Início » Celular » Samsung e Huawei crescem enquanto Apple cai em celulares premium

Samsung e Huawei crescem enquanto Apple cai em celulares premium

Apple ainda lidera segmento, com 47% das vendas de smartphones mais caros

Paulo Higa Por
21 semanas atrás

A Apple continua na liderança absoluta do mercado de celulares premium, mas perdeu espaço para duas concorrentes no primeiro trimestre de 2019: a Samsung e a Huawei. De acordo com a Counterpoint Research, os coreanos conquistaram uma fatia recorde de 25% no segmento, enquanto a marca chinesa obteve boas vendas com as linhas Mate e P — mas isso pode mudar no próximo relatório.

Samsung Galaxy S10e e Huawei P30 Pro

Samsung Galaxy S10e e Huawei P30 Pro

No primeiro trimestre de 2019, 47% dos celulares premium, isto é, aqueles com preço no atacado superior a US$ 400, foram comercializados pela Apple. Ainda se trata de uma posição confortável para a empresa de Tim Cook, mas isso representa uma queda de 8% no segmento em relação ao mesmo período de 2018. A Counterpoint diz que o ciclo de vida dos iPhones subiu para cerca de três anos, o que tem afetado as vendas.

Já a Samsung conseguiu melhorar suas vendas devido às “alterações substanciais de design na série Galaxy S10 e melhor proposição de valor que oferece em comparação com os iPhones”, segundo o estudo. Isso parece se repetir no Brasil: a empresa afirma que o Galaxy S10, Galaxy S10+ e Galaxy S10e superaram em 80% o número de unidades vendidas do Galaxy S9 e Galaxy S9+ no primeiro mês de lançamento.

Huawei P30 Pro

A grande incógnita é a Huawei. Ela também conseguiu crescer, abocanhando 16% do mercado global de celulares premium e conquistando a liderança na China, ultrapassando a Apple. Só que a empresa deve sofrer neste segundo trimestre de 2019 devido às sanções americanas. Embora os aparelhos premium representem só 18% das unidades vendidas da Huawei, esta é a faixa de preço com maior margem de lucro — o que pode prejudicar os investimentos com marketing e pesquisa.

Counterpoint / Vendas de celulares premium

Como de costume, os rankings regionais são um pouco diferentes do resto do mundo. Globalmente, as maiores vendedoras de celulares premium são, na ordem, Apple, Samsung, Huawei, OnePlus e Google. Na América Latina, a liderança se inverte: temos a Samsung na frente, seguida pela Apple, Huawei, Motorola e, por incrível que pareça, a Sonyque saiu do mercado de smartphones no Brasil.

Vendas de celulares acima de R$ 3 mil crescem no Brasil

A Counterpoint informa que a América do Norte continua sendo o maior mercado dos celulares premium, com 30% de todas as vendas, seguido por China (26%) e Europa Ocidental (17%). Mas talvez o Brasil e a América Latina apareçam entre os principais em um futuro breve: a IDC mostra que os celulares acima de R$ 3 mil tiveram um crescimento de 22% no país de 2017 para 2018.

É por isto que as fabricantes têm ganhado mais dinheiro com celulares: o gasto médio com um aparelho no Brasil subiu de R$ 1.150 em 2017 para R$ 1.307 em 2018. As empresas faturaram R$ 58,1 bilhões no setor, um aumento anual de 6%, apesar de a quantidade de aparelhos vendidos ter caído 7%, para 44,4 milhões de unidades.

Mais sobre: , ,