Início » Negócios » Centauro não desiste e agora tenta comprar Netshoes por US$ 115 milhões

Centauro não desiste e agora tenta comprar Netshoes por US$ 115 milhões

Mas ainda há boas chances de que a Netshoes aceite a proposta do Magazine Luiza

Por
12/06/2019 às 13h45

Quando a novela parece que vai chegar ao fim, surge um novo capítulo: o Grupo SBF, responsável pelas lojas Centauro, não desistiu da Netshoes e aumentou a sua oferta de aquisição para cerca de US$ 115 milhões. É mais uma tentativa de derrubar as propostas feitas pelo Magazine Luiza.

No fim de abril, o Magazine Luiza anunciou um acordo para comprar a Netshoes por US$ 62 milhões. Porém, três semanas depois, justamente no dia em que a empresa anunciou a aprovação do negócio pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), o Grupo SBF ofereceu US$ 87 milhões pela Netshoes.

Aí a disputa começou. Desde então, as duas empresas passaram a fazer ofertas cada vez mais altas para fechar negócio, observe:

  1. Magazine Luiza anuncia compra da Netshoes por US$ 62 milhões (US$ 2 por ação);
  2. O Grupo SBF faz proposta de US$ 87 milhões (US$ 2,80 por ação);
  3. O Magazine Luiza reage com uma proposta de US$ 93 milhões (US$ 3 por ação);
  4. Grupo SBF sobe oferta para US$ 109 milhões (US$ 3,50 por ação).

Nessa última proposta, o Grupo SBF chegou a prometer um aporte de até R$ 70 milhões na Netshoes imediatamente após a aprovação do negócio e a firmar um contrato para disponibilizar os produtos da Centauro na plataforma da loja online.

Netshoes

Mesmo assim, o conselho de administração da Netshoes recomendou aos acionistas que a venda seja feita ao Magazine Luiza sob o argumento de que “o preço incremental diferencial oferecido pela Centauro foi insuficiente para compensar riscos relacionados a um cronograma mais longo para o fechamento”.

Diante da situação desfavorável, o Grupo SBF aumentou novamente a sua proposta: agora, a empresa está oferecendo US$ 3,70 por ação, fazendo o total se aproximar de US$ 115 milhões — a negociação vem sendo feita em dólares porque a Netshoes tem sede registrada nas Ilhas Cayman.

Além disso, o Grupo SBF se comprometeu a injetar R$ 120 milhões na Netshoes tão logo a proposta seja aceita para atenuar os problemas de fluxo de caixa da loja online.

Talvez — e apenas talvez — essa novela termine nesta sexta-feira (14). Essa é a data em que a assembleia de acionistas será realizada para decidir se a proposta do Magazine Luiza será aceita.

Com informações: Folha de S. Paulo.