Início » Telecomunicações » Vivo faz reajuste e deixa planos pós-pagos até R$ 30 mais caros

Vivo faz reajuste e deixa planos pós-pagos até R$ 30 mais caros

Com reajuste, Vivo se distancia ainda mais das concorrentes TIM, Claro e Oi em custo-benefício nos planos pós-pago

Por
13 semanas atrás

Sem fazer nenhum alarde, a Vivo reajustou as mensalidades do pós-pago: os planos não terão nenhuma mudança no que diz respeito ao tamanho da franquia de dados ou benefícios, mas ficarão de R$ 10 a R$ 30 mais caros. Com os reajustes, a operadora — que já possuía os planos mais salgados — se distancia das concorrentes TIM, Claro e Oi.

Vivo

Veja abaixo os valores antigos e reajustados. Os dados são baseados em São Paulo, no DDD 11, e podem variar de acordo com a região:

  • Vivo Pós 8 GB: de R$ 119,99 para R$ 129,99 (+ R$ 10)
  • Vivo Pós 10 GB: de R$ 169,99 para R$ 189,99 (+ R$ 20)
  • Vivo Família 15 GB: de R$ 229,99 para R$ 249,99 (+ R$ 20)
  • Vivo Família 30 GB: de R$ 289,99 para R$ 319,99 (+ R$ 30)
  • Vivo Família 40 GB: de R$ 399,99 para R$ 429,99 (+ R$ 30)
  • Vivo Família 50 GB: de R$ 499,99 para R$ 529,99 (+ R$ 30)
  • Vivo Família 70 GB: de R$ 599,99 para R$ 629,99 (+ R$ 30)

Os preços antigos ainda podem ser encontrados na loja virtual da operadora; no entanto, há uma mensagem informando o reajuste a partir do mês de agosto.

Os planos Vivo Pós incluem ligações locais ilimitadas e WhatsApp sem descontar da franquia, enquanto no Vivo Família as ligações nacionais são limitadas. A partir do Vivo Pós 10 GB, o cliente tem uma franquia extra com o mesmo tamanho do plano para streaming de vídeo e música, como Spotify, YouTube e Netflix.

Quem possui banda larga fixa da Vivo com velocidade igual ou acima a 4 Mb/s leva um bônus de 10 GB nos planos Pós e de 50 GB nos planos Família.

Vivo é líder em pós-pago no Brasil

Entre os clientes da Vivo, 55,9% são da categoria pós-pago. Ao menos por enquanto, não haverá reajustes em planos controle e no Vivo V.

A Vivo lidera com folga o market share do pós-pago, com 40% dos clientes entre todas as operadoras. A vice-líder Claro possui 24%, seguida de TIM (20,4%) e Oi (10,9%).

No entanto, a operadora apresentou uma pequena retração devido ao crescimento das concorrentes na categoria: dados do Teleco indicam que a Vivo possuía 42,1% no ano de 2016, enquanto a Claro tinha 23,1%.

Os planos pós-pagos das concorrentes Claro, TIM e Oi

Não é segredo que a Vivo é a operadora com os planos mais salgados, e o reajuste a deixou ainda mais distante da concorrência.

O plano de entrada da Claro custa R$ 109,90 no débito automático e possui 7 GB de internet, 7 GB para streaming de vídeo, Instagram, Facebook, Twitter, WhatsApp e apps de mobilidade sem descontar da franquia, além de Passaporte Américas.

O TIM Black de entrada custa R$ 119,99 por mês e tem 8 GB de internet, 8 GB para streaming de vídeo, Instagram, Facebook, Twitter, WhatsApp, Telegram e apps de mobilidade sem descontar da franquia. Quem colocar a cobrança em débito automático e receber a fatura digital leva um bônus de 2,5 GB.

A Oi é a operadora mais agressiva. Sua principal opção no pós-pago custa R$ 99 e tem 50 GB de internet, além de Netflix, YouTube, Facebook, Instagram e WhatsApp sem descontar da franquia.

Mais sobre: , , , , , ,