Xbox Game Pass. Os jogos são bons, mas a plataforma de hardware e de ecossistema da Nintendo deixa muito a desejar. E tenho lido com frequência reclamações sobre os JoyCons.

danielnbl

Nintendo maior e melhor <3
E tanta gente dizendo poucos anos atrás que ela tava falindo kkkk
As vendas devem ultrapassar as do PS4 no final da vida dele que ainda deve demorar um bom bocado

danielnbl

To esperando 2020, 2021 :)

danielnbl

""Limitado"". Bem entre aspas pois o console tem recebido muitos ports muitíssimo competentes. E vale lembrar que todos os jogos rodam no modo portátil.

uB.

É, ele é excelente mesmo. Mas aí perco a principal vantagem do Switch: mesmo estando em casa, gosto de jogar no modo portátil, raramente jogo na TV. E, infelizmente, n existe um "Pro JoyCon". =/

Eduardo Alvim

Eu viajei pra fora ano passado e resolvi comprar um videogame pro meu filho, que fez 5 anos agora em abril... Cai na burrice de comprar um PS4, que agradaria ambos... Não funcionou. Esse ano comprei um Switch e agora sim, o garoto já é um gamer, rs... Muitas horas de diversão com Mario Kart e o Mario Odissey, que aliás, é uma obra-prima... Muito feliz de poder compartilhar esses momentos com meu mini-menininho :-) Esperando ansiosamente pelo Link's Awakening, acho até que vou encomendar na pré-venda na eStarland, que tem a manha de enviar pro Brasil de modo com que passe liso por Curitiba.

Eduardo Alvim

Comprei o controle pro e melhora bastante.

johndoe1981

Os jogos são bons, o que lasca é o hardware limitado e superfaturado pra poder jogá-los, uma pena.

uB.

Viajei pros USA e aproveitei pra comprar um Switch + Zelda e falei: vou comprar, zerar Zelda e vender...

Quem disse q vendi depois.... apaixonei pelo bichinho! É realmente muito, muito bom! O q avacalha é a qualidade ruim dos botões/analógicos dos JoyCons =/

Fora isso, recomendo, óbvio q n tem o melhor gráfico do universo, mas tem muito jogo bom e a possibilidade de jogar sem a TV é muito bom!

uB.

Pois é, basta continuar inovando e entregar ainda mais. A engine poderosa pra explorar eles já possuem.

Agora se fizer mais do mesmo vai decepcionar!

Trovalds

E com essa conferência e esses games a big N vai vender Switch igual pão quente na padaria. Aliás fiquei com vontade de ter um só pra jogar Luigi's Mansion 3 e o Link's Awakening novo.

Eduardo Braga

Pior que não duvido mesmo que ganhem centenas de prêmios como o BOTW.

Exibir mais comentários