Início » Gadgets » Sistema que controla luzes por aplicativo em empresas chega ao Brasil

Sistema que controla luzes por aplicativo em empresas chega ao Brasil

Signify lança Interact Pro, sistema para empresas controlarem seu consumo de energia através da Internet das Coisas (IoT)

Victor Hugo Silva Por
25 semanas atrás

A Signify, antiga Philips Lighting, lançou no Brasil a plataforma Interact Pro: ela permite que pequenas e médias empresas (PMEs) gerenciem pontos de luz LED através de um aplicativo para Android e iOS, ou em um portal que pode ser acessado pelo navegador. A partir deles, é possível aumentar e diminuir a iluminação em locais como escritórios, estacionamentos e pequenos comércios.

A ideia da iluminação IoT (Internet das Coisas) é evitar o desperdício e fazer com que espaços pouco frequentados dentro de uma empresa não causem tantos gastos com energia.

Por exemplo, um escritório em que funcionários saem para almoçar juntos pode desligar a iluminação nessa faixa do dia. No mesmo local, após o fim do expediente para a maioria da equipe, as luzes podem ficar menos intensas em toda a empresa, exceto no local em que alguém estiver fazendo hora extra.

Os funcionários também recebem acesso à plataforma para controlar a iluminação em suas estações de trabalho. Além disso, o sistema envia relatórios de consumo.

Sistema pode gerenciar até 200 luminárias LED

O Interact Pro é centralizado no Gateway, um pequeno dispositivo que se conecta à plataforma por meio de um QR Code ou um endereço MAC. Ele é capaz de se comunicar com até 200 luminárias LED, 15 sensores de luz e presença, e até 15 interruptores da linha Interact Ready.

Infelizmente, o Interact Pro só permite controlar luminárias e sensores da linha Interact Ready. Existe, no entanto, a chance de que a plataforma seja aberta futuramente para terceiros: com isso, ela poderia interagir com alto-falantes inteligentes do Google ou da Amazon, por exemplo.

A plataforma é voltada para espaços com até 2 mil m², mas empresas que precisam de mais pontos de luz podem adotar outro Gateway e aumentar a capacidade. Com os dispositivos pareados, o aplicativo e o portal conseguem criar cenas, isto é, configurações rápidas de iluminação.

Elas ajudam, por exemplo, a reduzir o nível de luz em uma sala para que uma apresentação seja realizada. Os sensores podem, ainda, identificar o nível de luz natural no ambiente e ajustar as luminárias.

Quanto à segurança, a Signify diz que o sistema adota os mais recentes protocolos na comunicação entre os componentes e a nuvem. Ela não revela quanto custa o sistema Interact Pro porque isso depende de cada empresa; os interessados precisam entrar em contato para saber os valores. Será que vale a pena?