Início » Negócios » Apple compra Drive.ai, de carros autônomos, antes de startup fechar

Apple compra Drive.ai, de carros autônomos, antes de startup fechar

Drive.ai fecharia as portas na sexta-feira; Apple pode ter realocado funcionários da startup no Projeto Titan de carro autônomo

Por
16 semanas atrás

A Apple confirmou a compra da empresa de carros autônomos Drive.ai nesta terça-feira (26); inclusive, alguns dos engenheiros de hardware e software já estão na Apple. Avaliada em US$ 200 milhões há dois anos, a startup iria fechar as portas e dispensar os 90 funcionários na próxima sexta-feira.

Cinco ex-engenheiros da Drive.ai, alguns especializados em dados e software, atualizaram o Linkedin informando a saída da startup e a entrada na Apple, com a descrição de “projeto especial”. Eles não são os únicos: de acordo com o Axios, a Apple teria contratado “dezenas de funcionários da Drive.ai”.

Segundo o The Verge, a Drive.ai parecia uma das mais promissoras startups de carros autônomos, ainda mais quando ganhou destaque na imprensa por ter colocado um dos carros em vias públicas sem a presença de um motorista para segurança.

A empresa trabalhava com um kit para transformar carros comuns em veículos autônomos. Sua frota de Nissan NV200 tinha quatro painéis LCD por fora do automóvel para informar às pessoas próximas quais eram as ações do carro (saindo, entrando, esperando, andando, etc).

De acordo com o Axios, a Apple também teria comprado os carros autônomos. Ainda não foi divulgado qual foi o valor pago pela aquisição da startup, fundada em 2015 por pesquisadores da Universidade de Stanford.

Apple fortalece apostas para projeto de carro autônomo

Apple - Campus

A notícia de que a Apple adquiriu uma startup de desenvolvimento de carros autônomos fortalece ainda mais a crença no lançamento de um sistema próprio da empresa, mesmo após a demissão de 190 engenheiros que trabalhavam no “Projeto Titan”.

Em agosto de 2018, a fabricante dos iPhones recontratou seu ex-chefe de engenharia de hardware para o Mac, o Doug Field, para liderar o Projeto Titan. Ele estava na Tesla até então como vice-presidente de engenharia, pelos últimos cinco anos.

A aposta era de um próprio veículo da Apple, mas, a partir de 2016, os planos mudaram para o desenvolvimento de um sistema que poderia ser usado por outras montadoras. A empresa teria até fechado um acordo com a Volkswagen para adotar veículos autônomos em seu campus, de acordo com o New York Times.

Com informações: Axios, The Verge, San Francisco Chronicle.

Mais sobre: , ,