Início » Celular » Meizu C9 Pro chega ao Brasil como intermediário simples por R$ 599

Meizu C9 Pro chega ao Brasil como intermediário simples por R$ 599

Smartphone não chama atenção em nenhum ponto, mas o preço pode ser seu maior trunfo

Por
12/06/2019 às 16h13

A Vi, empresa que representa a chinesa Meizu no Brasil, anunciou ontem (11) o lançamento oficial do Meizu C9 Pro. O smartphone é um intermediário mais simples, sem qualquer notch, com especificações modestas e que custa R$ 599.

O C9 Pro não é um smartphone que tenta reinventar a roda, já que a marca chinesa criou um aparelho que é o básico do Android e que não chama atenção em recursos – ele deixa isso para o preço. Sem notch ou bordas finas, o gadget vem com uma tela de 5,45 polegadas e que tem resolução de 1440 x 720 pixels.

Por baixo há um processador Unisoc SC9832E que trabalha com quatro núcleos em até 1.3 GHz, junto de 3 GB de RAM e 32 GB de memória interna. A câmera traseira é de 13 megapixels e tem abertura de f/2.2, quase que idêntica ao sensor frontal, que tem a mesma resolução, mas a abertura da lente é de f/2.0 – foco em selfies por aqui, já que há alguns recursos extras para este tipo de foto.

A bateria é de 3.000 mAh e o Android roda na versão 8.0, sem previsão de atualização e com a pesada interface Flyme UI, que a Meizu utiliza em praticamente todos os smartphones que comercializa.

Tudo isso sai por R$ 599, ou R$ 699 para levar um kit que acompanha uma powerbank de 5.000 mAh, com teclado projetado com ajuda de laser e um dispositivo chamado Vi Cast, que espelha a tela do celular em uma TV – via Miracast.

O Meizu C9 Pro está disponível nas cores preto e dourado, em varejo online no Brasil, com ajuda dos marketplaces de sites do Submarino, Shoptime, Americanas, Carrefour, Cnova, Magazine Luíza e Mercado Livre.

Mais sobre: