Início » Negócios » Centauro oferece US$ 127 milhões pela Netshoes, mas pode ser tarde

Centauro oferece US$ 127 milhões pela Netshoes, mas pode ser tarde

Netshoes sinaliza com intenção de aceitar oferta de US$ 115 milhões do Magazine Luiza

Por
18 semanas atrás

Mais um dia, mais um capítulo da novela Netshoes: após o Magazine Luiza subir a sua oferta para US$ 115 milhões na tentativa de comprar a loja online de artigos esportivos, o Grupo SBF, responsável pela Centauro, fez mais uma proposta: US$ 127 milhões. Mas pode ter sido tarde demais.

Netshoes

A disputa pela Netshoes teve tantos “lances” que vale a pena recapitular a história:

  1. Começa com o Magazine Luiza anunciando um acordo para comprar a Netshoes por US$ 62 milhões (US$ 2 por ação);
  2. O Grupo SBF resolve comprar briga oferecendo US$ 87 milhões (US$ 2,80 por ação);
  3. O Magazine Luiza reage com uma proposta de US$ 93 milhões (US$ 3 por ação);
  4. O Grupo SBF responde com uma oferta de US$ 109 milhões (US$ 3,50 por ação);
  5. O conselho de administração recomenda aos acionistas da Netshoes que aceitem a oferta de US$ 93 milhões do Magazine Luiza;
  6. Diante da recomendação, o Grupo SBF sobe a sua oferta para US$ 115 milhões (US$ 3,70 por ação).

Para enfraquecer a última proposta do Grupo SBF, o Magazine Luiza se dispôs a pagar os mesmos US$ 115 milhões — como o conselho de administração já havia recomendado a aceitação da oferta, as condições de igualdade colocam o Magalu em vantagem.

Encurralado, o Grupo SBF apostou as suas últimas fichas: aumentou a proposta para US$ 4,10 por ação, valor que equivale a US$ 127 milhões. É mais do que o dobro do montante original oferecido pelo Magazine Luiza (relembrando, US$ 62 milhões).

Centauro

A oferta é mais tentadora, certamente, mas a Netshoes informou que o seu conselho de administração já não tem condições de avaliar a nova proposta. Isso porque a assembleia de acionistas que analisará a oferta do Magazine Luiza está marcada para esta sexta-feira (14).

Pelo jeito, adiar está fora de cogitação: o Magazine Luiza já sinalizou que não aceitará a realização de outra assembleia para tratar do assunto. Além disso, existe alguma pressa para a conclusão do negócio: a Netshoes está endividada, portanto, precisa de uma definição sobre o seu futuro o quanto antes.

Com informações: Reuters.