Início » Celular » Vivo apresenta Super FlashCharge para recarga de bateria a 120 W

Vivo apresenta Super FlashCharge para recarga de bateria a 120 W

Tecnologia Super FlashCharge da chinesa Vivo promete carregar um celular de 4.000 mAh a 120 W em 13 minutos

Por
13 semanas atrás

A fabricante chinesa Vivo subiu mais um degrau na tecnologia de carregamento rápido: ela anunciou o Super FlashCharge de 120 W, que promete carregar totalmente um celular de 4.000 mAh em 13 minutos. O recurso pode equipar os novos smartphones 5G da empresa.

Carregamento Super FlashCharge de 120 W

A Vivo ainda não deu detalhes de como essa tecnologia funciona. Essa explicação deve ocorrer na MWC de Xangai, que ocorre entre os dias 26 e 28 de junho; o evento terá foco em 5G, internet das coisas e inteligência artificial. No entanto, o anúncio e até uma demonstração já foram publicados pela empresa.

Em vídeo divulgado na rede social Weibo, a Vivo demonstrou um celular de 4.000 mAh sendo recarregado bem rápido com o Super FlashCharge. A fabricante afirma que bastam cinco minutos para que o celular seja carregado pela metade, e 13 minutos para chegue aos 100%.

Xiaomi e Huawei também apostam em recarga rápida

Antes disso, a Xiaomi apresentou seu carregamento de 100 W, cuja produção em massa deve ser iniciada ainda este ano. Os mesmos 4.000 mAh foram carregados em 17 minutos, quatro a mais que o tempo prometido pela Vivo para o Super FlashCharge.

Em março, a Vivo lançou o primeiro celular de sua subsidiária focada em jogos: o iQOO tem capacidade de bateria de 4.000 mAh e um carregador de 44 W, também chamado de Super FlashCharge. Nele, o carregamento total da bateria é feito em 45 minutos.

Aqui no Brasil, o Huawei P30 Pro tem uma bateria de 4.200 mAh, que vem com adaptador de 40 W. Nos testes feitos pelo Tecnoblog, foram necessários 56 minutos para abastecer o celular por completo; mas com meia hora de carga, o celular já tinha 73% de bateria.

Meu único receio com esse tipo de carregamento é provocar um superaquecimento e fazer o celular pegar fogo. Ninguém consegue esquecer o desastre que foi o Galaxy Note 7, por um erro de engenharia. Você dormiria com um celular carregando assim debaixo do travesseiro?

Com informações: Gizmochina.